Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
64Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Argila

Argila

Ratings:

2.0

(1)
|Views: 28,030|Likes:
Published by Gabriela Özkır

More info:

Published by: Gabriela Özkır on Oct 27, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/15/2013

pdf

text

original

 
HidroterapiaA hidroterapia é o uso da água na prevenção e tratamento de doenças. Ela é um métodotradicional de tratamento que vem sendo usado por diferentes culturas há muitos séculos,principalmente por romanos, chineses, japoneses, egípcios e hebreus. O efeito curativo dahidroterapia é baseado em seus efeitos mecânicos e ou termais de água sulfurosa eradioativa. Ela explora a reação do corpo à estímulos quentes e frios, à pressão exercidapela água e à sensação que ela dá. Os nervos carregam impulsos sentidos na pele, para ointerior do corpo, onde estimulam o sistema imunológico, aumentam a circulação,melhoram a digestão e diminuem a sensação de dor.Geralmente o calor acalma e relaxa o corpo, diminuindo a atividade dos órgãos internos. Jáo frio, estimula e revigora a atividade interna. Se você está com os músculos tensos eansiedade causada pelo estresse, um banho quente ou ducha pode resolver. Se está sesentindo cansada e estressada, você pode tentar tomar um banho morno, seguido de umaducha rápida fria para ajudar na estimulação de seu corpo e sua mente. A hidroterapia éindicada para tonificar o corpo, estimular a digestão, a circulação, o sistema imunológico ealiviar a dor. A água parece ter um poder especial para ajudar no combate do estresse erejuvenescer o corpo. Ela age sobre a pele e os músculos, acalma os pulmões, coração,estômago e sistema endócrino estimulando os reflexos nervosos na espinha dorsal. Hoje,as técnicas mais utilizadas pela hidroterapia são as duchas, massagens, saunas, banhos deimersão completos ou parciais e compressas.Segundo o Código das águas minerais, as águas classificam-se, quanto à composiçãoquímica em:
- Alcalino-bicarbonatadas:
as que contêm, por litro, uma quantidade de compostosalcalinos equivalentes no mínimo a 0,200 g de bicarbonato de sódio.
- Alcalino-terrosas:
as que contêm, por litro, uma quantidade de alcalino-terrososequivalente no mínimo a 0,120 g de carbonato de cálcio (existem as alcalino-terrosascálcicas e magnesianas).
- Carbogasosas:
as que contêm, por litro, no mínimo 200 mg de gás carbônico livredissolvido, a 20°C e 760 mm de Hg de pressão.
- Cloretadas:
as que contêm, por litro, no mínimo, 0,500 g de cloreto de sódio;
- Ferruginosas:
as que contêm, por litro, no mínimo 0,500 g de ferro;
- Nitratadas:
as que contêm, por litro, no mínimo 0,100 g de nitrato de origem mineral.
- Oligominerais:
quando, apesar de não atingirem os limites estabelecidos, possuemincontestável ação medicamentosa.
- Radíferas:
quando contêm substâncias radioativas dissolvidas que lhes atribuamradioatividade permanente.
- Radioativas:
as que contêm radônio dissolvido, detectado na fonte, obedecendo limitesde unidades Mache por litro, a 20°C e 760 mm de Hg de pressão:
fracamente radioativas:
teor de radônio entre 5 e 10 Maches por litro
radioativas:
teor de radônio entre 10 e 50 Maches por litro
fortemente radioativas:
teor de radônio superior a 50 Maches por litro.
- Sulfatadas:
as que contêm, por litro, no mínimo 0,100g de sulfato, combinando aosódio, potássio ou magnésio.
- Sulforosas:
as que contêm, por litro, no mínimo 0,001g de enxofre.
 
