Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
47Activity

Table Of Contents

0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
IDO_Gramatica

IDO_Gramatica

Ratings:

3.0

(1)
|Views: 5,024 |Likes:
Published by api-19488798

More info:

Published by: api-19488798 on Dec 03, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

 
 
p.1
Gramática Inglesa
I.de.al. ParaIniciantes.
Webpage:
 Agradecimentos:
 Agradeço a Deus por alavancar minha vida e me inspirar no desenvolvimento deste livro. A meu pai Lúcio, minha mãe Regina e ao Vicente por tanto carinho força e amor, as minhas queridas irmãs Cris eTiza e aos cunhados Fernando e Dim que tanto torcem por mim e que eu os amo tanto, aos meussuperamados afilhados Ca-ca, Flô, Gui-gui e Fê-fê, à Sandra Abadia, a minha fantástica família, aos meus“primos-irmãos”, aos meus queridos amigos, a todos que vieram a contribuir direta ou indiretamente paraa realização desta obra, sem deixar de citar em especial todos meus queridos alunos, pois sem eles seriaimpossível meu desenvolvimento afetivo e profissional pelo inglês, além de um aprendizado tãoimportante, em todos os sentidos...
 
 
Prefácio ao leitor:
Por que um livro apenas de gramática, sem enfoque em vocabulalário ou sem textos? Por que umlivro abordando a gramática inglesa está escrito em português, e cujas explicações gramaticais são tãosimplistas que beiram o infantil? Por que um livro em que a sequência gramatical seja diferente a ponto detalvez provocar estranheza comparada a outros livros desta mesma abordagem? Por que um livro podedespertar o sentimento de que determinado assunto está sendo tratado de forma muito “prática” ou atémesmo tão descomplicado que pareça ser “muito bom para ser verdade”? Por que um livro que ao invés deaprofundar em um determinado assunto como um compêndio ou uma enciclopédia, por exemplo, citandovárias regras, leis e exceções, tenta fazer com que o leitor aprenda a desenvolver o senso do “raciocíniológico do inglês”?  As respostas a estas perguntas são justamente o ponto de partida desta obra, inteiramente elaboradaa partir da experiência prática de buscar simplificar ao máximo as principais dificuldades e dúvidas dosalunos em sala de aula. Aulas a propósito, ministradas pelo próprio autor, que juntamente com suaformação psicologica, buscou respostas associativas no processo inicial de aprendizagem de seus alunos. Estelivro oferece um modo “pronto” de organizar e correlacionar as idéias. Partindo do pressuposto de que neste primeiro momento é necessário uma didática e uma seqüência gramatical que, comparada com o nosso português, pudesse fazer sentido, e percebendo esta grande oportunidade de elaborar um livro diferenciado,foi priorizada, portanto, uma didática motivando a fácil assimilação, a partir de uma relação linguísticainglês – português bem administrada. Resumindo, o que se espera aqui é que o leitor não sinta asamarguras de uma abordagem confusa, como um novelo de lã “emaranhado” ou cheio de “nós”. Espera-seque o leitor perceba cada linha deste livro com a mesma representatividade e desenvoltura das linhas já“desenroladas” de um novelo pronto para ser usado, como se fosse poupado o trabalho de articular a saídade um labirinto que poucos animam a ir até o fim.Deixo aqui registrado, que me sintirei totalmente realizado atingindo os objetivos maiores destaobra, que são proporcionar aos alunos ou leitores o impulso inicial da descoberta do gosto e da motivação pelo inglês, e de facilitar a superação das barreiras pessoais que eventualmente estes possam apresentar. Oobjetivo é, portanto, apresentar aos leitores um livro para iniciantes que querem ser apresentados ao inglês eque tenham uma boa primeira impressão do mesmo. E, como sabido, a primeira impressão é a que fica! Atodos vocês, muito obrigado pela confiança e sejam muito bem vindos a este nosso maravilhoso universo!
Lucio Alberto Cordeiro Borges, o autor.
p.2
 
 
p.3
Índice
 
Capítulo 1 Introdução 7Capítulo 2 Principais diferenças entre o português e o Inglês: 8. verbos 9. formação de frases 10. formação de palavras 11. diferenças da fonética 13Capítulo 3 O alfabeto 14Capítulo 4 Os números 15Capítulo 5 Os números cardinais 16Capítulo 6 Os números ordinais 17Capítulo 7 Os pronomes pessoais e o verbo
to be
19Capítulo 8 Os pronomes demonstrativos 22Capítulo 9 Os artigos 23Capítulo 10 As preposições
from
” e “
to
26Capítulo 11 O plural para os substantivos 28Capítulo 12 As preposições
IN 
”, “
ON 
” e “
 AT 
31Capítulo 13 O verbo
to has / have – to has / have got 
35Capítulo 14 O verbo haver
there is / there are
38Capítulo 15 Os pronomes
one / ones
39Capítulo 16 O “gostaria”
would like
40Capítulo 17 O caso genitivo 41Capítulo 18 Os pronomes possessivos e adjetivos possessivos 42Capítulo 19 O pronome interrogativo “whose” 43Capítulo 20 O caso genitivo + Os pronomes adjetivos / Vocabulário: A família 44Capítulo 21 O caso genitivo + Possessivos + O uso do
of 
46Capítulo 22 Os pronomes interrogativos 47

Activity (47)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
esbiess liked this
Felipe Serraglia liked this
Mauro E Raabe liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->