Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
168Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Estudo de Caso AVC

Estudo de Caso AVC

Ratings:

4.76

(25)
|Views: 114,157|Likes:
Published by enfermagemPT

More info:

Published by: enfermagemPT on Mar 26, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See More
See less

03/26/2014

 
SUMÁRIO
0
 – 
INTRODUÇÃO
PARTE I – FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA1 – 
MODELO CONCEPTUAL DE ENFERMAGEM SEGUNDOVIRGÍNIA HENDERSON
1.1 – PROCESSO DE ENFERMAGEM
2 – ALTERAÇÃO DA MOBILIDADE POR HEMIPLEGIA
2.1 – ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO DOENTE COM ALTERAÇÃODA MOBILIDADE POR HEMIPLEGIAPARTE II – ESTUDO DO DOENTE1 – 
HISTÓRIA DE ENFERMAGEM
1.1 – NECESSIDADES FUNDAMENTAIS2 – 
PLANEAMENTO ASSISTENCIAL
2.1 – PLANO DE CUIDADOS DE ENFERMAGEM2.2 – EVOLUÇÃO E AVALIAÇÃO DO DOENTEPARTE III – REFLEXÃO FINAL1 – 
ANÁLISE CRÍTICA
2 – 
CONCLUSÃO
3 – 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
 
0
 – 
INTRODUÇÃO
O presente trabalho foi elaborado por seis alunos, surgindo no âmbito do estágioIV Enfermagem dica, referente ao 2º Ano/Semestre, do VI Curso deLicenciatura em Enfermagem, da Escola Superior de Enfermagem da Guarda, do anolectivo 2003/2004. Este estudo é parte integrante dos objectivos de estágio IV, tendosido realizado no serviço de Medicina do Hospital Nossa Senhora da Assunção – Seia,no período de 4 de Dezembro de 2003 a 14 de Janeiro de 2004.Das diversas situações observadas no serviço, optámos por seleccionar umdoente com alteração da mobilidade que deu entrada no Serviço de Medicina do HNS,no dia 8 de Dezembro de 2003, com o diagnóstico clínico de Acidente Vascular Cerebral (AVC) Isquémico. Optámos por este doente, não só divido à pertinência einteresse da situação que apresenta, mas também à disponibilidade e acessibilidade aodoente.O estudo do doente baseia-se no Modelo Conceptual de Enfermagem segundoVirgínia Henderson, tendo em conta as catorze necessidades fundamentais.O Processo de Enfermagem é um método que por excelência promove a participação do doente na sua própria recuperação, estimulando-o a participaactivamente no seu próprio tratamento. Considera-se também um meio que permite aindividualização dos cuidados de enfermagem, pois o enfermeiro vê o doente como umser único o que possibilita uma maior humanização dos cuidados.Segundo Pinto (1990), “
o estudo de caso é um métodode investigaçãoque pretende descrever de um modo preciso os comportamentos de um indivíduo. Oindivíduo é neste procedimento o principal foco de observação.
Pretendemos com este trabalho:
Aprofundar e aplicar conhecimentos teórico-práticosanteriormente adquiridos no âmbito da Enfermagem Médica;
Explicar e contextualizar o PE, segundo o ModeloConceptual de Virgínia Henderson;
 
Planear cuidados ao doente do foro neurológico segundo omodelo teórico de Virgínia Henderson;
Desenvolver competências na elaborão de trabalhosacadémicos;
Reforçar a coesão de grupo pela participação activa de todosos seus elementos, dada a importância do trabalho em equipa;
Contribuir como um elemento de avaliação. Na sua elaboração utilizámos uma metodologia fundamentada na consulta do processo clínico do doente; entrevistas informais com a equipa multidisciplinar;observação, avaliação e diálogo com o doente; conhecimentos científicos apreendidosanteriormente; método descritivo; pesquisa bibliográfica.Este trabalho está estruturado em três partes, sendo a parte I constituída pelafundamentação teórica na qual pretendemos abordar as bases científicas do estudo,segundo diferentes autores. Apresentamos um primeiro capítulo onde expomos omodelo conceptual de Virgínia Henderson, seguido do Processo de Enfermagem.O segundo capítulo mostra a perspectiva de vários autores no que se refere àalteração de mobilidade por hemiplegia, seguido da assistência de enfermagem nareferida situação.A parte II, que consiste no estudo do doente, é composta por dois capítulos. No1º, descrevemos a observação feita ao doente através da História de Enfermagem e dasnecessidades fundamentais. O segundo capítulo consiste no plano assistencial elaborado para o atendimento do doente, através do plano de cuidados e da sua componente deavaliação e evolução do doente. Na parte III, fazemos uma reflexão final, que se subdivide em três capítulos. O primeiro aborda uma análise crítica onde se procura confrontar a realidade encontradana prática, com a assistência preconizada pelos diferentes autores. Segue-se o capítulodois com uma pequena conclusão, onde descrevemos os aspectos mais relevantes,resultantes deste trabalho e finalizamos com as referências bibliográficas que serviramde suporte a este estudo.Após todo este desenrolar, esperamos conseguir os objectivos a que nos propusemos, procurando elucidar o estudo de caso da melhor forma possível.

Activity (168)

You've already reviewed this. Edit your review.
blackyjm liked this
1 thousand reads
1 hundred thousand reads
1 hundred reads
Núria Bernardo liked this
Kercia Loiola liked this
Cleiton Murillo liked this
Cleiton Murillo liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->