Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
13Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Trabalho Sobre Lacunas Da Lei

Trabalho Sobre Lacunas Da Lei

Ratings: (0)|Views: 4,752|Likes:
Published by Denison Diego

More info:

Published by: Denison Diego on Oct 28, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/15/2013

pdf

text

original

 
Facvldade Maurício de NassauCurso de DireitoDenison Diego Alves da CâmaraTrabalho de Hermenêutica Jurídica e ArgumentaçãoTema: Lacunas na Lei do Direito da Criança e do AdolescenteNatal-2009
 
INTRODUÇÃO
Como é sabido o artigo 18 do E.C.A. (Estatuto da Criança e do Adolescente) setrata de uma porta aberta para a sociedade lutar pelo seu próprio futuro, um principiogeral para lutarmos pela dignidade da criança e do adolescente, sendo um dever detodos e sendo um dever de todos, não só a criança ou sua família deve cumprir essedever que antes se diga não se trata de um mero direito, mas sim de um dever, ou seja,não é somente um juízo, porém uma obrigação de cada indivíduo perante a lei, oEstatuto da Criança e do Adolescente, prevê assim o artigo 227 da Constituição FederalBrasileira.Como é evidente a possibilidade que possam vir a existirem brechas nos pensamentos dos nossos legisladores ao construírem nosso sistema jurídico, brechasessas que juridicamente são conhecidas como lacunas na lei, os próprios legisladorescriaram elementos que possam preencher essas lacunas de acordo com o caso concreto,esses elementos são a eqüidade (art. 127 e 1.109 do CPC, por exemplo), a analogia, oscostumes e os princípios gerais de direito (Art. 4
o,
Lei de Introdução ao Código CivilBrasileiro), já que não pode o juiz deixar de atender sua função social (Art. 5
o,
Lei deIntrodução ao Código Civil Brasileiro), nem sequer sob pretexto de lacuna ouobscuridade na lei
não
pode o juiz deixar de sentenciar (art. 126 do CPC); dando assima esses elementos jurídicos um valor essencial à sua função, ou seja, adequar nossosistema jurídico à justiça, logo que o direito positivo existe, porém é hermético, tendoassim o juiz que buscar esclarecê-lo e aplicá-lo da sua melhor forma, que consisti emalgo mais próximo da justiça social.
 
DESENVOLVIMENTO
O nosso Código Penal acabou de ser modificado pela lei de nº 12.015, de 07 deagosto de 2009, que traz alterações ao Código Penal e além dele ao E.C.A. e a Lei dosCrimes Hediondos e com isso acaba por fechar algumas lacunas que persistiam noCódigo Penal desde 1940 e traz um modificado artigo 225 que ora sobre a ação penal eque traz em seu parágrafo único; o procedimento da ação para vitima menor de 18 anos:que se procederá, mediante ação penal pública incondicionada se a vítima é menor de18 (dezoito) anos ou pessoa vulnerável. Assim então a lei nº 12.015 aboliu anecessidade da vitima ou de sua família buscar para que se instaure um processo, passando a ser o Ministério Público o responsável após a insinuação desse tipo decrime.Outro grande avanço é artigo 217 do código penal,
estupro de vulnerável
, essanova figura no código penal se trata do menor de 14 anos (ou portadoras de enfermidadeou deficiência mental, ou, ainda, aquelas que por qualquer outra causa não possamoferecer resistência, segundo: Trabalho realizado por Ivanilce da Cruz Romão,Procuradora de Justiça do Ministério Público do Estado do Espírito Santo, Dirigente doCentro de Apoio Operacional Criminal), e a pena aplicada é reclusão de 8 a15 anos.Então podemos perceber que a nota da Agência de Notícias dos Direitos daInfância (ANDI) vinculada ao assunto do trabalho sobre as lacunas no código penal está
parcialmente
ultrapassada desde que a lei nº 12.015 passou a vigorar no país, parcialmente, pois
ainda existe a falta de algumas leis e melhorias de outras
no nossoordenamento jurídico.Logo que sabemos que a sociedade evolui numa velocidade extraordinária e o pensamento do legislador 
deve tentar
seguir essa velocidade (mesmo se tratando dealgo impossível) com leis mais eficazes, mas com a falta disso a hermenêutica jurídicase transforma no mais importante elemento do juiz e as lacunas nas mãos de um bom juiz se transformam em influente arma à verdadeira aplicação da hermenêutica, do maisimprescindível trabalho do pensamento do julgador em cada caso concreto, por essemotivo é essencial a existência de lacunas, que por muitas vezes são propositalmente
elaboradas
(quando as lacunas são propositais se tratam de elaborações e não de erros) pelos legisladores, nesses casos as lacunas deixam de serem buracos nas leis(negligências do legislador) e passam a consistirem em espaços a serem preenchidos de

Activity (13)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
mlima01 liked this
mlima01 liked this
Junior Ronaldo liked this
Felipe Giarola liked this
Fames Mahando liked this
Lorena Santos liked this
Lacerda Sale liked this
Zaylla Zaydam liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->