Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
080804 - Teoria da Conspiração - Grandes Iniciados - Alan Moore

080804 - Teoria da Conspiração - Grandes Iniciados - Alan Moore

Ratings: (0)|Views: 164|Likes:
Published by Marcelo Del Debbio
Textos completos do Blog “Teoria da Conspiração"
de Marcelo Del Debbio

http://www.deldebbio.com.br

Palavras chave: Rosacruz, Rosacrucianismo, Frater, Soror, Magia, Alquimia, Florais, Abramelin, Abra-Melin, Astrologia, Cabala, Kabbalah, Kabala, Kabalah, Astros, Amor, feitiçaria, feitiço, maçonaria, maçon, masson, massonaria, Espírito, Espiritismo, Egito, Idade Média, Magos, Magi, Cabalista, Árvore da Vida, Tarot, Tarô, Taro, Sorte, Psicologia, Mathers, McGregor Mathers, Waite, Crowley, Aleister Crowley, Arthur Edward Waite, Samuel Lidell Mathers, Astrum Argentum, O.T.O., OTO, S.O.T.O., Kardec, Eliphas Levi, Levi, Papus, Martinismo, Tradicional Ordem Martinista, TOM, T.O.M., O.M.T., Califado, Wicca, Bruxo, Bruxa, Maga, Maçã, Éden, Paraíso, Igreja, Satan, Satã, Satanismo, Luciferianismo, Gnose, Gnosticismo, Hermes, Hermetismo, Hermenêutica, Bíblia, Marcelo Motta, Raul Seixas, Centro Espírita, Candomblé, Quimbanda, Umbanda, Afro, Papus, Encause, Gerard Encause, Teosofia, Blavatsky, Fraternidade Branca, Círculo, Círculo Iniciático de Hermes, Collegium ad Lux et Nox, Iniciação, Oráculo de Delfos, Filosofia, Pensamento, Templários, Templarismo, Graal, Holy Grail, AA, A:.A:., Ir:., Monografia, Discurso, Controle Mental, Castaneda, Castañeda, Don Juan, Morte, Reencarnação, Hindú, Hindu, Hinduísmo, Kali, A.M.O.R.C., AMORC, Ritual, Rito, Escocês, Rito Escocês Antigo e Aceito, REAA, Jung, Freud, Frazer, Rama Dourada, Mito, Mitologia, Persas, Egípcios, Tutankamon, Tutankhamon, Hieróglifos, Escrita Hieroglífica, Runas, I Ching, Rune, Runemal, Akenaton, Akhenaton, Ramsés II, Ramses II, Ramses, Ramsés, Tutmés, Thoth, Tot, Thot, Aurora Dourada, Ordem Hermética da Aurora Dourada, HOGD, H.O.G.D., Magia Sagrada, Radiestesia, Pêndulos, Escatologia, Apocalipse, Jesus Cristo, Cristão, Cristo, Alcorão, Mohamed, muçulmano, Igreja Ortodoxa, Tattvas, Tattwas, Tatvas, Tattvas, Akasha, Acasha, Teo, Deus, Diabo, Lúcifer, IDL, I.D.L., Igreja de Lúcifer, Igreja Gnóstica, Eclesia Gnostica Católica, Igreja Católica, Romanos, História Antiga, Jacques De Molay, Felipe II, Santos, Deuses, Gênios, Demônios, Liber, Libri, Textos, Sagrado, Sacro, Thelema, Telema, Livro da Lei, Vontade, Stanislas de Guaita, Guaita, Saint Germain, Ponte para a Liberdade, Baal, Belzebu, Fim do Mundo, Profecias, Nostradamus, Inteligência, Sexo, Magia Sexual, Tantra, Kundalini, Cundalini, Chackras, Chákras, Yoga, Budismo, Taoismo, Links, Rota, Tassili, Ceticismo, Ciência, Ceticismo Aberto, Kentaro Mori, Astronautas, Realidade Fantástica, Ufologia, Urantia, Cavalo de Tróia, Como se estuda magia, Stella Matutina, Confederatio, Confederatio Rosae Crucis, Rosa+cruz, Cristian Rosenkreutz, Rosenkreutz, geomancia, anjos, SAG, Sagrado Anjo Guardião, cultura grega, cultura egípcia, membros, como se tornar membro, messias, magia ocidental, magia ritual, Ritual, Pentagrama, Ritual do Pentagrama, Símbolo, Simbolismo, Hexagrama, Ritual do Hexagrama, John Dee, Enochiano, Magia Enochiana, Enoque, Enoch, Elias, Profetas, Sofia, Eduard Kelly, manuscritos cifrados, magia elementar, círculo mágico, inquisição, triângulo, Geometria Sagrada, Grande Arquiteto do Universo, GADU, Evangélico, Sião, Protocolos dos Sábios do Sião, Judeus, Moisés, Dez Mandamentos, IURD, Igreja Universal, Catecismo, Evolução, Alma, Perispírito, Transmigração, reencarnação, ascenção, Mãe do Mundo, Zodíaco, Signos Astrológicos, Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário, Peixes, Doze Casas, 12 Casas, Cursos, Curso, Tao te King, Tao Te Ching, Lao Tse, Lao Tsé, Celtas, Cultura Celta, Liber 777, Banimento, Exorcismo, Ritual Menor do Pentagrama, Kung Fu
Textos completos do Blog “Teoria da Conspiração"
de Marcelo Del Debbio

