Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
35Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Efeito Do Treinamento Com a plataforma Vibratória

Efeito Do Treinamento Com a plataforma Vibratória

Ratings: (0)|Views: 8,073|Likes:
Published by Alen_D

More info:

Published by: Alen_D on Nov 25, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/31/2013

pdf

text

original

 
R. bras. Ci. e Mov. 2007; 15(3): 103-113
A
rtigo
 
d
evisão
eio o trinmno com Pormvibróri
ec o trining wih vibróry Porm
BATISTA, M. A. B.; WALLERSTEIN, L. F.; DIAS, R. M.; SILVA, R. G.; UGRINOWITSCH, C.;TRICOLI, V. Eeitos do Treinamento com Plataormas Vibratórias
R. bras. Ci e Mov.
2007;15(3): 103-113;.
r
esumo
: Esta revisão de literatura teve como objetivo dispor inormações sobre as adaptaçõesproduzidas pelo treinamento de vibração quando realizado através de plataormas vibratórias.Em consulta a base de dados Medline encontramos 25 artigos originais sobre o tema. Apósuma análise criteriosa desses estudos constatamos que grande parte deles oi realizada comdelineamento experimental inapropriado. Sendo assim, 13 artigos oram excluídos e, estarevisão oi baseada em 12 estudos. Em relação aos eeitos agudos e crônicos da vibração em jovens encontramos resultados controversos, o que nos permite armar que ainda não existemdados sucientes na literatura que comprovem a eciência dessa estratégia nessas condições.Por outro lado, em se tratando da população idosa, parece que o treinamento de vibração podemelhorar o equilíbrio, a agilidade e a marcha. Além disso, o treinamento de vibração pode sertão eciente quanto o treinamento de orça convencional na melhora da orça e da potência.No entanto, essas conclusões ainda não podem ser consideradas denitivas, uma vez que essesresultados oram encontrados em apenas dois estudos.
Palavras-chave
: Treinamento de Vibração, Treinamento de orça, Desempenho, Idoso.BATISTA, M. A. B.; WALLERSTEIN, L. F.; DIAS, R. M.; SILVA, R. G.; UGRINOWITSCH, C.;TRICOLI, V. Eects o Training with Vibratórys Platorms.
R. bras. Ci e Mov.
2007; 15(3):103-113.
 a
bstract 
: The purpose o this review was to investigate the adaptations o vibration train-ing using vibration platorms. Literature search was perormed using the Medline database(25 original studies). However, the analysis o the experimental designs revealed that only 12studies met the criteria to be included in our review. Regarding the acute and chronic eectso vibration training in young population, results were controversial and its eciency has yetto be proven under such conditions. On the other hand, in the elderly, it seems that vibra-tion training can improve balance, agility and gait. Moreover, vibration training seems to be asecient as conventional strength training in the improvement o strength and power or thispopulation. However, urther evidence is still needed in order to establish such conclusions,once these results had been ound in two studies only.
Keywords 
: Vibration training, Strength training, Perormance, Elderly.
Muro a. B. Bi
1,2
;liin F. Wrin
1
;R M. di
3
;Rn G. si
1,2
;Cro Ugrinowich
1
;vmor tricoi
1
 
Recebimento:
11/2006
Aceite:
03/2007
Correspondência: Valmor Tricoli – Av. Pro. Mello Moraes, 65 – Cidade Universitária – Butantã, São Paulo, SP – 05508-030 – E-mail: vtricoli@usp.br
1
Escola de Educação Física e Esporte, Universidadede São Paulo. Av. Pro. Mello Moraes, 65. Cid.Universitária, Butantã, São Paulo, SP. CEP: 05508-030.
2
Faculdade de Educação Física, UniversidadePaulista - UNIP. Av. Marquês de São Vicente, 3001.Água Branca, São Paulo, SP. CEP: 05036-040.
3
Faculdade de Saúde Pública, Universidade de SãoPaulo. Av. Dr. Arnaldo, 715. Consolação, São Paulo,SP. CEP: 01255-000.
 
