Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
35Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cortex adrenal-hormônios

Cortex adrenal-hormônios

Ratings: (0)|Views: 11,672|Likes:
Published by Adriano Drummond
Bom texto-compacto e resumido
Bom texto-compacto e resumido

More info:

Published by: Adriano Drummond on Oct 02, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

04/14/2013

pdf

text

original

 
Hormônios do Córtex da Adrenal
Esta glândula, analisando suaestrutura, veremos que cerca de20% dessa glândula é chamada demedula da supra-renal, o restantecorresponde à casca ou córtex.Estas poões m origemembriológica diferente. Sabemosque a medula vem doneuroectoderma, então do tecidonervoso, enquanto que a porçãoexterna (cortical) tem origemmesodérmica. Essa origemembriológica diferente determinaque estas lulas que povoam amedula e o córtex tenham funçõesdiferentes. Na medula da supra-renal, onde na realidade temosneurônios pós-ganglionaressimpáticos modificados, estaslulas cromoafins (endócrinas)produzem hormônios: ascatecolaminas.As catecolaminas oneurormônios obtidos através dametilação de substâncias liberadas,na maioria das vezes pelas fibrasnervosas simpáticas (ex.:noradrenalina se transforma emadrenalina), que são osneurotransmissores, e passam a sechamar neurormônios. Essametilação só acontece dentro dascélulas cromoafins. Ascatecolaminas são a adrenalina, adopamina e a próprianoradrenalina. Esses neurormôniossão produzidos e liberados nacorrente sangüínea apósestimulação direta de uma fibranervosa pré-ganglionar simpáticasobre as células cromoafins. Essesneurônios servem para amplificar asrespostas do sistema nervososimpático, ou seja, açõeshormonais sistêmicas dessascatecolaminas amplificam aresposta do SN simpático.Mas o que nos interessa são oshormônios que são produzidos pelascélulas do córtex da supra-renal.
Camadas do Córtex da Adrenal:
Zona Glomerulosa
Corresponde à cerca de 15% daporção cortical. É responsável pelaprodução de mineralocorticóides,cujo principal representante é aaldosterona.
Zona Fasciculada
Constitui a maior porção docórtex da adrenal (cerca de 70%). Éresponvel pela prodão dosglicocorticóides, dos quais ocortisol é o principalglicocorticóide. Também há, nestazona, prodão de androgêniosadrenais, mas principalmente esseshormônios o ser produzidos nazona reticulada.
Zona Reticulada
Corresponde, assim como a zonaglomerulosa, à cerca de 15% dototal. É onde o produzidos osandrogênios adrenais em maiorquantidade.Obviamente, para o homem aprodução de androgênios adrenaispela supra-renal não é tãoimportante, pois esses indivíduospossuem glândulas especializadas
 
na prodão de androgênios (ostestículos) mais potentes como atestosterona. No entanto, para asmulheres, essa produção adrenal éimportante, principalmente namenopausa onde esses androgêniospoderão ser convertidos aestrogênios, e isso vai manter umaprodução estrogênica para a mulherna fase da menopausa.Os androgênios adrenais são:DHEA (desidroepiandrosterona) é oprincipal androgênio adrenalproduzido e cuja principal forma éa forma sulfatada (DHEA-S); essaforma é mais sovel, tem maisfacilidade para atuar; e aandrostenediona.
Uma coisa importante parachamar a atenção (aspectohistogico) é que a zonaglomerulosa talvez seja olocal onde podem estarlocalizadas células quepodem dar origem àsdiferentes camadas. Então,se há uma destruição docórtex da adrenal mas épreservada a zonaglomerulosa, ela regenera asdemais camadas! Na zonaglomerulosa encontram-secélulas capazes de sediferenciar nas demais!*Células-tronco*
Uma destruão da porçãomedular da supra-renal nãoleva à morte do indiduo;entretanto, na destruição dazona cortical da supra-renal,o indivíduo pode chegar aoóbito se não houverreposição hormonal.
Por quê?
A porção medular nós temos osistema nervoso simpático que pode substituir (NOR sendo produzida e liberada, agindo nosreceptores α e β-adrenérgicos); oefeito simpático ainda émanifestado pelo sistema nervoso,ou seja, a destruição da medula (anão-produção hormonal) nãosignifica que estas funções não vãoser executadas. Ao contrário, oscorticosteides o m outrolugar onde eles possam se produzidos. Então com a destruiçãocortical, o indivíduo tem que fazer reposição hormonal toda a vida, porque eles são essenciais à vida.Como o próprio nome diz, osmineralocorticóides vão trabalhar com o equibrio eletrotico ouhidroeletrolítico. Nossos fluidoscorporais dependem daconcentração dos íons paramanterem a atividade biológicanormal no organismo.
Biosntese dos Hormônios daSupra-Renal
CorticosteróidesNo córtex da supra-renal sãoproduzidos hormônios que têm umaorigem esteide, uma estruturaque deriva do colesterol;diferentemente da medula, onde oshormônios são catecolaminasderivadas da tirosina, e tem,portanto, uma estrutura químicaque é derivada de aminoácidos.O colesterol é o principalsubstrato para a formão doscorticosteróides.Sabemos que o colesterol precisasofrer uma clivagem da cadeialateral; essa primeira etapa échamada uma etapa limitante naformação dos hormônios. Uma vez
 
essa etapa acontecendo, aquilo vailevar gradualmente à formação deesteides. Estas enzimas quefazem a quebra da cadeia lateraldo colesterol gerando um compostopregnenolona são, na verdade, umconjunto de enzimas quepertencem a uma parte chamadacitocromo P450. Então é ocitocromo P450 que vai exercer aclivagem da cadeia lateral docolesterol.
Cit P450 scc
 
citocromoresponvel pela clivagem dacadeia lateral do colesterol.
Cit P450 scc
e
 p450 c11
 
retículo endoplasmático liso.
 
Cit P450 = desmolase!Quebrando essa cadeia lateral docolesterol, teremos uma série deenzimas agindo, que vão levar umasubstância intermediária daformação logo em seguida àprogesterona e a progesteronadando origem à aldosterona, apósuma série de transformações. Estastransformações vão ocorrer na zonaglomerulosa, pois somente vaiexistir uma enzima chamadaaldosterona sintase, e é ela que vaipermitir a formação daaldosterona. É por isso que somentena zona glomerulosa da supra-renalse formam os mineralocorticóides.Pra formar o cortisol, esseshormônios precisam sofrer,inicialmente, uma hidroxilação. Praque aconteçam as duashidroxilações necessárias, vão serutilizadas duas enzimas: citocromoP450 c21 e citocromo P450 c11 sãoessenciais na formação do cortisol.A partir da formão docitocromo P450 c17 sobre a 17-OHpregnenolona, nós temos aformação do DHEA pra levar àformação dos androgênios adrenais.Uma coisa interessante: adeficiência dessas enzimasdetermina uma formaçãoaumentada de androgênios.Como é que esta célulaesteroidogênica consegue ocolesterol como substrato? Qual é afonte desse colesterol? LDL.Principalmente através daslipoproteínas de baixa densidade(LDL), que o muito ricas emcolesterol; é que esta célula temreceptores para LDL; o LDL vai serinternalizado, o complexo LDL-receptor é digerido por lisossomos,o colesterol é liberado e vai parabiosntese dos hormônios. Hátambém possibilidade de formar ocolesterol a partir do acetato oumesmo de armazenar resíduos decolesterol.
Transporte Plasmático
Corticosteróides

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->