Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
213Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PROTOCOLOS MICROBIOLOGIA

PROTOCOLOS MICROBIOLOGIA

Ratings: (0)|Views: 25,048 |Likes:
Published by naghetini

More info:

Published by: naghetini on Nov 17, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/21/2013

pdf

text

original

 
Universidade Federal do Triângulo MineiroDepartamento de Ciências BiológicasDisciplina de Microbiologia AplicadaRelatório de Prática
PREPARO DE MEIOS DE CULTURA E DEMATERIAIS NO LABORATÓRIO DEMICROBIOLOGIA
Marcus Vinicius Naghetini dos SantosRafaella Kizzy Inácio dos ReisUberaba, novembro/2009
 
OBJETIVO
Preparo de meios de cultura e materiais para elaboração de práticas no laboratóriode Microbiologia.
INTRODUÇÃO
Em um laboratório de microbiologia, é importante que existam equipamentos enormas para proporcionar segurança e exatidão nos resultados. Para isso, segundo aANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), são precisos equipamentos mínimospara seu funcionamento adequando, como: estufa bacteriológica, forno de Pasteur,autoclave, microscópio binocular, centrifugador de baixa rotação, homogeneizador, banho-maria de pequena dimensão, destilador para água, balança para tarar tubos, balançacomum com uma ou duas casas decimais, bico de Bunsen, geladeira e capela de fluxolaminar.Com estes equipamentos, pode-se então dar início à prática de microbiologia, semriscos de contaminação e com segurança.
MATERIAIS E MÉTODOS
Foram utilizados os seguintes equipamentos:AutoclavePapel pardoBarbantePipetasBalão de fundo chatoBalança de precisãoEspátula de madeiraMeio de cultura sólidoÁgua destiladaPlaca de PetriTubo de ensaioBico de BunsenFita crepe termossensívelPonteiras descartáveis
Preparação dos meios de cultura
Foram preparados os meios de cultura: ágar MacConkey, ágar Mueller-Hinton, ágar manitol, meio SIM, ágar Uréia e ágar sangue.Na preparão do ágar MacConkey, preparou-se 500mL de ágar com umaconcentração de 51,5g/L. Para isso, pesou-se 25,75g de meio de cultura sólido em umabalança de precisão, com o auxílio de uma espátula de madeira. Essa quantidade foiadicionada a um balão de fundo chato e, então, adicionou-se 500mL de água destilada. Opreparado foi homogeneizado, lacrado e autoclavado. Na retirada, o meio estava a 121ºC,sendo resfriado em água corrente, até 45ºC. Posteriormente, este foi adicionado a placasde Petri para solidificação. O bico de bunsen foi utilizado para a retirada de possíveisbolhas no meio.Os demais meios de cultura foram preparados á semelhança do anterior, porémcom concentrações diferentes:Ágar Mueller-Hinton: 500 mL à concentração de 36g/L.Ágar manitol: 500 mL à concentração de 111g/L.
 
Meio SIM: 100 mL à concentração de 30g/L.Ágar Uréia: 95 mL à concentração de 25,2g/L.Ágar sangue: 800 mL à concentração de 40g/L à 5% de sangue humano
Processo de autoclavagem
Foi utilizado invólucro de papel pardo, para envolver pipetas, ponteiras, tubos deensaio e o gargalo do balão de fundo chato. Identificou-se o material com fita crepetermossensível, o nome dos meios de cultura e os volumes das pipetas. Estes foramlacrados com barbante. Em seguida adicionou-se água destilada para cobrir a resistênciada autoclave e, posteriormente, inseriu os materiais na autoclave. Esta foi fechada eligada durante 30 minutos a 121ºC. Após esse tempo, aguardar a saída do vapor ediminuição da pressão, abrindo a autoclave e retirando os materiais com cuidado.
http://www2.phoenix.ind.br/?id=474
RESULTADOS E DISCUSSÃO
Após a solidificação dos meios, estes são armazenados, podendo ser utilizadospara culturas e em prova bioquímicas para análise de microrganismos.Os equipamentos autoclavados estao prontos para serem utilizados, com umacapacidade de armazenamento de até 15 dias.Segundo o manual da ANVISA “Segurança e Controle de Qualidade no Laboratóriode Microbiologia Clínica”, todos os materiais e resíduos do laboratório deverão ser descontaminados antes de serem utilizados e descartados através de um método dedescontaminação aprovado, como a esterilização por calor úmido (autoclave). Outrasmedidas para diminuir os riscos no laboratório referem-se, principalmente, a:Pipetagem: É contra-indicada a pipetagem, com a boca, de material clínico(sangue, liquor, urina, etc.) ou de suspensões bacterianas. Deve-se utilizar, sempre quepossível, pipetas automáticas ou bulbos de borracha;Flambagem de Alça Bacteriológica: Deve ser feita através de chama, que deveestar entre o manipulador e a alça, sempre que for feito a manipulação de materialbiológico ou durante transferência de massa bacteriana;Disseminação de Esporos de Fungos: Ao se trabalhar com fungos, particularmenteos filamentosos, recomenda-se o uso de cabines biológicas.

Activity (213)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Fernando Betim liked this
Elita Scio liked this
rubriqueia liked this
Lilliam Paes liked this
Tati Mendonça liked this
Dani E Gui liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->