102
R. bras. Ci. e Mov. 2007; 15(3): 103-113
Eeitos do Treinamento com Plataormas Vibratórias
Introdução
Os eeitos prejudiciais da exposição doorganismo humano à vibração produzidapor objetos e máquinas são conhecidos hámuito tempo
14, 16, 19
. Recentemente, porém,oram desenvolvidos aparelhos produtoresde vibração, denominados plataormas vi-bratórias, os quais, segundo seus abrican-tes, são tão eicientes para a reabilitaçãoísica e para a melhora do desempenho í-sico quanto os métodos convencionais deterapia/treinamento ísico. Essas plataormasvibratórias estão se tornando cada vez maispopulares em clínicas isioterápicas e acade-mias de ginástica de vários países.Paralelamente à disseminação das plata-ormas vibratórias, muitos estudos têm sidorealizados para comprovar sua eiciência.Uma busca na base de dados
Medline
, uti-lizando as combinações das palavras-chave:
whole-body vibration
com
exercise
ou
training
,resultou em 25 artigos originais e 5 revisõessobre o tema. Contudo, ao realizarmos amesma busca na base de dados
Bireme
, uti-lizando termos equivalentes em língua por-tuguesa, não encontramos nenhum estudoenvolvendo esse tipo de aparelho. Em razãodisso, acreditamos que a existência das pla-taormas vibratórias e os beneícios de suautilização ainda são pouco conhecidos emnosso país. Assim, esta revisão de literatura tevecomo objetivos apresentar: 1º) os princípiosdo treinamento de vibração por meio deplataormas vibratórias; 2º) evidências cien-tíicas que conirmem os beneícios à saúdee ao desempenho proporcionados pelo usodesse aparelho.Os estudos incluídos nesta revisão sãoprovenientes da pesquisa realizada na basede dados
Medline
anteriormente menciona-da. A busca oi limitada aos campos título/ resumo, não houve restrição de datas e oiinalizada no mês novembro de 2006. Dosresultados oram selecionados 12 estudosoriginais, os quais atenderam os seguintescritérios de seleção: a) o treinamento de vi-bração oi realizado em plataorma vibrató-ria; b) o estudo incluiu grupo controle querealizou os mesmos exercícios que o grupoexposto à vibração, mas não oi submetido àvibração (grupo controle capaz de eliminaro eeito dos exercícios realizados durante aexposição à vibração). A revisão oi dividida em seis seções. Nastrês seções iniciais oram apresentados osconceitos básicos a respeito do treinamentode vibração; nas seções quatro e cinco, osestudos sobre os eeitos agudos e crônicosem jovens; na última seção, os estudos sobreos eeitos crônicos em idosos.
Revisão de Literatura
1. dfnição  ibrção
 Vibração pode ser entendida como o mo-vimento alternado de um corpo sólido emrelação ao seu centro de equilíbrio; ou ainda,como um movimento de característica osci-latória que se repete em torno de uma posi-ção de referência. Um objeto que vibra podedescrever tanto movimentos oscilatórios ale-atórios como movimentos periódicos comformato de ondas (Fig. 1). Os aparelhos devibração confeccionados para o treinamentoe para a reabilitação física produzem vibra-ções constantes em forma de sino (Fig. 2).
Figura 1. Dierentes ormatos de ondas.Adaptada de Komi, P. (2003).Figura 2. Movimento oscilatório constante emorma de sino, produzido pelas plataormasvibratórias.
Em razão dessa orma de oscilação pro-duzir ondas simétricas, é possível quantii-car a intensidade da vibração produzida poresses aparelhos. A intensidade da vibraçãoé determinada através da amplitude das on-das produzidas durante o deslocamento e da
 