http://www.deldebbio.com.br

Palavras chave: Rosacruz, Rosacrucianismo, Frater, Soror, Magia, Alquimia, Florais, Abramelin, Abra-Melin, Astrologia, Cabala, Kabbalah, Kabala, Kabalah, Astros, Amor, feitiçaria, feitiço, maçonaria, maçon, masson, massonaria, Espírito, Espiritismo, Egito, Idade Média, Magos, Magi, Cabalista, Árvore da Vida, Tarot, Tarô, Taro, Sorte, Psicologia, Mathers, McGregor Mathers, Waite, Crowley, Aleister Crowley, Arthur Edward Waite, Samuel Lidell Mathers, Astrum Argentum, O.T.O., OTO, S.O.T.O., Kardec, Eliphas Levi, Levi, Papus, Martinismo, Tradicional Ordem Martinista, TOM, T.O.M., O.M.T., Califado, Wicca, Bruxo, Bruxa, Maga, Maçã, Éden, Paraíso, Igreja, Satan, Satã, Satanismo, Luciferianismo, Gnose, Gnosticismo, Hermes, Hermetismo, Hermenêutica, Bíblia, Marcelo Motta, Raul Seixas, Centro Espírita, Candomblé, Quimbanda, Umbanda, Afro, Papus, Encause, Gerard Encause, Teosofia, Blavatsky, Fraternidade Branca, Círculo, Círculo Iniciático de Hermes, Collegium ad Lux et Nox, Iniciação, Oráculo de Delfos, Filosofia, Pensamento, Templários, Templarismo, Graal, Holy Grail, AA, A:.A:., Ir:., Monografia, Discurso, Controle Mental, Castaneda, Castañeda, Don Juan, Morte, Reencarnação, Hindú, Hindu, Hinduísmo, Kali, A.M.O.R.C., AMORC, Ritual, Rito, Escocês, Rito Escocês Antigo e Aceito, REAA, Jung, Freud, Frazer, Rama Dourada, Mito, Mitologia, Persas, Egípcios, Tutankamon, Tutankhamon, Hieróglifos, Escrita Hieroglífica, Runas, I Ching, Rune, Runemal, Akenaton, Akhenaton, Ramsés II, Ramses II, Ramses, Ramsés, Tutmés, Thoth, Tot, Thot, Aurora Dourada, Ordem Hermética da Aurora Dourada, HOGD, H.O.G.D., Magia Sagrada, Radiestesia, Pêndulos, Escatologia, Apocalipse, Jesus Cristo, Cristão, Cristo, Alcorão, Mohamed, muçulmano, Igreja Ortodoxa, Tattvas, Tattwas, Tatvas, Tattvas, Akasha, Acasha, Teo, Deus, Diabo, Lúcifer, IDL, I.D.L., Igreja de Lúcifer, Igreja Gnóstica, Eclesia Gnostica Católica, Igreja Católica, Romanos, História Antiga, Jacques De Molay, Felipe II, Santos, Deuses, Gênios, Demônios, Liber, Libri, Textos, Sagrado, Sacro, Thelema, Telema, Livro da Lei, Vontade, Stanislas de Guaita, Guaita, Saint Germain, Ponte para a Liberdade, Baal, Belzebu, Fim do Mundo, Profecias, Nostradamus, Inteligência, Sexo, Magia Sexual, Tantra, Kundalini, Cundalini, Chackras, Chákras, Yoga, Budismo, Taoismo, Links, Rota, Tassili, Ceticismo, Ciência, Ceticismo Aberto, Kentaro Mori, Astronautas, Realidade Fantástica, Ufologia, Urantia, Cavalo de Tróia, Como se estuda magia, Stella Matutina, Confederatio, Confederatio Rosae Crucis, Rosa+cruz, Cristian Rosenkreutz, Rosenkreutz, geomancia, anjos, SAG, Sagrado Anjo Guardião, cultura grega, cultura egípcia, membros, como se tornar membro, messias, magia ocidental, magia ritual, Ritual, Pentagrama, Ritual do Pentagrama, Símbolo, Simbolismo, Hexagrama, Ritual do Hexagrama, John Dee, Enochiano, Magia Enochiana, Enoque, Enoch, Elias, Profetas, Sofia, Eduard Kelly, manuscritos cifrados, magia elementar, círculo mágico, inquisição, triângulo, Geometria Sagrada, Grande Arquiteto do Universo, GADU, Evangélico, Sião, Protocolos dos Sábios do Sião, Judeus, Moisés, Dez Mandamentos, IURD, Igreja Universal, Catecismo, Evolução, Alma, Perispírito, Transmigração, reencarnação, ascenção, Mãe do Mundo, Zodíaco, Signos Astrológicos, Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário, Peixes, Doze Casas, 12 Casas, Cursos, Curso, Tao te King, Tao Te Ching, Lao Tse, Lao Tsé, Celtas, Cultura Celta, Liber 777, Banimento, Exorcismo, Ritual Menor do Pentagrama, Kung Fu

