Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
195Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Terceirização: vantagens e desvantagens para as organizações empresariais

Terceirização: vantagens e desvantagens para as organizações empresariais

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 41,295 |Likes:
Aborda sobre a terceirização nas organizações empresariais. Apresenta-se a história da terceirização, seus conceitos e fundamentos. Destaca os conceitos e características da terceirização nas organizações empresariais. Enfim, aborda-se as vantagens e desvantagens do processo de terceirização, pontos importantes que envolvem este estudo, focalizando, sobremaneira, os efeitos desse processo para as organizações empresariais. O processo de terceirização é uma ação administrativa coesa com a realidade do mercado, assim, deve ter em mente o correto conceito do que é terceirizar, e o que deve ser terceirizado dentro de uma empresa Nesta perspectiva, o presente estudo tem por objetivo apresentar uma revisão bibliográfica acerca das vantagens e desvantagens da terceirização para as organizações empresariais. A proposta metodológica que colaborou com este estudo foi uma pesquisa bibliográfica, onde foram coletados através de leituras de livros que abordem o tema, bem como sites em internet, monografias, dissertações, artigos de revistas especializadas, etc.
Aborda sobre a terceirização nas organizações empresariais. Apresenta-se a história da terceirização, seus conceitos e fundamentos. Destaca os conceitos e características da terceirização nas organizações empresariais. Enfim, aborda-se as vantagens e desvantagens do processo de terceirização, pontos importantes que envolvem este estudo, focalizando, sobremaneira, os efeitos desse processo para as organizações empresariais. O processo de terceirização é uma ação administrativa coesa com a realidade do mercado, assim, deve ter em mente o correto conceito do que é terceirizar, e o que deve ser terceirizado dentro de uma empresa Nesta perspectiva, o presente estudo tem por objetivo apresentar uma revisão bibliográfica acerca das vantagens e desvantagens da terceirização para as organizações empresariais. A proposta metodológica que colaborou com este estudo foi uma pesquisa bibliográfica, onde foram coletados através de leituras de livros que abordem o tema, bem como sites em internet, monografias, dissertações, artigos de revistas especializadas, etc.

More info:

Published by: Gerisval Alves Pessoa on Nov 14, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/20/2013

pdf

text

original

 
TERCEIRIZAÇÃO:
vantagens e desvantagens para as organizações empresariais
1
Auristela Carvalho Campos
2
Gerisval Alves Pessoa (Orientador)RESUMO
O presente artigo versa sobre a terceirização nas organizações empresariais. Apresenta-se ahistória da terceirização, seus conceitos e fundamentos. Destaca os conceitos e característicasda terceirização nas organizações empresariais. Enfim, aborda-se as vantagens e desvantagensdo processo de terceirização, pontos importantes que envolvem este estudo, focalizando,sobremaneira, os efeitos desse processo para as organizações empresariais. O processo deterceirização é uma ação administrativa coesa com a realidade do mercado, assim, deve ter emmente o correto conceito do que é terceirizar, e o que deve ser terceirizado dentro de umaempresa Nesta perspectiva, o presente estudo tem por objetivo apresentar uma revisão bibliográfica acerca das vantagens e desvantagens da terceirização para as organizaçõesempresariais. A proposta metodológica que colaborou com este estudo foi uma pesquisa bibliográfica, onde foram coletados através de leituras de livros que abordem o tema, bemcomo sites em internet, monografias, dissertações, artigos de revistas especializadas, etc.Palavras-chave: Terceirização. Vantagens. Desvantagens. Organizações Empresariais.
1 INTRODUÇÃO
Sobre terceirização e todo o assunto que ronda a atual economia global, cabesalientar a sua retrospectiva, seu nascimento histórico, bem como toda a evolução daeconomia mundial que gerou um grande processo de transformação do pensamentoorganizacional das instituições públicas e privadas.Uma nova visão trabalhista surgiu, distanciando cada vez mais o trabalhador do produto final, devido à produção em larga escala e dividida em etapas. Essa divisão foi umdos fatores contribuintes para despertar a economia aos novos rumos e novas estratégias demercado, fazendo com que os dirigentes almejassem por uma mudança nas estruturas das
1
Artigo apresentado ao Curso de Pós- Graduação em Gestão Estratégica de Pessoa da Faculdade AtenasMaranhense – FAMA, tendo como orientador Prof. Gerisvaldo Alves Pessoa.
2
Bacharel em Administração Pública na Faculdade São Luís e Pós-Graduada em Gestão Estratégica de Pessoasda Faculdade Atenas Maranhense – FAMA, e-mail: stelaa5@hotmail.com
 
