Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Os misericordiosos. A quinta bem-aventurança

Os misericordiosos. A quinta bem-aventurança

Ratings: (0)|Views: 0|Likes:
Misericórdia é uma palavra de que se fala tanto, mas poucos sabem seu verdadeiro significado. Parece que ter misericórdia é dar esmolas, ajudar alguém que está em dificuldades, prestar socorro, levar ao hospital, dar um remédio em momento de dor, ou dar de comer ao faminto. É um conceito que não está errado, mas está incompleto. Isso é a prática da misericórdia. A diferença do verdadeiro conceito é que alguém pode praticar a misericórdia sem ser necessariamente misericordioso.
Misericórdia é uma palavra de que se fala tanto, mas poucos sabem seu verdadeiro significado. Parece que ter misericórdia é dar esmolas, ajudar alguém que está em dificuldades, prestar socorro, levar ao hospital, dar um remédio em momento de dor, ou dar de comer ao faminto. É um conceito que não está errado, mas está incompleto. Isso é a prática da misericórdia. A diferença do verdadeiro conceito é que alguém pode praticar a misericórdia sem ser necessariamente misericordioso.

More info:

Published by: Rev. Alcenir Oliveira, MDiv, MBA, BBA & BPA on Jan 21, 2014
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/26/2015

pdf

text

original

 
Os misericordiosos
. A quinta bem-aventurança
.
Pr. Alcenir Oliveira18/01/2014
“Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia.”, Mt 5:7.
Misericórdia é uma palavra de que se fala tanto, mas poucos sabem seu verdadeiro significado.
 Parece que ter misericórdia é dar esmolas a!udar al"uém que est# em di$iculdades  %restar socorro levar ao &os%ital dar um remédio em momento de dor ou dar de comer ao $aminto. ' um conceito que n(o est# erradomas est# incom%leto. )sso é a %r#tica da misericórdia. A di$erença do verdadeiro conceito é que al"uém %ode %raticar a misericórdia sem ser necessariamente misericordioso.
É necessário saber por quê Jesus ensinou sobre esse tema
 quando subiu ao monte  %ara %re"ar esse serm(o. Aqui nós temos as anotaç*es do +van"elista ,ateus que deve ter sido limitada %orque n(o conse"uiria escrever tudo que esus $alou. ertamente esus %re"ou um  %equeno serm(o %ara cada bem-aventurança. Assim n(o temos todas as in$ormaç*es mas  %odemos in$erir muitas %ossibilidades. esus queria ensinar aos que n(o con&eciam sobre ser misericordioso e re%reender aqueles que %raticavam a misicórdia %orque a ei os obri"ava mas n(o como al"o que vin&a do coraç(o.
Os evangelhos foram escritos em grego, mas Jesus risto pregava seus ensinamentos em aramáico,
que era um es%écie de &ebr#ico $alado. Por isso %ara entendermos o si"ni$icado que esus quis dar %recisamos considerar a %alavra &ebr#ica
Chesedh,
 que deve ter sido a usada %or esus. +ssa %alavra d# um sentido como se $osse a ca%acidade de al"uém entrar em outra %essoa até que virtualmente %udesse ver com ol&os dela %ensar com mente dela sentir com os sentidos dela e emocionar com sua emoç*es dela. O conceito dessa %alavra no &ebr#ico é muito %arecido com o conceito da %alavra em%atia. A %alavra "re"a
empatheia
 si"ni$ica a tendncia de al"uém sentir o mesmo que outra %essoa estaria sentido ao %assar %or situaç(o e circunstncias dolorosas e traum#ticamente emocionais.
! palavra misericórdia no latim é formada pela palavra
miserere
,
 que si"ni$ica sentir  %iedade ou com%ai(o e
cordis,
 que si"ni$ica coraç(o. Assim%odemos inter%retar a misericórdia como sendo a ca%acidade de %erceber a dor e a miséria de al"uém e n(o sim%lesmente se entristecer com mas entender da maneira mais %ro$unda o que se %assa no 3ntimo da %essoa em termos de dor de emoç(o de condiç(o miser#vel. +m condiç(o de  %ro$unda dor debilidade $3sica mental e emocional suas es%eranças se esvairam e a an"stia tomou conta di5emos que a %essoa est# no $undo do %oço. O misericordioso seria aquele que sente no coraç(o o mesmo que o outro est# sentido com a di$erença de que ele %ode $a5er

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->