Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
28Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O Renascimento Na Europa

O Renascimento Na Europa

Ratings:

1.0

(1)
|Views: 11,956 |Likes:
Published by erika2323

More info:

Published by: erika2323 on Oct 16, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/12/2013

pdf

text

original

 
O Renascimento na Europa
 Entre 1500 e 1700 o crescimento urbano foi concentrada em grandes cidades emcrescimento. As únicas áreas principais de fundações Nova Cidade foram nestesséculos, na Sicília, Escandinávia e no Mundo Novo. Na Sicília, 25 cidades foramfundadas, principalmente com os planos de grelha. Cidade tomada na Escandináviadurante o século
17
foi com conexão em uma rivalidade entre um Dinamarca ea Suéciasobre o comércio não Báltico e no Mar do Norte.Tornou-se uma ambição dos governantes para exibir suas influance e Energia,
melhorando
como suas cidades. Herança Clássica de Roma foi o modelo da suaactividade cultural. As famílias nobres e rico comerciante de Florença, Veneza, Roma,e Lombardia desejado para embelezar suas cidades, os Medicis, Bórgias, Sforza econstruíram-se novos Palácios. Em contraste com o regime medieval, o poder ea população já não eram dispersos e descentralizados. Residência dos Papas foirestabelecido em Roma, e trabalho no Palácio do Vaticano demonstrado. Papa Júlio planejada para Substituir a antiga basílica de São Pedro com uma grande igreja que poderia se Tornar o centro da Cristandade.O formato básico das cidades não mudaram, mas a estrutura começou um ser decoradoscom fachadas de elementos clássicos. Leonardo da Vinci: planejador, engenheiromilitar, inventor. Reis, papas eram os patronos das Artes. Não há mais anonimato dosmestres-construtores das cidades. Brunelleschi, Alberti, Bramante, Sangallo na Itália,na França Lescot bem conhecidos são.O Nascimento do Renascimento
na Itália:
Construção de uma nova cúpula por FilippoBrunelleschi sobre a Catedral de Florença, entre 1420 e 1436. (180 pés de altura dochão até a
Lanterna.)
Durante
OS
Dias 15 e 16 do
Século
XX Florença era uma capital daREN. Artistas, arquitectos apreciou o patrocínio das famílias bancário poderoso. Por quase 4oo anos Médici foram associados com o patrocínio das artes. Florença eragovernada pelo Signoria (Câmara Municipal) dominada pelos Medici, cujos filhos setornaram papas e depois se casou em reais famílias. Em 1532, Florença perdeu a suaindependência como uma cidade-estado, em 154o Cosimo se mudou para o Palazzodella Signoria e consolidou seu poder sobre a cidade. Em 1569 ele recebeu o título deGrão-Duque. Ren reconstrução de Florença Criou uma extensa rede de ligação deedifícios principais ruas e praças durante a maior parte da cidade.
Novos sistemas de defesa
 A invenção da pólvora resultou na substituição das muralhas medievais da cidade. ACrescente Utilização dos cânones Exigiu uma construção de estrelas, como Baluartes,Sistemas de fossos de água, muralhas como postos avançados, a fim de Manter oinimigo atacar a distância das cidades. Engenharia militar contribuiu substancialmente para uma nova fase de construção da cidade. "No man's land" da cidade e do paísseparado.
Ideal cidades da Renascença
 
 
A Grande Maioria das novas cidades foram qualidades, algumas cidades Aprovadasradial Rua concêntricos sistema
inspirado
por cidades ideais de projetos doRenascimento como Sforzinda Filarete.
Sforzinda:
Projetado em 1457-64 de Francesco Sforza, de Milão tyran. Nuncafoi construída. Forma básica: eightpoint-por derivered star suprimposing 2quadrículas. A figura é um antigo símbolo mágico. Interlockes É como 4aristotélica qualidades: a seca, umidade, frio e calor. Torres nos ângulosexterno. Centro da cidade formal (rectangulares, a Catedral eo Palácio em ladosem suma, comerciante, s quartas e aos mercados de alimentos em lados decomprimento) e outras 16 praças em toda a cidade para os mercados e igrejas. No meio: O Príncipe, s Palace. Sforzinda era o arquétipo da Cidade Altahumanista da Renascença. Cidade perfeita radial como esquema político e nãoraro Ren.
A defesa da lógica
 