More info:

Published by: Marcelo Del Debbio on Sep 29, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/10/2012

pdf

text

original

 
Teoria da Conspiração
O Que Eles não gostariam que você soubesse…
 
rss 
Início
Marcelo Del Debbio 
Enciclopédia de Mitologia 
Cursos 
Mapas Astrológicos e Sigilos Pessoais 
Bibliografia 
Grandes Iniciados - Alan Moore
deldebbio
 
| 4 de agosto de 2008
 Confira abaixo um resumo dos principais fatos na vida e bibliografia do escritor e mago inglês AlanMoore. Trata-se de excertos do livro Alan Moore: Portrait of an Extraordinary Gentleman, um livro-tributo dedicado aos 50 anos do artista. São páginas recheadas de ensaios, ilustrações, artigos,fotografias, entrevistas, e opiniões sobre o mago-escritor de Northampton. Escritores, desenhistas epessoas relacionadas aos quadrinhos comentam sua relação com Moore.Alguns nomes presentes no livro: Michael Moorcock, Ian Sinclair, Darren Shan, Brad Meltzer, JohnCoulthart, Neil Gaiman, Dave Gibbons, Bryan Talbot, David Lloyd, J. H. Williams III, KevinO’Neill, Will Eisner, Howard Cruse, James Kochalka, Adam Hughes, Peter Kuper, Jose Villarubia,Jimmy Palmiotti, Rick Veitch, Michael T. Gilbert, Steve Parkhouse, Nabiel Kanan, Bill Koeb, RichKoslowski, Trina Robbins, Michael Avon Oeming, Sean Phillips, Jeff Smith, Sergio Toppi, GiorgioCavazzano, Claudio Villa, Daniel Acuna, Willy Linthout, Jean-Marc Lofficier, Eduardo Risso, DaveSim, Ben Templesmith e outros tantos.O lançamento da editora Abiogenesis Press, do artista britanico Gary Spencer Millidge, tem caráterbeneficente. Toda sua renda está destinada para o Fundos de Combate ao Mal de Alzheimer. Paramais informações, acesse www.millidge.comLinha da Vida de Alan Moore- Alan nasceu com pouca visão na vista esquerda e surdo do ouvido direito. Mesmo assim, ele evitouusar óculos até quinze anos. Já adulto, abandonou os óculos chegando a cogitar a possibilidade deusar um monóculo, acabando por achar essa alternativa muito kistch.- A primeira casa do jovem escritor não tinha banheiro nem gás em sua rua.- Em 1961, aos 7 anos, Moore descobriu os quadrinhos americanos da DC Comics.- Moore atribui sua formação moral graças as histórias do Super-Homem.- Padecendo de uma gripe comum, o jovem Alan Moore pediu para a mãe lhe comprar umaBlackHawk. Ao invés de trazer a HQ pedida, sua mãe o presenteou com a edição número 3 deFantastic Four (Quarteto Fantástico). Essa revista foi o primeiro contato do escritor com os trabalhosde Jack Kirby, de quem se tornou fã imediato.- Moore matava aulas no colegial para andar de motocicleta no pátio de um hospital para doentes
 