- Torioativas:
as que possuem teor de torônio em dissolução equivalenteem unidades eletrostáticas, a 2 unidades Mache por litro, no mínimo.
Argiloterapia ou geoterapia
::: 01/10/2004
 É da terra que retiramos nosso alimento, nossa água, nossa energia vital. Nas palavras do 
, de nação Sioux, "tudo quanto fere a terra, fere também os filhos da terra".Os antigos egípcios utilizavam a argila como um dos componentes no embalsamamento das múmias e paraa preservação de alimentos de origem animal.Na América, alguns grupos indígenas tinham por tradição "enterrar" seus doentes, que eram colocados decorpo inteiro, na posição vertical, dentro de um buraco cavado na terra. Apenas a cabeça era deixada para olado de fora, e o doente permanecia assim, em contato com a terra, durante muitas horas. Esse tipo detratamento era aplicado aos doentes terminais, à beira da morte.
Argiloterapia
é a técnica terapêutica das terapias naturais utilizada desde a existência do ser humano.Hipócrates, Avicena, Averrois, Galeno e outros preconizavam o uso da argila em suas práticas de cura. AArgiloterapia consiste no uso tópico de compressas de
silicato minimizado
, ou ainda a sua ingestão naturalcom água, para normalizar uma determinada região do corpo inflamada.
A argila ou o silicato minimizado
Acredita-se que as suas propriedades homoestáticas são devidas às trocas energéticas, iônicas e radiônicasexercidas pelos elétrons livres, existentes nos minerais de sua composição, tais como: manganês, magnésio,alumínio, ferro, sílica, titânio, cobre, zinco, cálcio, fósforo, potássio, boro, selênio, lítio, níquel, sódio eoutros.É originária da decomposição do solo, por ações físico-químicas do ambiente natural, no decorrer de diversosanos. Ao ser retirada do solo para fins de uso corpóreo, alguns aspectos devem ser considerados: - ser deum local inócuo, não retirar de terrenos úmidos, escolher a argila com a coloração desejada, ater para aretirada da argila de uma profundidade mínima de quatro metros.A argila pode ser usada ao natural ou depurada, isto é, dissolver em água potável, decantá-la e secá-la.
Como aterracura
Em contato com o corpo doente, a terra produz certas alterações que promovem a cura. Conheça osprincipais efeitos obtidos com a utilização desse tipo de terapêutica:
a.
Troca de energia com a área afetada:
quando aplicada externamente ou quando ingerida, aargila é capaz de absorver a energia perniciosa acumulada na área doente e transmitir sua energiade elevada qualidade vital. Assim, uma compressa fria de argila alivia a região em que foi aplicadae torna-se quente, pois absorve o calor da região doente. Nos casos de tumores malignos, oaquecimento da compressa é intenso. Isso se deve à passagem das energias malsãs do doente paraa compressa, que funciona como uma espécie de "mata-borrão" energético, ao mesmo tempo quefornece energia de boa qualidade.Equilíbrio térmico: o equilíbrio de temperatura ocorre graças ao efeito dissipador de calor produzidopela compressa de argila fria. Esse efeito é bem conhecido na hidroterapia.
 b.
Ação vitalizante:
esse efeito é mais claro no uso interno da argila, que fornece a sua cargaenergética ao organismo mesmo quando ingerida em pequena quantidade, como em geral érecomendado. A ação neste caso é do tipo "homeopático", pois torna o organismo mais saudável edinâmico.
 
c.
Ação anti-radiativa:
a capacidade anti-radiativa da argila foi recentemente descoberta, graças àobservação de que objetos contaminados por radiatividade, ao entrarem em contato com a lama,perdem a radiação em pouco tempo. Embora não seja uma propriedade aceita por todos oscientistas, sabemos que a argila tem a capacidade de absorver energias estranhas ao organismo,como é o caso da radiação proveniente das explosões nucleares que se precipita da atmosferasobre o planeta.
A argila pode ser usadainterna e externamente
Uso interno
- Existem vários tipos de argilas que são usadas externamente, e cada uma tem pequenasdiferenças para uso terapêuticos. Estas argilas podem ser usadas em banhos, máscaras e cataplasmas.
As cataplasmas devem ser usadas no tratamento de edemas, picadas deinsetos e distensões musculares. Os banhos são indicados para aliviar atensão e fadiga muscular, insônia e má circulação. As máscaras sãomuito usadas em tratamentos estéticos para eliminar toxinas, limpar etonificar a pele.
Como usar a argila
Em
: diluí-la em água mineral morna, atétransformá-la numa pasta, depois coloque-a em uma gaze e aplique-ano local desejado, por um período de 20 a 30 minutos.Em
: usar água mineral à temperatura normal eaplicar por 2 horas.Em
aplicação direta
: principalmente no rosto, aplicar a pastadiretamente sobre a pele em uma camada bem fina.Pode ser aplicada
topicamente
no tórax, no abdômen, na região pélvica, na coluna, sobre os rins, naspernas, nos braços, no rosto, na cabeça e no pescoço.Pode também ser usada por
via oral
, neste caso, dilui-se uma colher das de chá de silicato minimizado emum copo de água mineral, aguarde a decantação (30 minutos), despreze a parte sólida e tome o líquido em jejum ou 1 hora antes das refeições. Para melhores esclarecimentos é necessário procurar um médico queconheça do assunto.
Aplicação na estética
: No rosto, pescoço, mãos e braços, para eliminar manchas senis e espinhas.
Aplicação da argila com ação terapêutica
:na garganta para casos de inflamação e calos nas cordas vocais
no pescoço: em casos de tumor na parótida e obstrução das veias que alimenta o cérebro
nos ombros: nas burcites e artrose
nos seios: nas displasia , mastite e cisto
nos braços: casos de tendinites e tenossinovite
nos joelhos: artrose
nas pernas: varizes, trombose venosa, flebite, varicose

Activity (64)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Nathany Santos liked this
Angela Barth added this note|
Execelente! Acreditem, tratamos um ferimento que minha mãe obteve, oriundo de má circulçao, e de dificil cura, conforme medicos. Argila fez com que sumisse totalmente o ferimento.
Hemiza Oliveira liked this
Monica Santos liked this
Catarina Borges liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->