Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword or section
Like this
28Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
AVC - 2

AVC - 2

Ratings:

4.83

(6)
|Views: 7,081 |Likes:
Published by enfermagemPT

More info:

Published by: enfermagemPT on Mar 28, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC or read online from Scribd
See more
See less

07/12/2013

 
0.INTRODUÇÃO
Foi no contexto do estágio IV – Enfermagem Médica, contemplado pelo planocurricular referente ao 2º Ano/ 2º Semestre, realizado no Serviço de Medicina Mulheresdo Hospital Sousa Martins (HSM), que decorreu entre 6 de Dezembro de 2003 e 14 deJaneiro de 2004, que surgiu a necessidade de realizar o estudo de uma doente seguindoo Modelo Teórico de Virgínia Henderson. Este modelo destaca-se pelo facto de que vê oHomem no seu Todo, constituído por catorze necessidades fundamentais.O estudo de caso que se segue é da responsabilidade e autoria de um grupo decinco alunos do VI Curso de Licenciatura em Enfermagem da Escola Superior deEnfermagem da Guarda.O Enfermeiro do Serviço de Medicina é confrontado, essencialmente, por umasérie de doenças neurológicas que originam situações de incapacidade grave, temporáriaou permanente, e que alteram radicalmente a vida dos doentes afectados por estasdoenças. Neste contexto, decidimos escolher uma doente com Acidente Vascular Cerebral (AVC) Isquémico, uma vez que esta doença é a 3ª causa de morte na EuropaOcidental, apesar da sua incidência ter diminuído nos últimos anos, essencialmentedevido ao tratamento da Hipertensão Arterial (1º factor de risco), em que 1/5 dosAcidentes Vasculares Cerebrais são hemorrágicos e 4/5 são isquémicos. Daqui advimosque o Acidente Vascular Cerebral Isquémico é frequentemente causa de hospitalização efonte de invalidez e dependência. Perante esta realidade, tornou-se pertinente aaplicação do processo de enfermagem a uma pessoa afectada por esta patologia, quer  pelo enriquecimento em termos teóricos, quer pelo incremento que este estudo trará ànossa abordagem profissional de pessoas com Acidente Vascular Cerebral. O processode enfermagem
“combina os elementos mais atractivos da arte de enfermagem comelementos mais relevantes dos sistemas teóricos, utilizando o método científico”
(Share,1998).O processo de enfermagem é um sistema de identificação e resolução de problemas seguindo uma sequência lógica e ordenada de actividades, atitudes e acções8
 
que visa a eficaz gestão dos cuidados de enfermagem no sentido de atender aos problemas de saúde da pessoa de forma global e eficaz.O processo de enfermagem é um meio que permite a individualização doscuidados de enfermagem. O doente é visto como um ser único o que proporciona a prestação de cuidados humanizados.
“Os passos do processo de enfermagem focalizamatenção da enfermeira nas respostas humanas “individuais” do doente/grupo a umadeterminada situação clínica, em consequência de um plano de cuidados holísticodirigido a esses problemas/necessidades específicas”
(Marilyn e Frances, 1992, pág.3)este é também um método que estimula a participação activa do doente no seutratamento, fazendo-o sentir-se útil e capaz de controlar o que lhe está acontecer,existindo assim uma responsabilidade individual que revigora o empenho do doente ematingir os objectivos estipulados.O Acidente Vascular Cerebral pela sua alta mortalidade e morbilidade assimcomo incapacidade parcial ou total das pessoas vitimadas por esta patologia apresentauma grande importância médica e social
. “Acidente Vascular Cerebral (AVC) significao comprometimento súbito da função cerebral causado por inúmeras alteraçõeshistopatológicas que envolvem um (focal) ou vários (multifocal) vasos sanguíneosintracranianos ou extracranianos”
(Adams e Victor, 1993, pág.527) Ou seja, devido auma alteração patológica a nível dos vasos sanguíneos cerebrais há o comprometimentoda função cerebral que gera anormalidades clínicas visíveis.Aproximadamente 80% dos Acidentes Vasculares Cerebrais são causados por um fluxo sanguíneo muito pequeno – Acidente Vascular Cerebral Isquémico.
“Outras Vitórias Virão”
foi o tulo que escolhemos pois concordamos,conjuntamente, que este é o que melhor se enquadra com o perfil do estudo da nossadoente. Isto porque, usando poucas palavras retratámos a forma como ela, caminhandonum “terreno falso”, contornou as suas limitações, tendo sido um percurso de sucessivasvitórias.Sempre que se realiza um trabalho tem-se em vista determinados objectivos. Neste sentido, passamos apresentar alguns daqueles que pretendemos alcançar:Aplicar o Processo de Enfermagem a uma doente do foroneurológico;Aprofundar conhecimentos sobre as necessidades fundamentaisafectadas e relacioná-las com as patologias em causa;Ajudar a doente a lidar e superar as dificuldades;9

Activity (28)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Cristiana Silva liked this
Angela Lopes liked this
Manu Carvalho liked this
Manu Carvalho liked this
Hugo Silva liked this
Inês Costa liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->