Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
121Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
carta de reclamaçao

carta de reclamaçao

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 35,701 |Likes:
Published by Helena Maria

More info:

Published by: Helena Maria on Oct 23, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/18/2014

pdf

text

original

 
 
CARTA DE RECLAMAÇÃO
 
Definição – é um tipo de carta formal, em que se pretende apresentar uma reclamaçãoescrita sobre determinado produto, assunto ou situação. Deve ser breve e concisa.Estrutura:• Local• Data• Fórmula de saudação• Corpo da carta- Introdução – exposição do assunto- Desenvolvimento – fundamentação da reclamação- Conclusão – pedido de reparação ou compensação• Fórmula de despedida• Assinatura• P.S. (Post Scriptum) (facultativo)
 
Demonstração /EscreverExemplo (para alunos de 9º ano)No
 Auto da Barca do Inferno
, de Gil Vicente, o Fidalgo acaba por embarcar na barca doInferno. Porém, não foi por falta de argumentação que isso aconteceu. Nada habituado a sertratado da forma como o Anjo o fez, decidiu reclamar.Imaginemos a carta de reclamação que ele terá dirigido ao “superior hierárquico” do Anjo.
 
Comarca Infernal, 13 de Janeiro de 1506Excelentíssimo Senhor S Pedro,Eu, D. Henrique, fidalgo de solar, residente na cidade de Guimarães, berço da naciona-lidade, venho apresentar queixa junto de Vª Ex.ª, por não concordar com o tratamentoa que fui sujeito pelo Anjo e, muito menos, com o destino que me foi atribuído.Saiba Vª Ex.ª que, mal expirei, fui conduzido a um braço de mar onde me esperavamduas barcas: a primeira – do Diabo – não se adequava à minha senhoria, obviamente,mas a segunda – a do Anjo – achei-a de feição para me conduzir às delícias do Paraíso,que me está destinado por nascimento e condição social. Porém, um vosso súbdito, oAnjo, enxovalhou o meu bom-nome, apelidando-me de “tirano”, “explorador do pobrepovo queixoso”, “vaidoso e presunçoso” – defeitos que não me são imputáveis, em vir-tude de pertencer ao topo da hierarquia social do meu país, onde quem é bem nascidotem direito a privilégios naturais.Peço, pois, a Vª Ex.ª que se digne mandar reparar os danos que o Anjo me causou,compensando-me com um bom lugar no Céu, junto do Todo-poderoso.Atentamente,
D. Hanrique 
 ,
Fidalgo de Solar
 
 Outro exemplo:• Foste almoçar com os teus pais a um restaurante e foste mal atendido (a comida chegoufria, as bebidas não corresponderam às solicitadas e não foram trocadas, a conta apresenta-va parcelas a mais). No fim do almoço, escreveste uma carta de reclamação, em que recla-mavas da baixa qualidade do serviço prestado pelo restaurante.
 
Porto, 12 de Junho de 2007Ex.mos Senhores,Eu, Maria Antónia Soares, residente na Rua da Paz, nº 14, na cidade do Porto,tendo almoçado, no dia 12 de Junho de 2007, neste restaurante, constatei que aqualidade dos vossos serviços foi muito fraca.Esta opinião deve-se ao facto de a refeição encomendada pelo meu pai ter sidoservida já fria e as bebidas não corresponderem às solicitadas, não tendo o fun-cionário procedido à troca, conforme pedimos. Como se não bastasse, a contanão estava correcta: tinha duas parcelas a mais, uma de 5 e outra de 10 euros.Tendo em conta os factos descritos, solicito a Vª Ex.ª a devolução do valor totalpago (60 euros), de acordo com a cópia da factura que anexo.Sem outro assunto,atenciosamente,
 Maria Antónia Soares 

Activity (121)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Paulae Anderson liked this
Ricardo Santos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->