Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
8Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Químicos, Biológicos e Nucleares

Químicos, Biológicos e Nucleares

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 1,124 |Likes:
Published by Fossa Septica

More info:

Published by: Fossa Septica on Dec 02, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/21/2013

pdf

text

original

 
 
 
 
Perigos Químicos, Biológicos e Radioactivos
Materiais e agentes químicos, biológicos e radioactivos podem, por acidente ou poroutros motivos serem dispersados no ar, na água ou em objectos e superfícies com asquais possa existir contacto. A forma mais comum de acidentes com estes produtossão os derrames, ou seja acidentes em que os recipientes que os contêm são quebradosexistindo uma fuga destes agentes. Convém diferenciar estes agentes pois a formacomo eles actuam e portanto como se deve actuar em caso de emergência é tambémdiferenciada.Refira-se que, principalmente, no caso de agentes químicos e radioactivos estespodem estar presentes em quantidades que configuram um perigo imediato para aspessoas expostas ou estarem em níveis que apenas geram perigo após a exposiçãoprolongada. Estes níveis dependem do agente em causa. No entanto no âmbito destapublicação serão abrangidos os casos em que o perigo de exposição é imediato poisestes é que configuram situações de emergência.Os acidentes com químicos são caracterizados por um despoletar rápido de sintomasnas pessoas expostas (geralmente na ordem de minutos a horas). As manifestações noambiente exposto também são geralmente identificáveis, como sejam, resíduos dosprodutos, odor forte ao químico, plantas mortas e folhas queimadas, insectos epequenos animais mortos ou com sintomas.No caso dos agentes biológicos geralmente os sintomas nas pessoas expostasdemoram dias a semanas a aparecer. Devido a esta demora no aparecimento desintomas a origem do agente torna-se mais difícil de identificar e geralmente não seidentificam no ambiente exposto traços identificativos do agente. Se o agente forcontagioso entre pessoas a área afectada pode expandir-se rapidamente devido àmigração de indivíduos afectados. As emergências com agentes biológicos são maisraros mas por vezes surgem surtos de doenças em humanos, animais e até plantas querequerem o uso de medidas de controlo.No caso de acidentes com elementos radioactivos os sintomas demoram muitas vezesdias a semanas para aparecerem e não existem traços identificáveis no ambiente. Osmateriais radioactivos não são identificáveis pelos sentidos, não têm cor ou cheiro. Aidentificação do nível de perigo, tipo de agente (caso seja de origem desconhecida),área afectada requer a utilização de equipamento especializado. Nestes casos éimportante identificar o nível de radiação e determinar se representa um perigoimediato ou a longo prazo em termos de exposição. Devido ao atraso no aparecimentodos sintomas é possível a migração de pessoas e equipamentos infectados alargando aárea afectada.
1
 
 
 AGENTES QUÍMICOS
Os agentes químicos podem ser de origem natural ou fabricados pelo homem. Emambos os casos podem ser extremamente prejudiciais para a saúde humana. Noentanto o perigo depende da dose a que se está submetido. Os efeitos na saúdedependem da toxicidade do químico, forma de contacto e da natureza e extensão daexposição ao químico. Refira-se que cada substância química tem uma formadiferente de actuar no organismo originando sintomas e reacções diferentes.
Efeitos de Agentes Químicos
Os agentes químicos podem ter diferentes efeitos no ser humano conforme as suascaracterísticas. De forma superficial observem-se os diferentes efeitos que podemocorrer:
Anestésicos e narcóticos
– ocorrem quando os químicos sãocapazes de anular a actividade nervosa, produzem um efeitosedante que leva o ser humano a um estado próximo do sono.Este tipo de efeito regista-se geralmente na presença doquímico desaparecendo quando cessa a exposição aoquímico.
Asfixiante
– ocorre quando o agente químico impede arespiração. Este efeito pode dever-se a dois fenómenosdistintos, a dispersão do agente diminui a quantidade deoxigénio disponível ou impede a respiração anulando acapacidade do corpo fornecer oxigénio ao sangue.
Cancerígenos
– são agentes que provocam cancro ou fazemaumentar a possibilidade de este ocorrer nas pessoasexpostas. Estes agentes não produzem o efeito de formaimediata mas no entanto a exposição a estes agentes fará comgrande certeza com que ocorram doenças cancerosas naspessoas expostas no futuro. A lista dos agentes químicoscancerígenos é muito longa e diversa incluindo agentes queactuam por inalação, por ingestão e por via cutânea.
Mutagénicos
– são agentes que provocam problemasgenéticos que se manifestam nas gerações seguintes. Actuamalterando a cadeia genética. Também estes agentes não têmum efeito imediato nas pessoas expostas podendo apenascausar problemas na sua descendência.
2

Activity (8)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Luiz Otávio liked this
anaruteferreira liked this
Solange Montosa liked this
cbsousa liked this
João Silva liked this
Rayssa Oliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->