P. 1
Estudo Socioeconômico 2008 - Paracambi

Estudo Socioeconômico 2008 - Paracambi

Ratings: (0)|Views: 913|Likes:
Published by sedeinfe

More info:

Published by: sedeinfe on Oct 14, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/14/2012

pdf

text

original

 
PARACAMBI
 
 
Conselho DeliberativoPresidente
José Maurício de Lima NolascoVice-Presidente
 
Jonas Lopes de Carvalho Junior
Conselheiros
Aluisio Gama de SouzaJosé Gomes GraciosaMarco Antonio Barbosa de AlencarJosé Leite NaderJulio Lambertson Rabello
Ministério Público Especial
 Horacio Machado Medeiros
Secretário-Geral de Controle Externo
 Ricardo Ewerton Britto Santos
Secretária-Geral de Planejamento
Maria Alice dos Santos
Secretário-Geral de Administração
Emerson Maia do Carmo
Secretária-Geral das Sessões
Leila Santos Dias
Procurador-Geral
Sylvio Mário de Lossio Brasil
Chefe de Gabinete da Presidência
Adriana Lopes de Castro
Diretor-Geral da Escola de Contas e Gestão
José Augusto de Assumpção Brito
Coordenador-Geral de Comunicação Social,
Imprensa e Editoração
 
Mauro SilveiraArte e Editoração:Coordenadoria de Comunicação Social, Imprensa e EditoraçãoPraça da República, 70/4º andar20211-351 - Rio de Janeiro - RJTels.: (21) 3231 4134 / (21) 3231 5283www.tce.rj.gov.br 
 
 
3
PARACAMBI
APRESENTAÇÃO
O Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, dando prosseguimento à série,apresenta a oitava edição dos “Estudos Socioeconômicos dos Municípios Fluminenses”,que abrange o período de 2002 a 2007.O trabalho, iniciado em 2001, acompanha a evolução de diversos indicadoresanuais, com o objetivo de prover administradores públicos e demais interessados de umconjunto de elementos capaz de servir como alicerce para a elaboração de políticaspúblicas efetivas, no âmbito local ou regional, e de projetos voltados ao desenvolvimentodos municípios fluminenses.Todos os exemplares estão disponíveis no Portal do TCE-RJ, o que propicia oacesso a onze anos de informação sobre dados demográficos e geográficos, meioambiente, educação, saúde, trabalho e renda, gestão, economia e finanças municipais,além dos temas especiais abordados a cada ano. Nesta edição, aspectos históricos, demográficos, turísticos e ambientais foramrevisados. Na gestão municipal, enfocou-se a evolução dos quadros funcionais e oprogresso do governo eletrônico; nos indicadores sociais, registraram-se os desempenhoscomparativos dos exames nacionais. Efetuou-se a análise do mercado de trabalho, coma apresentação detalhada do perfil das admissões e dos desligamentos do empregoformal. Um novo indicador, o Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal IFDM, apresentou-se como tópico de encerramento do capítulo dos Indicadores Sociais,ponderando emprego/renda, educação e saúde.Observe-se, também, a ênfase dada à economia e ao desempenho relativo quecada município tem em relação aos demais no território fluminense. Após a apresentaçãoda seqüência do Produto Interno Bruto, procedeu-se à análise, em perspectivacomparada, da dinâmica econômica municipal dos últimos quinze anos, disponibilizando ohorizonte próximo de aumento da participação de cada município no montante do ICMS,redistribuído pelo governo estadual, em decorrência da Lei nº 5100/07, relativa aochamado ICMS Verde.Em tempos de economia globalizada, considerou-se o desempenho do comércioexterior não somente no âmbito estadual, como também no municipal. Apesar da poucaexpressividade da agropecuária no Estado do Rio de Janeiro, para muitos municípios dasRegiões Serrana, Centro-Sul, Norte e Noroeste Fluminense essa atividade adquirerelevância, seja por sua representatividade econômica, seja pela utilização de mão-de-obra intensiva, o que conduziu à análise da pecuária e da agricultura local ao final docapítulo dos Indicadores Econômicos.É notório o recrudescimento das demandas da sociedade. Essa dinâmica,reforçada pela valorização do planejamento e pela necessidade de gerar resultados,impõe ao gestor da coisa pública um maior preparo, sobretudo para a prospecção decenários e para a elaboração de projetos hábeis a atender, com rapidez e economicidade,aos clamores da população.Diante desse quadro, os “Estudos Socioeconômicos dos Municípios Fluminenses”,

Activity (9)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Vicente Santos liked this
rico_rezende222 liked this
mendes_olive liked this
leonai liked this
wilsontk liked this
maricampista liked this
Luana Fortunato liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->