Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Aula-5_Artigo-Científico.

Aula-5_Artigo-Científico.

Ratings: (0)|Views: 35|Likes:
Published by tchixa

More info:

Published by: tchixa on May 13, 2014
Copyright:Traditional Copyright: All rights reserved

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/13/2014

pdf

text

original

 
1
V. O ARTIGO CIENTÍFICO COMO MODALIDADE DE TRABALHO ACADÊMICO
1. Definição e tipos.2. Elementos estruturais de um artigo científico: pré textuais; textuais e pós textuais.3. Regras da ABNT para o desenvolvimento do artigo científico.4. Estruturação e formatação de um artigo científico.
Profa.Leozenir Mendes Betim, MSc.
 1
 
ARTIGOARTIGOARTIGOARTIGO
Profa. Leozenir Mendes Betim, MSc 
.
 Artigo científico
: Parte de uma publicação comautoria declarada, que apresenta e discuteidéias, todos, cnicas, processos eresultados nas diversas áreas do conhecimento;
 Artigo original
: Parte de uma publicação queapresenta temas ou abordagens originais.
 Artigo de revisão
: Parte de uma publicaçãoque resume, analisa e discute informações jápublicadas;
ABNT (NBR 6022, 2003, p.2)
Artigo
2
 Estudo que trata de uma questão científica,apresenta o resultado de
 uma pesquisa
. Tipode comunicação científica que objetiva divulgarinformões a respeito de uma pesquisa.
(MARCONI; LAKATOS, 2005; SECAF, 2000).
 Trabalhos a serem publicados em eventos eperiódicos especializados, devendo serorganizados conforme as normas do mesmo
(SECAF, 2000; TEIXEIRA, 2005).
(LEHFELD, 2007)
Artigo
3
PESQUISA CIENTÍFICA
 Pesquisa:
 Busca ou procura;
 É buscar resposta para alguma coisa;
 Em se tratando de ciência a pesquisa busca asolução a um problema que alguém queiriasaber a resposta;
 É portanto o caminho para se chegar a ciência,ao conhecimento.
PROBLEMAPESQUISAINOVAÇÃO
4
INICIATIVA PESQUISACRIATIVIDADE E OUSADIA
PESQUISA CIENTÍFICA
Profissional diferenciado que corresponde às expectativas do mercado
5
SIGA NORMAS DE FORMATAÇÃOTENHA PODER DE SÍNTESEAPRESENTE OS RESULTADOS
RECEITA PARA UM BOM ARTIGO
ARTIGO CIENTÍFICO
6
 
2
LINGUAGEM CIENTÍFICA DO ARTIGO
 O artigo se caracteriza por ser um trabalhoextremamente sucinto, exige-se que tenhaalgumas qualidades:
 Linguagem correta e precisa;
 Coerência na argumentação;
 Clareza na exposição das idéias;
 Objetividade;
 Concisão ;
 Fidelidade às fontes citadas
7
LINGUAGEM CIENTÍFICA DO ARTIGO
Impessoalidade:
 redigir o artigo na 3ª pessoado singular;
Objetividade:
 a linguagem objetiva deve afastaras expressões:
 “eu acho”; “eu penso
. Essasexpreses o margem a interpretaçõessimplórias e sem valor científico;
Estilo científico:
 a linguagem cienfica éinformativa, de ordem racional, firmada em dadosconcretos, onde pode-se apresentar argumentosde ordem subjetiva, porém dentro de um ponto devista científico.
 (PÁDUA, 1996)
8
 
LINGUAGEM CIENTÍFICA DO ARTIGO
Vocabulário técnico
: a linguagem científica serve-se dovocabulário comum, utilizado com clareza e precisão;
 Correção gramatical:
 é indispensável, onde deve-seprocurar relatar a pesquisa com frases curtas, evitandomuitas orões subordinadas, intercaladas comparênteses, num único parágrafo.
O uso de parágrafos deve ser dosado na medidanecessária para articular o raciocínio. Toda vez que se dáum passo a mais no desenvolvimento do raciocínio, muda-se o parágrafo.
9
LINGUAGEM CIENTÍFICA DO ARTIGO
Os recursos ilustrativos como gráficosestatísticos, figuras devem ser criteriosamentedistribuídos no texto;
Utiliza-se o verbo no tempo passado e na formaimpessoal, pois descreve o que foi feito
(selecionou-se, pretendeu-se.....)
10
COMO COMEÇAR A ESCREVER UM ARTIGO?
Antes eu preciso saber............
O QUE EU VOU PESQUISAR ?
12
 
3
DICAS DE COMO COMEÇAR
 Um aspecto ou uma área de interesse doassunto que se deseja provar ou desenvolver;
 Assunto interessante para o pesquisador;
 Originalidade não é pré-requisito;
Fontes de assuntos: vivência diária, questõespolêmicas, reflexão, leituras, conversações,debates, discussões;
13
DICAS DE COMO COMEÇAR
Selecionar trabalhos de interesse daquelesresultantes da busca realizada;
 Eliminar trabalhos semelhantes de mesmosautores;
Eliminar fontes difíceis de encontrar (anais decongresso internacionais, revistas inacessíveis);
 Ler os títulos e resumos e eliminar os trabalhosnão relevantes para o seu artigo;
Interessante começar os trabalhos mais recentese retroceder;
 14
Estabelecer uma prioridade de leitura;
Não queira ler tudo.....
15
 
DICAS DE COMO COMEÇAR
Apresentar
 o problema abordado e ajustificativa
 da importância do assunto,deixando muito claro o
 objetivo geral doartigo
.
Determinar
 palavras-chaves
 referentes à suapesquisa;
De 3 a 5 palavras
16
a) Problema
 O tema é o assunto geral que é abordado napesquisa e tem caráter amplo.
 O problema focaliza o que vai ser investigadodentro do tema da pesquisa.
 É necessário esclarecer o que é uma
problemática e um problema.
 Uma problemática pode ser considerada comoa colocação dos problemas que se pretenderesolver dentro de um certo campo teórico eprático.
17
a) Problema
 Um mesmo tema (ou assunto) pode serenquadrado em problemáticas diferentes.
EX
:
 A industrialização de Ponta Grossa pode serenquadrada em problemáticas de Economia,Administração, entre outras.
 O problema não surge do nada, mas é fruto deleitura e/ou observação do que se deseja pesquisar.
A formulação mais frequente de um problema naliteratura sobre metodologia de pesquisa ocorre, demaneira geral, em forma de uma
 questão ouinterrogação.
Reflexão
18

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->