Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
25Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Appia

Appia

Ratings:

5.0

(2)
|Views: 1,101 |Likes:
Published by Rita

More info:

Published by: Rita on Mar 26, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/06/2013

pdf

text

original

 
1
A
dolphe
A
ppia
A O
bra de
A
rte
V
iva
[1921]
Edição de Eugénia VasquesEscola Superior de Teatro e Cinema 20022ª edição 20043ª edição 2005
Avª Marquês de Pombal, 22-B2700-571 Amadora – Portugal Telefone – 214989400e-mail – biblioteca@estc.ipl.pt
2Feita a partir de
A Obra de Arte Viva
, tradução e notas deensaio de Redondo Júnior, Lisboa, Arcádia, s/d (c. 1959), daedição original
L’Oeuvre d’art vivant
, Genève, Atar, s/a,1921, e de
 The Work of Living Art and Man is the Measure of All Things
, tradução e edição de Barnard Hewitt, Florida,University of Miami Press, 1997.A editora reviu, parcialmente, a tradução da única versãoportuguesa existente, corrigindo os erros mais graves,reservando-se, contudo, para a edição em livro, a elaboraçãode uma tradução integral que devolva, de um modo menos rápido,o espírito da obra e da linguagem do tempo e do autor.A obra foi tecnologicamente transcrita por Luísa Marques,responsável pela Biblioteca da Escola Superior de Teatro eCinema, que é também a criadora desta edição em
e-book
quelança, na nossa linha editorial, a Colecção
 Teorias da Arte Teatral
.A Editora3INDÍCE
PREFÁCIO 51. OS ELEMENTOS 72. O TEMPO VIVO 22
 
3. O ESPAÇO VIVO 274. A COR VIVA 325. A UNIDADE ORGÂNICA 396. A COLABORAÇÃO 577. O GRANDE DESCONHECIDO E A EXPERIÊNCIA DA BELEZA 668. PORTADORES DA CHAMA 76
CENÁRIOS
79
OUTRAS IMAGENS
93
CRONOLOGIA
97
4
AEmile Jacques-Dalcrozeo amigo fiel a quem devo a minha pátria estética. . . e a tioh, Walt Whitmanque me compreenderás, pois que estarás vivo –sempre!
Adolphe Appia
Camarada! isto não é um livro;Aquele que lhe tocar, toca num homem.
Walt Whitman5
PREFÁCIO
Este estudo tinha, originalmente, o dobro de extensão dopresente volume. O autor acreditava então que poderiaclarificar e simplificar os seus conceitos se os explicasse acada passo e os documentasse o mais completamente possível. Oautor desejava por esse meio expressar a essência do seupensamento mas, no decurso da sua investigação, cedo percebeuque essa essência era inexprimível . pelo menos daquelamaneira. Para além disso, foi compreendendo progressivamenteque se não pode entusiasmar alguém, por muito amável eindulgente que essa pessoa seja, a seguir um caminho que nãolhe é familiar por razões que, à partida, desconhece, se . aolembrá-lo constantemente do caminho conhecido e dos seusaspectos familiares . nós mesmos desviamos a sua atenção, eaté os seus próprios passos, para fora da estrada nova edesconhecida.Em qualquer aspecto da vida, a documentação é um tipo deestudo que se faz quando estamos parados. A documentação é umapreparação para o acto voluntário da partida. As pernas do“Caminhante” de Rodin foram “documentadas”; é por isso queelas estavam prontas para começar a andar. Um turista párapara consultar o seu mapa; depois, desdobra-o e só depoiscomeça a percorrer a estrada que ele sente já conhecer.

Activity (25)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Zé Santos Cunha liked this
Keka Tedeschi liked this
pordier liked this
Rodrigo Garcez liked this
lia liked this
andrea_alves_4 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->