Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
23Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
COMÉRCIO INTERNACIONAL

COMÉRCIO INTERNACIONAL

Ratings: (0)|Views: 2,028 |Likes:
Published by cristiano_mcr

More info:

Published by: cristiano_mcr on Sep 30, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/13/2012

pdf

text

original

 
Comércio Internacional – Políticas Comerciais
1
de
55
COMÉRICIO INTERNACIONAL
Cap 1. POLÍTICAS COMERCIAIS 
Protecionismo e Livre-Cambismo1.Livre-Cambismoa.Estímulo a todas as formas de liberdade ao comércio b.País especializa-se na produção de determinados produtos de bens eserviços e destina parta desta produção ao mercado externoc.A base do comércio internacional é a divisão do trabalhod.O livre cambismo beneficia as economias estáveis, com a finalidadede crescimento por iguale.Para países em desenvolvimento há o modelo protecionistaf.Necessidades do intercâmbio internacionali.Para adquirir bens e servos que não podem ser produzidosinternamenteii.Para adquirir bens e servos cujos custos de produção omenoresiii.Estado deve limitar-se à manutenção de leis e da ordem eremover obstáculos quanto ao comércio e aos preços, nãodevendo intervir e eliminando as barreirasg.Economia de escala2.Protecionismoa.Estado controla as atividades econômicas: políticas de barreiras,manipulação fiscal, regulamentos orientados ao desenvolvimentoeconômico b.Pretende-se proteger o mercado interno, tornando-se mais caro acompra de produtos importados e promove a exportaçãoc.Finalidade para a indústria doméstica firmar-se e obtecompetitividade internacional (proteção a indústria doméstica)d.Proteção a indústria essencial à defesa (independência a outros paísesde produtos para segurança)e.Economia de divisas 
 
Comércio Internacional – Políticas Comerciais
2
de
55
f.Proteção a deslealdade comercial – Dumping (vende mais barato forado que dentro do país)g.EUA, Japão e URSS são exemplos de governos que sedesenvolveram utilizando esta posiçãoh.Hoje EUA e UE protegem-se com relação aos produtos agrícolas.Este é o maior impasse da Rodada Dohai.Hoje se prega o Livre comércio, mas há o protecionismo em setores j.Assumiu expressão preponderantemente não tarifária
Comércio Internacional e Crescimento Econômico
O crescimento das economias dependem do comércio internacional
Constroem-se parcerias entre economias e criam-se barreiras para outras1.Modelo da substituição das importações
Acarreta no crescimento da indústria nacional2.Economia exportadora
Conseqüências são o crescimento tecnológico e um dinamismo nomercado, alavancando as exportações e gerando divisas para o país
Barreiras Tarifárias e Não Tarifárias1.Barreiras Tarifáriasa.Imposição de alíquotas seletivas ou proibitivasi.Ad valorem: 10% de $800ii.Específicas: $0,1/Litroiii.Mistas ou compostas: não aplivel b.Efeitos da BTi.Pros dos produtos importados aumentamii.Entrada de importados diminuiiii.Aumenta prodão nacionaliv.Aumenta receita do governo2.Barreiras Não Tarifáriasa.São mais eficazes do que as BT, mas menos transparentes b.Controladas diretas ou indiretas pelo governo que tendem a restringir ou alterar o volume, a composição por produtos e o destino docomércio internacional (bonecas com composição química) 
 
Comércio Internacional – Políticas Comerciais
3
de
55
i.Exemplos: Direito antidumping, compensatório e salvaguarda(não é prática desleal, usada em casos extremos quando umdos setores está mal e há uma grande quantidade de produtosimportados entrando), licenciamento e controle de preços(para produtos controlados), controle sanitário e inspeção pré-embarque, bandeira nacional (ser obrigado a usar embarcações de uma determinada bandeira) e similares (se produz algo similar internamente, não pode importar)
Diretas: proibição à importação, cotas de importação, procedimento administrativo (com a finalidade decomplicar o desembaraço aduaneiro)
Indiretas: subsídios (prática desleal que consiste noconjunto de recursos públicos para empresas privadas para produção de produtos voltados à exportação),restrições creditícias ao setor importador por parte dosetor financeiro e tarifas discriminarias detransportes (valores cobrados a mais em umaimportação do que é cobrado normalmente)c.Não há interesse econômico nas BNTd.Países em desenvolvimento visam um equibrio na balaa de pagamentos (BP) atras do controle de despesas com asimportações. Complemento ao I.Ie.Países desenvolvidos têm o caráter protecionista2.Restrições quantitativas às importações e o GATTa.Só podem ser aplicadas quando em dificuldades geradas na BP b.Há um prazo para sua aplicação e só podem ser usadas para paísesem desenvolvimentoc.O GATT administra sobre o assunto 

Activity (23)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Lari Mayra liked this
Ohana Fiori liked this
Adriane Esteves liked this
Tatiana Novaes liked this
rguilhen liked this
Camila Oliveira liked this
adrianaroxo liked this
vitor1703 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->