Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
94Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
RESOLVER EQUAÇÕES

RESOLVER EQUAÇÕES

Ratings:

4.83

(6)
|Views: 123,126|Likes:

More info:

Published by: HELIO BERNARDO LOPES on Feb 20, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/16/2013

pdf

text

original

 
RESOLVER EQUAÇÕES
H
ÉLIO
B
ERNARDO
L
OPES
É vasto o conjunto de equações que podem apresentar-se no domínio da Matemática, bem como na vidacorrente, em que aquela e os seus resultados têm de aplicar-se para resolver problemas concretos ligados adomínios muito variados, e tanto nos de âmbito mais técnico, como nos ligados às designadas Ciências Sociais, passando, lá pelo meio, pela Economia e pela Gestão.Apresenta-se, de seguida, um conjunto razoável de equações de tipo diverso, desde as algébricas àstranscendentes, das equações às diferenças e diferenciais às integrais, e das trigonométricas às matriciais, demolde a deixar no leitor estudioso e interessado um conjunto vasto de exemplos que possam ilustrar muitos dostipos de equações que podem surgir na vida corrente, mas também balizar o tema, deixando pistas que permitam atacar outros tipos de equações mais complexas.
EXEMPLO
. Seja a equação:
230
 x
+ =
.
Trata-se de uma equação do primeiro grau na incógnita
 x
e com coeficientes em
C
, embora neste casotodos reais:
a ib a ib
0011
23
+ = + =
.
Recorrendo à correspondente fórmula resolvente, virá a solução da equação dada:
 x
= −
32
EXEMPLO
. Seja, agora, a equação:
230
 x i
+ =
.
Neste caso, tem-se:
a ib a ib i
0011
23
+ = + =
tratando-se, igualmente, de uma equação algébrica do primeiro grau na incógnita
x
, com coeficientes em
C
, pelo que o recurso à correspondente fórmula resolvente fornece a solução da equação dada:
 xii
= −= − +
323212.
 
EXEMPLO
. Seja, desta vez, a equação:
( ) ( )
2130
+ =
i x i
também algébrica e do primeiro grau em
 x
, com coeficientes em
C
. Esta equação pode escrever-se na formaequivalente:
( ) ( )
2130
+ + + =
i x i
sendo, pois:
a ib i a ib i
0011
213
+ = + + = +
.
 
 
 Equações às Diferenças_____________________________________________________________________________
Assim, a solução da equação dada, recorrendo à fórmula resolvente, é:
( ) ( )( ) ( )
 xiii ii ii
= −++= −+ + = −
132132221575.
 
EXEMPLO
. Seja, desta vez, a equação:
 x x
2
320
+ =
.
que é uma equação do segundo grau na incógnita
 x
, com coeficientes em
C
,
embora no presente caso todosreais:
a ib a ib a ib
001122
132
+ = ∧ + = + =
.Recorrendo à respectiva fórmula resolvente, as duas soluções da equação são:
( )
( )
 x x x
=± × ××=±= =
334122131221
2
ambas reais e diferentes.
EXEMPLO
. Seja, neste caso, a equação:
 x x
2
220
+ =
.
Trata-se de uma equação do segundo grau na incógnita
 x
, com coeficientes em
C
,
embora no presentecaso todos reais:
a ib a ib a ib
001122
122
+ = ∧ + = + =
 pelo que, recorrendo à correspondente fórmula resolvente, virão as duas soluções procuradas:
( )
( )
 xi x i x i
=± × ××=±= + =
224122122211
2
.
ambas números imaginários. Dado que os coeficientes desta equação são números reais, embora as duassoluções sejam imaginárias, elas são conjugadas entre si.
EXEMPLO
. Seja, aqui, a equação:
 x x i
2
330
+ + =
que é uma equação do segundo grau na incógnita
x
, com coeficientes em
C
, um dos quais imaginário, tendo-se:
a ib a ib a ib i
001122
133
+ = + = + = +
.
Aplicando a fórmula resolvente
 para esta equação
, virá:
( ) ( )
( )
 xi i x i x i
=± × +×=± = ∨ = +
3341321334221
2
uma vez que se tem:
= = +
34123412
i i i i
.
 _______________________________________________________________________2
 
Neste caso, embora a equação dada (do segundo grau) tenha duas raízes imaginárias, elas não sãoconjugadas entre si, o que fica a dever-se a não serem reais todos os coeficientes da equação.
EXEMPLO
. Seja, agora, a equação:
 x x x
32
3420
+ − =
que é uma equação algébrica do terceiro grau na incógnita
x
, com coeficientes em
R
, tendo-se:
a a a a
0123
1342
= = = =
.
Recorrendo à respectiva fórmula resolvente, há que proceder à transformação:
 x y y
= = +
331
obtendo-se a equação do terceiro grau em
y
:
( ) ( ) ( )
 y y y y y
+ + + + = + =
1 3 1 4 1 2 0 0
3 23
que já não apresenta o termo de grau dois, e onde se tem:
 p q
= =
10.
O discriminante da equação a que se chegou vale:
∆ = >
40
 pelo que a anterior equação em
 y
terá uma raiz real e duas imaginárias conjugadas. Neste caso, ter-se-á:
u v
332332
33
= =
 pelo que virá:
u v
112112
33
= =
.
Assim, as soluções da equação transformada da dada são:
 y yi ii yi ii
112122121231212
3303132313231323132
= ==+==+= −
.
Logo, as soluções da equação inicialmente dada obtêm-se destas pela transformação inversa, ou seja,adicionando-lhes a unidade, vindo as três soluções procuradas: 

Activity (94)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
1 hundred thousand reads
Gabriel Eduardo added this note
x/4-x/6 =3
veracampina liked this
Marisa Silva liked this
Marisa Silva liked this
Caroline Eliza liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->