Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
3Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Exame OAB 2008-2 Prova Prático Profissional - Direito do Trabalho

Exame OAB 2008-2 Prova Prático Profissional - Direito do Trabalho

Ratings: (0)|Views: 1,982|Likes:
Published by Ju-X
Exame OAB 2008-2 Prova Prático Profissional - Direito do Trabalho
Exame OAB 2008-2 Prova Prático Profissional - Direito do Trabalho

More info:

Published by: Ju-X on Nov 18, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

10/31/2011

pdf

text

original

 
UnB/CESPE – OAB
Direito do Trabalho
Exame de Ordem 2008.2Prova Prático-Profissional1
D
IREITO DO
T
RABALHO
PEÇA PROFISSIONAL
Marcelo Santos, brasileiro, solteiro, portador da CTPS 2.222 e do CPF 001.001.001-01, residentee domiciliado na rua X, casa 1, cidade Nova, funcionário da empresa Chuva de Prata Ltda. desde 20 deabril de 2000, exercia a função de vigia noturno, cumprindo jornada de trabalho das 19 h às 7 h do diaseguinte, e, em razão do trabalho noturno, recebia o respectivo adicional. A partir de 20/12/2006, aempresa, unilateralmente, determinou que Marcelo trabalhasse no período diurno, deixando de pagarao funcionário o adicional noturno. Em setembro de 2007, Marcelo foi eleito membro do conselho fiscaldo sindicato de sua categoria profissional. Em 5 de janeiro de 2008, a empresa Chuva de Prata Ltda.demitiu Marcelo sem justa causa e efetuou o pagamento das verbas rescisórias devidas. Marceloingressou com uma reclamação trabalhista contra a empresa, pleiteando, além de sua imediatareintegração, sob o argumento de que gozava da estabilidade provisória prevista nos arts. 543, § 3.º,da CLT e 8.º, VIII, da Constituição Federal, o pagamento do adicional noturno que receberaininterruptamente por mais de cinco anos, bem como a nulidade da alteração de sua jornada.
 Na condição de advogado(a) da empresa Chuva de Prata Ltda., redija a peça processual adequada à situação hipotética apresentada,expondo os fundamentos legais pertinentes e o entendimento da jurisprudência do TST a respeito do fato.
   N   ã  o    u   t   i   l   i   z  e   e  s   t  e   e  s   p  a  ç   o
  e   m    n  e   n   h   u   m  a    h   i   p   ó   t  e  s  e   !

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Rosana Gomes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->