Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Pesquisa Global sobre Bem Estar no Trabalho - 2009

Pesquisa Global sobre Bem Estar no Trabalho - 2009

Ratings: (0)|Views: 1,943|Likes:
PORTUGUESE: Sumário Executivo da versão 2009 da "Pesquisa sobre Estratégias de Promoção Global de Saúde no Trabalho e Bem-estar" elaborada pela Buck Consultants
PORTUGUESE: Sumário Executivo da versão 2009 da "Pesquisa sobre Estratégias de Promoção Global de Saúde no Trabalho e Bem-estar" elaborada pela Buck Consultants

More info:

Published by: Eder Carvalhaes da Costa e Silva on Nov 23, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/10/2013

pdf

text

original

 
[
inteligência essencial
]
PESQUISAS BUCK
TRABALHANDO BEM:Uma pesquisa global de estratégiasde Promoção Global de Saúde noTrabalho e Bem-estar
SUMÁRIO EXECUTIVO
 
TRABALHANDO BEM 2009
 
1
© 2009 Buck Consultants, LLC. Todos os direitos reservados.
TRABALHANDO BEM 2009
 
SUMÁRIO EXECUTIVO
Panorama geral
Pelo terceiro ano consecutivo, a pesquisa da Buck Consultants intitulada
TRABALHANDO BEM: Umapesquisa global de estratégias de Promoção Global de Saúde no Trabalho e Bem-estar 
investigaas tendências emergentes em programas de bem-estar e promoção de saúde patrocinados por empregadores. Ao explorar áreas como estratégia, elaboração, objetivos, incentivos, mensuração,avaliação e comunicação dos programas, essa pesquisa busca insights sobre como empregadores detodo o mundo implementam e avaliam iniciativas estratégicas de bem-estar. A pesquisa de 2009 avaliatambém o impacto da atual crise econômica sobre as iniciativas de bem-estar mantidas pelosempregadores.Este ano, 1.103 organizações de 45 países, representando mais de 10 milhões de funcionários,responderam a pesquisa. O questionário da pesquisa foi oferecido on-line, em 10 idiomas. A participaçãofoi de profissionais de nível sênior ou médio, com responsabilidade pela estratégia corporativa de saúdeou bem-estar.
O que é bem-estar no trabalho?
O termo "bem-estar" não é definido ou usado de maneira consistente em todo o mundo. Nadefinição para este relatório, bem-estar refere-se a programas elaborados para aprimorar asaúde e o conforto físico e psicológico dos funcionários (e suas famílias) com o intuito demelhorar o desempenho organizacional e reduzir custos. Normalmente, programas de bem-estar lidam com comportamentos e fatores de risco à saúde específicos, como uma dieta ruim, falta deatividade física, stress, obesidade e o fumo. Tais fatores comumente causam sérios e carosproblemas de saúde e têm um impacto negativo sobre a produtividade da força de trabalho.Programas de bem-estar aumentam a conscientização, proporcionam informações econhecimento, além de outros incentivos que encorajam os funcionários e suas famílias a adotar estilos de vida mais saudáveis. Essas iniciativas têm mais sucesso em um ambiente de trabalhoque promove e apóia a saúde e o bem-estar.Programas de bem-estar também podem ajudar a reduzir a incidência e a gravidade de malescrônicos como asma, diabetes e doenças cardíacas. Muitas vezes os empregadores fazem aintegração de suas iniciativas de bem-estar com programas de gestão de doenças crônicas a fimde proporcionar um suporte contínuo para um estilo de vida saudável.Programas de promoção de saúde, melhoria de saúde, saúde e conforto físico, e prevenção dedoenças são outros termos utilizados para dizer "bem-estar". Este relatório de pesquisa usa ostermos bem-estar e promoção de saúde como sinônimos.
Prevalência de programas
Embora a maioria dos empregadores ofereça (ou apóie localmente, nas suas comunidades) pelo menosum programa de promoção da boa saúde da sua força de trabalho, estratégias de bem-estar documentadas não são universalmente adotadas. 64% (sessenta e quatro porcento) das 1.103organizações que participaram da pesquisa indicaram que têm uma estratégia de bem-estar (umaumento, considerando-se os 60% do ano passado e os 40% de 2007). Entretanto, dois terços dosempregadores que têm uma estratégia de bem-estar não a implementaram completamente.Entre os empregadores multinacionais (organizações que empregam trabalhadores em múltiplos países),41% têm uma estratégia global e 48% têm propriedade e responsabilidade pelo bem-estar centralizadasglobalmente, um aumento expressivo em relação aos 22% do ano passado.

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Amanda Rodrigues liked this
Daiani Rodrigues liked this
1234ancora liked this
Dermeval Franco liked this
grosenberg liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->