Page 1 of 19Grandes Iniciados - Alan Moore | Teoria da Conspiração28/09/2009http://www.deldebbio.com.br/index.php/2008/08/04/grandes-iniciados-alan-moore/ 
 
mentais.- Em 1968, Moore se tornou fã dos personagens da Charlton Comics, que mais tarde seriam osarquétipos dos personagens da maxi-saga Watchmen.- Em 1969, ele começou a colaborar com vários fanzines, sempre como desenhista- Aos 17, em 1970, Moore foi expulso da escola por uso de LSD. O diretor escreveu uma carta paratodas as outras escolas e universidades da região, para que ele jamais fosse aceito em outroestabelecimento de ensino.- Sem poder estudar, Alan trabalhou em um matadouro e limpou latrinas em um hotel deNorthampton.- Nessa época, ele deixou o cabelo crescer, ajudou a publicar o fanzine Embryo e conquistou suafutura esposa Phyllis lendo poesias em um cemitério. Em 1974, aos vinte anos, Moore e Phyllis secasaram.- Em 1977, nasceu Leah, a primeira filha de Moore. Nessa época, Moore percebeu que tinha quefazer alguma coisa que gostasse logo ou então passaria a vida frustrado. O escritor começou acolaborar com jornais e revistas locais, escrevendo e desenhando tiras de humor. A mais conhecidadelas foi Maxwell, the Magic Cat, uma espécie de Garfield inglês. Anos depois, Moore declarou queodiava escrever as historias de Maxwell e que se sentia envergonhado de receber dinheiro por elas.Mesmo assim, ele passou 7 anos escrevendo estas tiras. Detalhe: Moore assinava as tiras com opseudônimo de Jill de Ray (uma alusão ao francês acusado de ter assassinado dezenas de crianças).- A experiência com Maxwell mostrou que ele não servia como desenhista. Moore passou a dedicar“apenas” a escrever.- Moore comecou a trabalhar com a Marvel UK (divisão anglo-saxônica da Casa das Idéias) em1981. Aos 27 anos, Moore escrevia pequenas tramas nas revistas Star Wars e Dr. Who. Na mesmaépoca, ele fez alguns trabalhos para a 2000AD e teve sua segunda filha: Amber.- Em 1982, Alan recebeu sua primeira grande chance ao escrever para a recém-criada revistaWarrior. Para quem não sabe, a Warrior publicava 4 a 6 histórias por edição, cada história com 6 a 8páginas. Moore escreveu 3 sagas para a Warrior simultaneamente: The Bojeffrie’s Saga (uma famíliade monstros muito engraçada), Marvelman (Miracleman) e V de Vingança.- Naquele mesmo ano, Moore começou a escrever as histórias do Capitão Bretanha. Já no primeirocapítulo, ele se livrou dos conceitos criados pelo escritor anterior e no capitulo seguinte matou opróprio protagonista da série, recriando-o totalmente reformulado na edição de número 3.- Enquanto a fama de Moore crescia nos quadrinhos, ele encontrava tempo para se envolver emoutros projetos. Ele formou uma banda chamada The Sinister Ducks, gravando um single em 1983.- Na 2000 AD, Moore escreveu D.R. & Quinch, uma hilária saga de dois alienígenas delinqüentes. Eainda escreveu A Balada de Halo Jones e Skizz.- Todos esses trabalhos renderam a Moore o prêmio Eagle Award de melhor escritor de 1982 e 1983.Foi quando os Estados Unidos começou a se interessar pelos trabalhos do autor.- Em novembro de 1983, Lein Wein, criador do Monstro do Pântano, ligou para a casa de Alanperguntando se ele queria trabalhar para a DC e escrever as historias do monstro. Alan achou que eraum trote e desligou na cara do escritor. É claro que depois ele viu que não era mentira e aceitouPage 2 of 19Grandes Iniciados - Alan Moore | Teoria da Conspiração28/09/2009http://www.deldebbio.com.br/index.php/2008/08/04/grandes-iniciados-alan-moore/ 
 