Francesco di Giorgio
(1460): o primeiro Ren. O arquiteto e engenheiroarculate miliar para as maneiras pelas Quais um sistema radial de ruas, uma parede bastiones periferia, e uma praça pública no Centro poderia ser feito paratrabalhar em conjunto. Variações da praça central (poligonais, circulares),colocação de portões. Sua influência é visto em Leonardo, e outros Scamozzi.Ele escreveu: os formulários ideal da cidade (círculo e quadrado insatisfatórios)São Paulo. Círculo não é bom: caro, e os planejadores militares preferenciaiscortinas reta entre 2 bastiões. Square: mais barato, mas canto eram bastiõesfacilmente destruída por incêndio enemey, lugar pequeno para manobras notopo.
 Polígono regular 
parecia ser a melhor solução. Mais tarde: em vez demuro cortina bastioned: panoplia Exteriores de peças (pinças, lunetas, ravelins).
Palmanova:
Veneziana Repuclic posto. Primeiro colocado para fora em 1593,uma cortina sua bastioned foi concluída em 1623. Reforçada por um anel desegundo em 1667. A praça central e da área em torno dela foi para os oficiaiscomandante e os soldados nativos Veneziano. Finalmente abandonada como um posto militar em 1866. 3, Portas ruas conectado Diretamente para o centro.Palmanova, s defesas representou o estado da arte. O único plano completo ser construído de uma radial na Itália no século 16. Vários engenheiros e planejadores militares, incluindo Scamozzi. Polígono de nove lados, uma praçacentral é um hexágono.
Composição Renascença
 
A Rua da Catedral para a Igreja da Santissima Annunziata se Tornou o local um dosregimes mais importantes do Renascimento, arquitetos mais Envolvendo cerca de 200anos. Piazza SS. Annunziata um exemplo clássico da cidade, 3 design tridimensional.Brunelleschi dá o exemplo de ordem do lado estern, em 1427 em seu Hospital daCriança (arcada elegante). Cerca de 25 anos depois, uma nova entrada para a igreja foidesenhada por Michelozzo, em harmonia com uma arcada Brunelleschi. Em 1516, osarquitetos Sangallo e Baccio d'Agnolo Edifício um Projetado (orfanato) no site doterceiro quadrado, com um arcade semelhante. Em 1600, uma praça foi concluída.Michelozzo, s igreja sceme não concorre a Praça da final.
 
 
Uniformidade, uma padronização
 
Ren. Praças: Place Royale-s na França. Place des Vosges foi Concebida por HenriqueIV em 1604 como um site de uma fábrica de tapetes novos, mas em 1605 o quadrado foidedicado a residências de classe alta. (Casa de Victor Hugo estava aqui, agora ummuseu.) Tornou-se o protótipo de praças residenciais que praticamente Estavamseparados pelo trânsito. Central espaço com uma estátua de Louis XIII não longe daBastilha. No início enguias parecia mais motivos desfile, de Parques Urbanos, comfachadas cortina Unificada por prescrito contínua cornijas e Arcadas Chão, ardósia dostelhados alto. Próximo passo: Palais Royale.
Tradução Renascença
 
 Na Inglaterra o renascimento clássico veio mais tarde do que outros lugares em.Simples construção de formas curvas enfrentando grandes espaços abertos do
Circus edo Royal Crescent
Projetado em Bath por John Wood, o mais jovem. Praças formalem Encostas ireegular novas que int partes da cidade. A mesma qualidade que foiconstruída sem ondulado das superfícies e formas curvas livres de LansdowneCrescente, em banho também.O rei ordenou que o
Regente, s Park Project,
em Londres como um local de casas para o bem-fazer. John Nash realizadas sobre estas formas curvas plano espaçosos comvista para parques abertos em seus projetos para o Cerescent e Regent Park, sdesenvolvimentos Londres Park, em.
Barroco europeu
 
Suas raízes estão n º 16
º
Cento.
Protótipo: Roma, uma reconstrução
 
Ela está ligada uma grandes desenvolvimentos intelectual, política e tecnológica.(Contra-Reforma, uma ascensão de um homem-regra, os avanços na astronomia,descobertas em todos os Recantos do Mundo). Phenomen de capitais. NecessidadesServiu o representante do absolutismo (casas reais da Espanha, França e Inglaterra).Transição de Madrid, de uma pequena vila dentro de 100 anos: 170.000 hab. )Em França, uma grande maneira Tornou-se institucionalizada não só Através do patrocínio real, mas também da estrutura Através oficial de ensino. Por trás dosdesenhos da Grande Estilo está um poweful, Centrista Estado. Visão Urbanaextravagante de avenidas em linha reta, uniforme vasta fronteira quadrados, oacompanhamento Adequado das monumentais edifícios públicos. Ela fala dacerimônia, como Instituições processional, uma vida regrada público. Novo desenho urbano do barroco francês. Foi Baseada no DA dinamismo
diagonal,
e passou um ser assosiated COM OS
 Estados absolutistas.
Mas refletiu em Filarete, sdiagrama, uma segunda alternativa radial do Poder do centro da cidade, o regime foi

Activity (28)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Paloma Cristina added this note
legal
João Moreira liked this
Miqueias Santos liked this
Thais Silva liked this
Monica Felix liked this
Jussara Melo liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->