Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
7Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sarampo. Ministerio Da Saude

Sarampo. Ministerio Da Saude

Ratings: (0)|Views: 1,354 |Likes:
Published by Luciano
Sarampo
Sarampo

More info:

Published by: Luciano on Oct 12, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/27/2012

pdf

text

original

 
Guia de Vigilância
Epidemiológica
Ministério da SaúdeSecretaria de Vigilância em SaúdeDepartamento de Vigilância EpidemiológicaBrasília - DF2005
6ª ediçãoSérie A. Normas e Manuais Técnicos
 
©
2005. Ministério da SaúdeTodos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fontee que não seja para venda ou qualquer fim comercial.A coleção institucional do Ministério da Saúde pode ser acessada na íntegra na Biblioteca Virtual do Ministérioda Saúde: www.saude.gov.br/bvsSérie A. Normas e Manuais Técnicos1. ed. 1985; 2. ed. 1986; 3. ed. 1992; 4. ed. 1998; 5. ed. 20026ª edição ampliada – 2005 – Tiragem: 2.000 exemplares
Edição e distribuição
MINISTÉRIO DA SAÚDESecretaria de Vigilância em SaúdeDepartamento de Vigilância EpidemiológicaProdução: Núcleo de Comunicação
Endereço
Esplanada dos Ministérios, Bloco GEdifício Sede do Ministério da Saúde, 1º andarCEP: 70.058-900, Brasília/DF
E-mail 
: svs@saude.gov.brEndereço eletrônico: www.saude.gov.br/svs
Produção editorial
Copidesque/revisão: Napoleão Marcos de AquinoProjeto gráfico: Fabiano Camilo, Sabrina LopesDiagramação: Edite Damásio da Silva, Sabrina Lopes (revisão)Impresso no Brasil / 
Printed in Brazil 
Ficha Catalográfica
Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde.Guia de vigilância epidemiológica / Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde. – 6. ed. – Brasília :Ministério da Saúde, 2005.816 p. – (Série A. Normas e Manuais Técnicos)ISBN 85-334-1047-61. Vigilância epidemiológica. 2.Saúde pública. I. Título. II. Série.
NLM WA 105Catalogação na fonte – Editora MS – OS 2005/1082
Títulos para indexação
Em inglês: Guide to Epidemiological SurveillanceEm espanhol: Guía de Vigilancia Epidemiológica
 
Sarampo
652
Secretaria de Vigilância em Saúde/MS
SARAMPO
CID 10: B05
Características clínicas e epidemiológicas
Descrição
O sarampo é uma doença inecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmissível eextremamente contagiosa. A viremia causada pela inecção provoca uma vasculite genera-lizada, responsável pelo aparecimento das diversas maniestações clínicas, inclusive pelasperdas consideráveis de eletrólitos e proteínas, gerando o quadro espoliante característicoda inecção. Além disso, as complicações inecciosas contribuem para a gravidade do sa-rampo, particularmente em crianças desnutridas e menores de 1 ano.
 Agente etiológico
O vírus do sarampo pertence ao gênero
 Morbillivirus
, amília
Paramyxoviridae
.
Reservatório e fonte de infecção
O homem é o único hospedeiro natural conhecido.
Modo de transmissão
É transmitido diretamente de pessoa a pessoa, através das secreções nasoaríngeas ex-pelidas ao tossir, espirrar, alar ou respirar. Essa orma de transmissão é responsável pelaelevada contagiosidade da doença. Tem sido também descrito o contágio por dispersãode gotículas com partículas virais no ar, em ambientes echados como escolas, creches eclínicas.
Período de transmissibilidade
Ocorre entre 4 a 6 dias antes do aparecimento do exantema, e até 4 dias após. O perío-do de maior transmissibilidade é o de 2 dias antes e 2 dias após o início do exantema. O vírus vacinal não é transmissível.
Período de incubação
Geralmente, de 10 dias (variando de 7 a 18 dias), desde a data da exposição até o apa-recimento da ebre, e cerca de 14 dias até o início do exantema.
Susceptibilidade e imunidade
A susceptibilidade ao vírus do sarampo é geral. Os lactentes cujas mães já tiveram sa-rampo ou oram vacinadas possuem, temporariamente, anticorpos transmitidos por via pla-centária, conerindo imunidade provisória à doença, geralmente até os 9 meses de idade, o

Activity (7)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Lizi Pinheiro liked this
camude liked this
aquarius10 liked this
ocitocina liked this
ramonfmendes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->