Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
59Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
8_TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE SEMINÁRIOS

8_TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE SEMINÁRIOS

Ratings: (0)|Views: 23,076|Likes:
Published by api-19736442

More info:

Published by: api-19736442 on Nov 29, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
TÉCNICAS PARA ELABORAÇÃO DE SEMINÁRIOS1. A ELABORAÇÃO DE SEMINÁRIOS
O Seminário constitui uma das técnicas mais eficientes de aprendizagem, quandoconvenientemente elaborado e apresentado. É preciso ressaltar que o Seminário não selimita à elaboração do resumo de um texto e sua apresentação oral, quase sempreimprovisada e motona, diante de uma classe desatenta, alheia ao conteúdo daexposição.Para que o seminário surta os efeitos desejados, que inclui o treinamento dotrabalho em grupo, quando essa modalidade é adotada, torna-se indispensável oconhecimento da sua natureza e finalidade, bem como das técnicas de elaboração eapresentação.1.1 SEMINÁRIO: CONCEITO E FINALIDADESAntes de tudo, faz-se necessário apontar o conceito de seminário: “Seminário éuma cnica de estudo que inclui pesquisa, discussão e debate”. (...)” (LAKATOS,1992:29). Deduz-se, portanto, que a pesquisa, especialmente a bibliográfica, é oprimeiro, passo, requisito indispensável na elaboração do Seminário. A pesquisa leva àdiscussão do material pesquisado, mas para que os objetivos sejam alcançados, não sepode dispensar o debate.Embora o seminário possa ter uma finalidade específica, suas finalidades geraissão:a)Aprofundar o estudo a respeito de determinado assunto;b)Desenvolver a capacidade de pesquisa, de análise sistemática dos fatos, atravésdo raciocínio, da reflexão, preparando o aluno para a elaboração clara e objetivados trabalhos científicos.1.2OBJETIVOS DO SEMINÁRIODe certa forma, os objetivos do Seminário confundem-se ou completam suasfinalidades. Dentre os vários autores que tratam do assunto, NÉRICI (1986:263-264) é oque de maneira mais abrangente aponta os objetivos do Seminário:a)Ensinar pesquisando;b)Revelar tendências e aptidões para a pesquisa;c)Levar a dominar a metodologia científica de uma disciplina;d)Conferir espírito científico;e)Ensinar a utilização de instrumentos lógicos de trabalho intelectual;f)Ensinar a coletar material para análise e interpretação, colocando aobjetividade acima da subjetividade;g)Introduzir, no estudo, interpretação e crítica de trabalhos mais avançados;
1
 
h)Ensinar a trabalhar em grupo e desenvolver o sentimento de comunidadeintelectual entre os educandos e entre estes e os professores;i)Ensinar a sistematizar fatos observados e a refletir sobre eles; j)Levar assumir atitude de honestidade exatidão nos trabalhos efetuados;k)Dominar a metodologia científica geral.1.3MODALIDADES DE SEMINÁRIOHá diversas modalidades de Seminário:
a)
Clássico
– tipo de seminário elaborado e apresentado individualmente, quepercorre as mesmas etapas do seminário clássico em grupo. Esta modalidadeé a mais usada nos cursos de pós-graduação;
 b)
Clássico em grupo
escolhido o tema, o grupo se reúne, escolhe ocoordenador, o secretário e o relator e passa a executar o plano do seminário,cujas etapas serão especificadas mais adiante. Este é o tipo de seminário,cujas etapas serão especificadas mais adiante. Este é o de Seminário maisutilizado nos cursos de graduação;
c)
Em grupo
– nesta modalidade, formam-se tantos grupos quantos forem ossubstituídos do tema. Após uma reunião geral, em que todos os alunos tomamconhecimento global do assunto a ser pesquisado, um plano geral doSeminário é estabelecido. Em seguida, cada grupo cuidará da elaboração eapresentação de um tópico. O professor assume a função de coordenador dosgrupos, orientando os trabalhos de pesquisa e a preparação da exposição oralde cada grupo.1.4TEMASA escolha dos temas para seminários deverá recair sobre um tópico de umadisciplina do curso, sobre o assunto da atualidade e de interesse da classe ou de culturageral.Os assuntos sobre os quais não se encontra bibliografia acessível, os temas muitosabstratos ou controversos e os que o apresentam caráter científico devem serevitados.1.5ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DOS SEMIRIOSA elaborão de um Semirio compreende rias etapas, que devem sercuidadosamente planejadas e executadas. Assim sendo, tornam-se indispensáveis váriasreuniões, para que cada membro do grupo participe da definição do plano geral e assumaa responsabilidade da parte que lhe cabe na consecução deste plano.O número de reuniões depende da complexidade do tema e da profundidade eextensão de seu enfoque. Contudo, de modo geral, para a elaboração de um semináriobastam quatro reuniões de grupo.
PRIMEIRA REUNIÃO
2
 
1.O primeiro assunto a ser tratado na primeira reuno é a constituição dogrupo. O grupo, com cinco ou seis componentes, no máximo, constitui-se,basicamente, de:a)Coordenador encarregado de coordenar os trabalhos, definindo asetapas da pesquisa, atribuído tarefas aos demais membros do grupo everificando o cumprimento delas;b)Secretário – cabe ao secretário do grupo anotar todas as sugestões detrabalho, a pauta das reunes e as tarefas atribuídas a cadacomponente;c)Relator – é o membro do grupo encarregado de avaliar e comentar oandamento dos trabalhos, a suficiência do material coletado, bemcomo o desempenho das tarefas propostas;d)Demais membros – são os outros componentes do grupo.2.Definão do tema e delimitão do assunto. Se o tema não foi sugeridopelo professor, o grupo todo participa de sua escolha e delimitação.Cadacomponente do grupo apresenta sua sugestão, que será analisada ediscutida por todos. A decisão final deverá refletir um consenso de todas asopiniões.3.Plano de pesquisa. O plano global de pesquisa compreende:a)Pesquisa bibliográfica;b)Entrevistas com técnicos e especialistas no assunto;c)Relatos de observações e experiências;d)Plano geral para a coleta de dados.4.Distribuição de tarefas a serem executadas, segundo o plano geral para acoleta de dados. O secretário anota tudo e marca-se uma segunda reunião,levando-se em conta o espaço nimo de tempo para que todos osmembros possam cumprir suas tarefas.
SEGUNDA REUNIÃO
Os assuntos a serem tratados na segunda reunião são os seguintes:1.Apresentão das tarefas executadas ao coordenador;2.Avaliação do material coletado (é suficiente, quantitativa equalitativamente?);3.Análise dos dados levantados e distribuão de tarefas (quem vai fichar oquê?);4.Planejamento para a reuno seguinte (prevendo-se o tempo suficientepara execução das tarefas).
TERCEIRA REUNIÃO
3

Activity (59)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
tutankamon20010 liked this
Silvana Alves liked this
Fabi Ana liked this
Renato Nunes liked this
Maximus Metal liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->