Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Martinho, Pobre e Humilde

Martinho, Pobre e Humilde

Ratings: (0)|Views: 37 |Likes:
Das Cartas de Sulpício Severo
(Epist. 3,6.9-10.11.14-17.21: SCh 133,336-344)
(Séc. V)
Martinho, pobre e humilde
Martinho soube com muita antecedência o dia da sua morte e comunicou aos irmãos estar iminente a dissolução de seu cor­po. Entretanto, surgiu a necessidade de ir à diocese de Candax, pois os eclesiásticos desta Igreja estavam em discórdia. Dese­jando restabelecer a paz, embora não ignorasse o fim de seus dias, não recusou partir, julgando que seria um excelente fecho de suas obras deixar a Igreja em paz.
Das Cartas de Sulpício Severo
(Epist. 3,6.9-10.11.14-17.21: SCh 133,336-344)
(Séc. V)
Martinho, pobre e humilde
Martinho soube com muita antecedência o dia da sua morte e comunicou aos irmãos estar iminente a dissolução de seu cor­po. Entretanto, surgiu a necessidade de ir à diocese de Candax, pois os eclesiásticos desta Igreja estavam em discórdia. Dese­jando restabelecer a paz, embora não ignorasse o fim de seus dias, não recusou partir, julgando que seria um excelente fecho de suas obras deixar a Igreja em paz.

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/07/2013

pdf

text

original

 
Próprio dos Santos – 11 de NovembroSÃO MARTINHO, BISPO
 Memória
 Nasceu na Panônia cerca do ano 316, de pais pagãos. Depois de receber o batismo e de renunciar à carreira militar, fundou um mosteiro em Ligugé(França), onde levou vida monástica sob a direção de Santo Hilário. Foi de- pois ordenado sacerdote e, mais tarde, eleito bispo de Tours. Foi modelo in-signe de bom pastor. Fundou outros mosteiros, dedicou-se à formação doclero e à evangelização dos pobres. Morreu no ano 397.
Segunda leitura
Das Cartas de Sulpício Severo
(Epist. 3,6.9-10.11.14-17.21: SCh 133,336-344)
(Séc.
V
)
 Martinho, pobre e humilde
Martinho soube com muita antecedência o dia da sua mortee comunicou aos irmãos estar iminente a dissolução de seu cor- po. Entretanto, surgiu a necessidade de ir à diocese de Candax, pois os eclesiásticos desta Igreja estavam em discórdia. Dese- jando restabelecer a paz, embora não ignorasse o fim de seusdias, não recusou partir, julgando que seria um excelente fechode suas obras deixar a Igreja em paz.Demorou-se por algum tempo na aldeia e na Igreja aondefora, e a paz voltou para os clérigos. Quando já pensava em re-gressar ao mosteiro, começaram de repente a faltar-lhe as for-ças e, chamando os irmãos, disse-lhes que ia morrer. Diantedisto todos se entristeceram grandemente, chorando e dizendo,a uma só voz: “Por que, pai, nos abandonas? A quem nos entre-gas, desolados? Lobos vorazes invadem teu rebanho; quem, fe-rido o pastor, nos livrará de seus dentes? Sabemos que desejasa Cristo, mas teus prêmios já estão seguros e não diminuirãocom o adiamento! Tem compaixão de nós, a quemdesamparas!”Comovido com estas lágrimas, ele que sempre possuíra en-tranhas de misericórdia, também chorou, segundo contam.Voltando-se então para o Senhor, respondeu aos queixosos so-

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->