Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
10Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ALVÃO PARQUE NATURAL

ALVÃO PARQUE NATURAL

Ratings:

4.5

(2)
|Views: 4,377 |Likes:
Published by ramiromarques

More info:

Published by: ramiromarques on Feb 27, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/12/2013

pdf

text

original

 
Junto ao rio Tâmega, a cidade de Amarante desperta lentamente numa manhã fria deInverno. É o nosso ponto de partida para conhecer as magníficas paisagens do ParqueNatural do Alvão
 
Textos e Fotos João Nunes da Silva
 
N
o vale da campeã, uma castanha espreita do seu ouriço, àespera de ser recolhida.A apanha de castanhas nos soutos, durante o Outono,constitui uma das muitas actividades agrícolas tradicionaisque ainda encontramos nesta região de fronteira entre oMinho, o Douro e Trás-os-Montes.
 
C
om um relevo variado, oparque natural do alvãoapresenta definidas duasimportantes áreas: uma zonamais alta (que chega aos 1339 metros de altitude),abrangendo a serra do Alvão e o planalto de Lamas de Olo, euma zona basal (até aos 250 metros), onde estão localizadasas povoações de Ermelo e de Fervença e os vales por ondecorre o rio Olo.
N
esta zona de montanha, os rigores do inverno são bastantepronunciados. Pelo menos uma vez por ano, todo o parque secobre com um enorme manto branco. Como que por magia,uns ramos de vidoeiroembrulham-se durante a noiteno gelo, proporcionando umaimagem de rara beleza.
N
a primavera, no verão e nooutono, as áreas florestais doalvão pintam-se de coresquentes. Com uma enorme biodiversidade florística, entre várias espécies raras ou endémicascomo o cravo-dos-alpes ou a açucena-brava, encontramos carvalhos, vidoeiros, azevinhos,castanheiros, pilriteiros e muitas outras espécies de flora.
C
riado em 1983, o Parque Natural do Alvão - uma áreaprotegida relativamente pequena entre os concelhos de VilaReal e Mondim de Basto - é um refúgio fulcral para váriasespécies. Outrora, entre as zonas mais elevadas do sistemamontanhoso do Alvão e do Marão, era possível avistar comfrequência a emblemática águia-real, hoje praticamenteextinta. Actualmente, subsistem no interior do parque diversasespécies faunísticas, típicas de montanha. É o caso do lobo,do gato-bravo, da toupeira-de-água e do falcão-peregrino,entre outras.
 
À
medida que subimos pela serra, desencantam-se valesprofundos, com pequenos retalhos verdes em socalcos,característica da paisagem rural desta área protegida. Autilização dos lameiros pelo gado maronês é outras dasparticularidades associadas às pequenas comunidades demontanha. A criação desta raçaé, aliás, uma das actividadeseconómicas mais importantesdas populações da região.
A
o fim do dia, as silhuetasmontanhosas que constituem oAlvão e o Marão delimitam o parque. Numa zona de transição incerta, de um lado, a Ocidente,fica a região do Douro e do Minho; do outro, a Leste, estão asterras longínquas de Trás-os-Montes, que, como o próprionome indica, era outrora sinónimo de distância e isolamento.
N
a aldeia de lamas de olo não há pressas e os dias passamdevagar. O recolher do gado ao fim do dia é uma das tarefasrurais, a par de muitas outras, como as malhas do centeio, domilho e do feijão, as desfolhadas e as vessadas (em que seprepara a terra para as próximas sementeiras). A matança doporco, a confecção do fumeiro eo fabrico do pão completam odia-a-dia dos seus habitantes.
P
rotegida pela encosta daserra, a aldeia de Fervençarecebe os últimos raios de sol deum dia de Inverno. Aqui e nasaldeias de Lamas de Olo, Ermelo e Barreiro ainda é possível encontrar casas tradicionaisconstruídas em xisto, colmo e granito, muitas das quais recuperadas com a colaboração dosserviços do Parque Natural.
C
omo que numa corrida desenfreada, os cursos de água daszonas mais elevadas do parque correm por entre gargantas evales apertados. Alguns acabam parte do seu percurso emprecipício, como é o caso da queda de água do Moinho deGalegos da Serra ou, como é mais conhecida nessasparagens, as Fisgas do Ermelo. Esta última, com um desnívelvertiginoso de cerca de 250 metros e uma beleza singular,algo misteriosa, é o símbolo do parque, pelo que constitui umadas paragens obrigatórias para quem visita o Alvão pelaprimeira vez.
Guia de ViagemComo ir 
 
O Parque Natural do Alvão localiza-se no Norte de Portugal, no distritode Vila Real, e abrange os concelhos de Mondim de Basto e Vila Real. Para lá chegar terá detomar a IP4 e depois a EN 304 que liga Vila Reala Mondim de Basto e que atravessa todo o parque. De Lisboa a Vila Real são cerca de 400 km;Porto-Vila Real, 116 km; Faro -Vila Real, 660 km. De Vila Real a Mondim de Basto são 33 km.
 
Informações úteis
Antes de se deslocar ao Parque Natural do Alvão, e dado que se tratade uma área natural, aconselhamo-lo a programar a sua viagem. A reserva dealojamento no interior do Alvão deve ser feita com alguma antecedência.Existem vários livros e guias que podem ajudá-lo a preparar melhor a sua viagem. Para tal,pode contactar com a sede do Parque Naturaldo Alvão (Largo dos Freitas, 5000-528 Vila Real, Tel.: 259 302830; Fax: 259 302831; E-mail:pnal@icn.pt), a delegação em Mondim de Basto (Lugar do Barrio, Sítio do Retiro, 4880-164Mondim de Basto, Tel.: 255 381209) e o Centro de Interpretação do Parque Natural do Alvão.Para conhecer melhor os diferentes aspectos que caracterizam o diverso património existentedentro da área do parque, ovisitante pode deslocar-se aoCentro de Interpretação localizadoem Mondim de Basto (Lugar doBarrio - Sítio do Retiro, 4880-164Mondim de Basto, Tel. 255381209)
Cuidados especiais
Porque é uma zona de montanha,a região do Alvão é especialmentefria, mesmo durante a Primavera.Em alturas de mau tempo, comchuva e neve, não se aventure por locais que desconhece. NasFisgas do Ermelo deve ter-se umaatenção redobrada, dado tratar-sede uma zona perigosa, onde jáocorreram alguns acidentes. Procure sempre informar-se antecipadamente junto dos serviçosdo parque. Se pretende caminhar, leve calçado apropriado. Com a utilização de binóculos e aajuda de guias de campo (de fauna e flora) poderá observar e identificar com maior facilidadealgumas das espécies do parque, sobretudo aves.
Onde ficar 
Inúmeros locais permitem ao visitante pernoitar nesta visita ao Parque Natural do Alvão. Aquificam algumas sugestões:Pousada de São GonçaloAmarante - Tel. 255 460 030; Fax: 255 461 353A pousada no Marão é o local ideal para desfrutar das magníficas paisagens da montanha e dovale do Tâmega. Quarto duplo a partir de € 92 (domingo a segunda) e de €101 (de sexta asábado), incluindo pequeno-almoço.Casa da CalçadaLargo do Paço, 6, 4600-017 Amarante,Tel. 255 410 830; reservas@casadacalcada.com; www.casadacalcada.com

Activity (10)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Diana Mangaz liked this
Diana Mangaz liked this
Hugo Silva Silva liked this
Marta Sofia liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->