103
R. bras. Ci. e Mov. 2007; 15(3): 103-113
BATISTA, M. A. B.,
et. al
reqüência com que os deslocamentos ocor-rem. Normalmente, a amplitude é calculadacomo a metade da dierença entre o maiore o menor valor do deslocamento ocorridodurante a oscilação. No entanto, em algunsestudos se reporta a amplitude total de deslo-camento, ou seja, a dierença entre o menore o maior valor do deslocamento. Em ambosos casos, a amplitude da vibração é reeridaem milímetros (mm). A reqüência de vibra-ção se reere à taxa de repetições dos deslo-camentos, por isso ela é medida em Hertz(Hz), ou seja, em ciclos por segundo (Fig.2)
7, 21
. Como exemplo, quando a plataormavibra com amplitude de 6 mm e reqüênciade 50 Hz, signiica que este aparelho está sedeslocando 6 mm ao redor de um ponto ixo(um eixo) e esse deslocamento se repete 50vezes em um segundo (1 s).
Outra variável utilizada para quantificara intensidade da vibração é a aceleração. Aaceleração imposta por um aparelho vibran-do é determinada pela amplitude e pela fre-qüência das oscilações. Sua magnitude é re-portada em metros por segundo ao quadrado(m·s
-2
) ou em relação ao número de vezesque supera a aceleração gravitacional (g).
 A orma mais coniável de se medir aaceleração produzida por um aparelho éatravés de um acelerômetro. No entanto, aaceleração pode ser calculada pela órmula
 a= (2f)
 2
* d
; onde,
 f 
representa a reqüênciadas oscilações e
d
seu deslocamento
17
. Deacordo com essa órmula, um aparelho pro-duzindo deslocamentos em orma de ondacom reqüência de 30 Hz e amplitude de 4mm produz uma aceleração de 14,48 (m/s
2
),ou 1,47g.
2. aprho prouor  ibrção i-no o rinmno
Existem dierentes tipos de aparelhosde vibração utilizados para o treinamentoe para a reabilitação ísica. Considerando aorma como a vibração é aplicada ao corpohumano, pode-se dierenciá-los em dois ti-pos: os de vibração direta e os de vibraçãoindireta
21, 22
.Os aparelhos de vibração direta são as-sim chamados por serem posicionados emcontato direto com o músculo ou seu ten-dão no momento da aplicação da vibração.Esse tipo de aparelho avorece a aplicaçãoda vibração em um músculo especíico; noentanto, é muito pequena a inluência que avibração produzida por esse aparelho exer-ce sobre os músculos e ossos de outros seg-mentos.Os aparelhos de vibração indireta englo-bam os halteres e as plataormas vibratórias.Em ambos os casos, a exposição à vibraçãose dá pelo contato das extremidades distaisdos segmentos corporais com o aparelhovibratório. Em razão disso, a vibração pro-duzida se propaga por muitos tecidos antesde chegar aos músculos ou ossos que se pre-tende atingir.Os halteres vibratórios são utilizadospara realização de exercícios envolvendo osmembros superiores. Já as plataormas vibra-tórias permitem aplicar à vibração ao corpotodo, uma vez que o sujeito se posicione so-bre ela. Portanto, ao contrário dos aparelhosde vibração direta, estes aparelhos permitemuma inluência mais ampla da vibração, poisavorecem sua dissipação por vários gruposde músculos, órgãos e sistemas.Nesta revisão, o oco será mantido so-bre o uso de plataormas de vibração comométodo de treinamento/terapia. Assim, éconveniente esclarecer que existem dieren-tes tipos de plataormas vibratórias: as quese movimentam verticalmente girando aoredor de um eixo central, as que se movi-mentam verticalmente de maneira uniorme,e as que se movimentam no sentido antero-posterior.
3. vriái qu pom r mnipu norinmno  ibrção
 Já oi mencionado que a oscilação pro-duzida pela plataorma vibratória se propagapara todo o corpo do indivíduo se este es-tiver sobre a mesma. Contudo, as estrutu-ras mais aetadas pela vibração são aquelaslocalizadas anatomicamente mais próximasda plataorma. Além disso, os músculos sãomais aetados pela vibração quanto maiselevado or seu estado de ativação durantea realização do treinamento de vibração
15, 27,36
. Esse conhecimento sugere que a interven-ção com o treinamento de vibração deve sercombinada com alguma orma de exercício/ atividade muscular vigorosa. Apesar disso,na maioria dos estudos disponíveis atual-mente, a vibração oi aplicada enquanto ossujeitos se exercitavam suportando apenaso peso do próprio corpo
11, 12, 25, 32
; enquanto

Activity (35)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Márcia Bueno liked this
NaiaraSouza liked this
Renata Assad liked this
Paula Quinelato liked this
Joseane Souza liked this
Joseane Souza liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->