relações trabalhistas. O outro fator que legitima e induz o empresariado a se adequar aomercado é a globalização da economia, que impulsiona toda e qualquer organização a tornar-se mais ágil, mais propensa a tomadas de decisões precisas.Contudo, os dirigentes observando modificações econômicas e visando manter-seno mercado competitivo, encontra na terceirização, um alicerce para suas estratégiasempresariais, consubstanciadas em parcerias, que hoje fazem parte da engrenagem de toda equalquer atividade gerencial.A terceirização é importante para deixar a empresa mais ágil, voltada para suamissão e competitividade, mas traz alguns riscos quando os processos são implantados demodo incorreto.O bom atendimento ao cliente é outra estratégia gerencial que não deve fugir dosobjetivos da empresa. E nisso observa-se que a prática da terceirização, desde que bemdifundida, oferece em todos os âmbitos, desde a implantação até os resultados, umaabrangência na satisfação de gestores, como redução de custos, dinamismo na produção, nãorelação trabalhista e na satisfação do cliente como excelência no atendimento, oferta de produtos de qualidade, entre outros.Sabendo que a globalização é fator predominante para a economia, surge aterceirização como “Técnica de administração do 3º milênio” (QUEIROZ, 1998, p.23), oucomo um “processo de gestão pelo qual se repassa alguma atividade para terceiros – com osquais se estabelece uma relação de parceria – ficando a empresa concentrada apenas emtarefas essencialmente ligadas ao negócio que atua” (GIOSA, 1999, p.14.), diante do discurso,amplamente, debatido sentiu-se necessidade de estudar o tema abordado para que fosse possível um maior conhecimento das vantagens e desvantagens da terceirização para asorganizações. Nesta perspectiva, o presente estudo tem por objetivo apresentar uma revisão bibliográfica acerca das vantagens e desvantagens da terceirização para as organizaçõesempresariais.A proposta metodológica que colaborou com este estudo foi uma pesquisa bibliográfica que “[...] constitui o ato de ler, selecionar, fichar, arquivar tópicos de interesse para a pesquisa em pauta” (ARANTES apud
 
FACHIN, 2002, p.125), onde foram coletadosem livros, mídias impressas especializadas e documentos eletrônicos.
 
2 TERCEIRIZAÇÃO: HISTÓRIA, CONCEITOS E FUNDAMENTOS2.1 Evolução histórica da terceirização
Em um período de rápidas transformações tecnológicas, sociais, políticas eeconômicas surgem novas relações trabalhistas nas empresas; estratégias que aguçam acompetitividade do mercado, bem como diversos fatores que fluem, de forma que aorganização estática acaba sendo atropelada pela avalanche de acontecimentos queimpulsionam uma dada organização a se sobrepor a outras, gerando assim, a falência dediversas empresas, decorrente da não adaptação ao novo estilo de mercado globalizado,terceirizado e tecnológico. No mundo, a terceirização obteve um rápido crescimento, a melhora do ambienteeconômico internacional reflete-se positivamente no comércio internacional que favorece aeconomia, dobrando o Produto Interno Bruto (PIB), impulsionado pelos acordos regionais decomércio, pelas estratégias de terceirização, pela busca da competitividade e pela conquista daunificação de mercado, através da globalização (LACERDA, 2004).Para Moraes (2003), essa prática já difundida desde os séculos XVIII e XIX, temraízes bem mais profundas na História, do escambo ao surgimento da moeda que a idéia desegmentar as atividades encontrou plenitude. Outro fator preponderante para a inserção daterceirização na economia, foi o desenvolvimento natural das relações trabalhistas, que gerouuma nova divisão do trabalho que não tinha em si a busca pela eficiência e ampliação demercado e deram lugar à comodidade e exploração, onde as relações mantidas pelo capital e pelo trabalho eram caracterizadas por um mercantilismo, e mais tarde por um capitalismo predatório ao trabalhador.Em meados da década de 40, esta técnica foi largamente utilizada pelos paíseseuropeus que participaram da Segunda Guerra Mundial, para a produção de armamentos.Assim, por estar sobrecarregada e sem condições de atender à demanda, a indústria bélicainiciou o processo de transferência de serviços a terceiros, que seriam contratados para dar suporte ao aumento da produção de uniformes militares, armas leves e pesadas, munição,navios, aviões e tanques de guerra (NASCIMENTO FILHO, 2001). No Brasil, imperava o regime militar que impossibilitava inovações no setor datecnologia da informação. O mercado nacional manteve-se fechado no início do século XIXnas décadas de 1960, 1970 e 1980, o que ocasionou um tardio desenvolvimento econômico,

Activity (195)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Willian Frc liked this
Willian Frc liked this
Bebel Penz liked this
Alysson Prado liked this
Taíla Andrade liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->