Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
104Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
NBR 11581 - Cimento Portland - Determinação dos tempos de pe

NBR 11581 - Cimento Portland - Determinação dos tempos de pe

Ratings: (0)|Views: 10,474|Likes:
Published by pablugs

More info:

Published by: pablugs on Oct 18, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/18/2014

pdf

text

original

 
Copyright © 1990,ABNT–Associação Brasileirade Normas TécnicasPrinted in Brazil/ Impresso no BrasilTodos os direitos reservadosSede:Rio de JaneiroAv. Treze de Maio, 13 - 28
º
andarCEP 20003 - Caixa Postal 1680Rio de Janeiro - RJTel.: PABX (021) 210-3122Telex: (021) 34333 ABNT- BREndereço Telegráfico:NORMATÉCNICA
ABNT-AssociaçãoBrasileira deNormas Técnicas
Cimento Portland - Determinação dostempos de pega
Palavra-chave: Cimento Portland3 páginas
1 Objetivo
Esta Norma prescreve o método de ensaio para a deter-minação dos tempos de início e fim de pega da pasta decimento.
2 Documentos complementares
Na aplicação desta Norma é necessário consultar:NBR 7215 - Cimento Portland - Determinação da re-sistência à compressão - Método de ensaioNBR 11580 - Cimento Portland - Determinação daágua da pasta de consistência normal - Método deensaio
3 Aparelhagem
3.1 Balança
A balança deve apresentar resolução de 0,1 g e capaci-dade mínima de 1000 g.
3.2 Misturador mecânico
O misturador mecânico a ser utilizado é o constante daNBR 7215.
3.3 Espátula
A espátula a ser utilizada é a constante da NBR 7215.
3.4 Molde troncocônico
3.4.1
Destinado a conter a pasta, deve ser em forma detronco de cone (G) (ver Figura), com dimensões indicadasna Tabela.
3.4.2
Deve ser acompanhado de uma placa de vidro de,pelo menos, 5 mm de espessura (H), que lhe serve de base.
3.4.3
Deve ser de material não absorvente e resistente aoataque das pastas de cimento.
3.5 Recipiente
Recipiente, que pode ser um béquer plástico, destinado aconter a água de amassamento.
Tabela - Dimensões do molde
 Diâmetro interno do moldeSuperior (70 ± 1) mmInferior (80 ± 1) mmAltura do molde (40 ± 0,5) mmEspessura das paredes do molde (8 ± 1) mm
3.6 Aparelho de Vicat
3.6.1
Consiste em um suporte (A), ver Figura, que sustentauma haste móvel (B) que pesa (300 ± 0,5)g. A extremidadede sondagem (C) da haste móvel (sonda de Tetmajer) tem(10 ± 0,05)mm de diâmetro e um comprimento mínimo de
NBR 11581
CDU: 666.942JUL 1991Método de ensaioOrigem: Projeto 18:104.04-002/1991CB-18 - Comitê Brasileiro de Cimento, Concreto e AgregadosCE-18:104.04 - Comissão de Estudo de Métodos de Ensaio de Cimento Portlandem Pasta de Consistência NormalNBR 11581 - Portland cement - Determination of setting times - Method of testDescriptor: Portland cementEsta Norma foi baseada na NBR 7215/1982Incorpora Errata - OUT 1992Reimpressão da MB-3434, JUL 1991
Cópia não autorizada
 