trabalhar com o personagem.- Sob ao comando de Alan Moore, Swamp Thing passou das 17.000 cópias/mês para mais de100.000 cópias!!!- No período em que escreveu o Monstro do Pântano, Moore fez outros trabalhos pouco divulgadosna DC, como “Tales of the Green Lantern Corps”, “Vigilante”(uma historia sobre abuso sexual decrianças) e uma historia do Batman onde ele enfrenta o Cara de Barro (publicada no Brasil na extintaSuperAmigos). Moore ainda escreveu 2 histórias memoráveis com o Homem de Aço (ambasrelançadas no Brasil pela Opera Graphica). Uma delas, “For the Man who has Everything” épossivelmente uma das melhores histórias do Super-Homem.- O próximo trabalho de Moore seria A Piada Mortal. A história foi escrita em 1985, mas devido aatrasos do desenhista Brian Bolland, a revista só foi terminada e publicada em 1988.WATCHMENAinda em 1986, a DC concordou em deixa-lo produzir sua própria série. Com o artista britânicoDave Gibbons, Moore sugeriu o projeto de uma série chamada WATCHMEN. A história, comoWeaveworld de Clive Barker, é uma epopéia sobre um mundo fictício - embora o mundo que Mooreinventou seja de várias maneiras igual ao mundo real de hoje.Começando em uma Nova Iorque durante os anos 80, Watchmen descreve uma América comopoderia ter sido se realmente tivesse testemunhado o surgimento de fato dos “super-heróis” - isto é,seres que possuem habilidades super-normais ou que se apresentam como vigilantes idealistas.Assim como a América nunca teria sofrido uma divergencia política progressiva dos Anos sessenta,imagina Moore, também nunca teria perdido a Guerra de Vietnã, e teria achado um modo paramanter Richard Nixon como Presidente. Já no início de Watchmen, dificilmente as coisas sãosublimes: alguém decidiu eliminar ou desacreditar os poucos super-heróis remanescentes enquantoque, em uma série de eventos aparentemente não relacionados, os Estados Unidos e a Uniãosoviética desenham um crescente conflito nuclear por causa de uma disputa na Ásia.No centro da consciência desta história, de olho na (e tentando desafiar a) maneira de como o mundoestá desmoronando, está um incomum herói criado por Moore: um mascarado, horrendo etranstornado vigilante direitista conhecido como Rorschach. Rorschach fala para o psiquiatra sobre anoite em que ele cruzou a linha da brutalidade:“Me senti limpo. Senti o sombrio planeta girando sob os meus pés e descobri o que faz os gatosgritarem como bebês durante a noite. Olhado para o céu através da espessa fumaça de gordurahumana, e Deus não estava lá. A escuridão fria e sufocante, continua para sempre, e nós estamos sós.Vamos viver nossas vidas na falta de qualquer coisa melhor para fazer. Deixemos a razão paradepois.Nascemos para o esquecimento; agüentando crianças destinadas para o inferno, nós mesmos;caminhando para o esquecimento. Não há nada mais. A existência é fortuita. Nenhum padrão seguroimaginado por nós depois de encarar isto por muito mais tempo. Nenhum significado seguro além doque nós escolhemos impor. Este mundo sem direção não é moldado por vagas forças metafísicas.Não é Deus que mata as crianças. Não é o destino que as abate ou que as dá de alimento para oscachorros. Somos nós. Somente nós… Estava renascido então, livre para rabiscar meu própriodesígnio neste mundo moralmente vazio..”O assustador Rorschach“Aquela foi uma história terrivelmente depressiva para se escrever,” disse Moore, “em parte porqueRorschach em nada se parece comigo: Eu não compartilho a sua política, e nem compartilho a suafilosofia. Ele é um homem aterrorizado e, em minha visão, ele acaba se rendendo ao horror doPage 3 of 19Grandes Iniciados - Alan Moore | Teoria da Conspiração28/09/2009http://www.deldebbio.com.br/index.php/2008/08/04/grandes-iniciados-alan-moore/ 

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
Carlos Eduardo liked this
THIAGO liked this
ramon liked this
Floresdepapel liked this
Bruna Martins liked this
jameslost liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->