2NBR 11581/1991
Figura - Aparelho de Vicat e molde troncoc
ô
nico
50 mm. A outra extremidade tem uma agulha (D) com di-mens
õ
es especificadas em 3.7.
3.6.2
A haste (B) pode ser colocada no suporte em qual-quer das duas posi
çõ
es e pode ser mantida na altura de-sejada por meio de um parafuso (E). A haste (B) possuiainda um indicador ajust
á
vel (F), que se desloca ao longode uma escala graduada em mil
í
metros, presa firmemen-te ao suporte, e que permite a leitura da dist
â
ncia entre ofundo do molde e a extremidade da sonda ou agulha. Asse
çõ
es terminais da agulha e da sonda devem ser planase perpendiculares ao eixo da haste. Comparando a escalagraduada do aparelho com uma escala-padr
ã
o graduada,com resolu
çã
o de 0,1 mm de aproxima
çã
o, n
ã
o s
ã
o to-leradas diferen
ç
as maiores do que 0,25 mm em qualquerdos seus pontos.
Nota: A sonda de Tetmajer
é
parte integrante do equipamento e
é
empregada exclusivamente no ensaio de determina-
çã
o da
á
gua da pasta de consist
ê
ncia normal conformeNBR 11580.
3.7 Agulha de Vicat
É
empregada exclusivamente no ensaio de determina
çã
odos tempos de pega, sendo parte integrante do aparelhode Vicat. Possui di
â
metro compreendido entre 1,11 mm e1,14 mm e comprimento m
í
nimo de 50 mm.
4 Execu
çã
o do ensaio
4.1 Condi
çõ
es do ambiente
4.1.1
As condi
çõ
es do ambiente para a prepara
çã
o da pas-ta devem ser as prescritas em 4.1 da NBR 11580.
4.1.2
As condi
çõ
es do ambiente para a execu
çã
o do ensaiopropriamente dito (penetra
çõ
es da agulha) devem ser taisque proporcionem umidade relativa igual ou superior a70%.
4.2 Ajuste do aparelho de Vicat
Instalar a agulha de Vicat no aparelho de Vicat, fazendo-adescer at
é
que sua extremidade (D) repouse sobre a placade vidro (H), ajustando-se o indicador (F) no zero da esca-la graduada (ver Figura).
4.3 Prepara
çã
o da pasta de cimento
Preparar uma pasta com 500 g de cimento e
á
gua neces-s
á
ria para a consist
ê
ncia normal e encher o molde tronco-c
ô
nico de acordo com se
çõ
es 4.3 e 4.4 da NBR 11580.
4.4 Determina
çã
o do tempo de in
í 
cio de pega
4.4.1
O in
í
cio de pega
é
constatado no momento em que aagulha de Vicat, descendo sobre a pasta de consist
ê
ncianormal, estacionar a 1 mm da placa de vidro (H). Deve-sedescer a agulha, sem choque e sem velocidade inicial at
é
estacionar (condi
çã
o que pode ser alcan
ç
ada sustentan-do-a levemente com os dedos). A leitura
é
feita 30 s ap
ó
so in
í
cio da penetra
çã
o da agulha na pasta.
4.4.2
Tempo de in
í
cio de pega
é
o intervalo decorrido entreo instante em que se lan
ç
ou a
á
gua de amassamento
à
pasta e o instante em que se constatou o in
í
cio da pega.
4.5 Determina
çã
o do tempo de fim de pega
4.5.1
Ap
ó
s a constata
çã
o do in
í
cio de pega, fazer leiturasa intervalos regulares de 10 min. A primeira entre tr
ê
s lei-turas sucessivas e iguais, superiores a 38,0 mm, constituia indica
çã
o do fim de pega.
Nota: Consideram-se leituras iguais
à
quelas que diferem entre sino m
á
ximo de 0,5 mm.
4.5.2
Tempo de fim de pega
é
o intervalo decorrido entre oinstante em que se lan
ç
ou a
á
gua de amassamento
à
pastae o instante em que se constatou o fim de pega.
4.6 Precau
çõ
es durante o ensaio
4.6.1
N
ã
o
é
permitida a determina
çã
o dos tempos de in
í
cioe fim de pega na pasta que j
á
tenha sido utilizada para de-terminar a
á
gua de consist
ê
ncia normal.
Cópia não autorizada

Activity (104)

You've already reviewed this. Edit your review.
gleicekelly07 added this note
thanks.
gleicekelly07 liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Karyne Ferreira liked this
Leonardo Marques liked this
Hudson Venturim liked this
Paula Mendes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->