Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
28Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
AVC - 2

AVC - 2

Ratings:

4.83

(6)
|Views: 25,745|Likes:
Published by enfermagemPT

More info:

Published by: enfermagemPT on Mar 28, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See More
See less

07/12/2013

 
0.INTRODUÇÃO
Foi no contexto do estágio IV – Enfermagem Médica, contemplado pelo planocurricular referente ao 2º Ano/ 2º Semestre, realizado no Serviço de Medicina Mulheresdo Hospital Sousa Martins (HSM), que decorreu entre 6 de Dezembro de 2003 e 14 deJaneiro de 2004, que surgiu a necessidade de realizar o estudo de uma doente seguindoo Modelo Teórico de Virgínia Henderson. Este modelo destaca-se pelo facto de que vê oHomem no seu Todo, constituído por catorze necessidades fundamentais.O estudo de caso que se segue é da responsabilidade e autoria de um grupo decinco alunos do VI Curso de Licenciatura em Enfermagem da Escola Superior deEnfermagem da Guarda.O Enfermeiro do Serviço de Medicina é confrontado, essencialmente, por umasérie de doenças neurológicas que originam situações de incapacidade grave, temporáriaou permanente, e que alteram radicalmente a vida dos doentes afectados por estasdoenças. Neste contexto, decidimos escolher uma doente com Acidente Vascular Cerebral (AVC) Isquémico, uma vez que esta doença é a 3ª causa de morte na EuropaOcidental, apesar da sua incidência ter diminuído nos últimos anos, essencialmentedevido ao tratamento da Hipertensão Arterial (1º factor de risco), em que 1/5 dosAcidentes Vasculares Cerebrais são hemorrágicos e 4/5 são isquémicos. Daqui advimosque o Acidente Vascular Cerebral Isquémico é frequentemente causa de hospitalização efonte de invalidez e dependência. Perante esta realidade, tornou-se pertinente aaplicação do processo de enfermagem a uma pessoa afectada por esta patologia, quer  pelo enriquecimento em termos teóricos, quer pelo incremento que este estudo trará ànossa abordagem profissional de pessoas com Acidente Vascular Cerebral. O processode enfermagem
“combina os elementos mais atractivos da arte de enfermagem comelementos mais relevantes dos sistemas teóricos, utilizando o método científico”
(Share,1998).O processo de enfermagem é um sistema de identificação e resolução de problemas seguindo uma sequência lógica e ordenada de actividades, atitudes e acções8
 
que visa a eficaz gestão dos cuidados de enfermagem no sentido de atender aos problemas de saúde da pessoa de forma global e eficaz.O processo de enfermagem é um meio que permite a individualização doscuidados de enfermagem. O doente é visto como um ser único o que proporciona a prestação de cuidados humanizados.
“Os passos do processo de enfermagem focalizamatenção da enfermeira nas respostas humanas “individuais” do doente/grupo a umadeterminada situação clínica, em consequência de um plano de cuidados holísticodirigido a esses problemas/necessidades específicas”
(Marilyn e Frances, 1992, pág.3)este é também um método que estimula a participação activa do doente no seutratamento, fazendo-o sentir-se útil e capaz de controlar o que lhe está acontecer,existindo assim uma responsabilidade individual que revigora o empenho do doente ematingir os objectivos estipulados.O Acidente Vascular Cerebral pela sua alta mortalidade e morbilidade assimcomo incapacidade parcial ou total das pessoas vitimadas por esta patologia apresentauma grande importância médica e social
. “Acidente Vascular Cerebral (AVC) significao comprometimento súbito da função cerebral causado por inúmeras alteraçõeshistopatológicas que envolvem um (focal) ou vários (multifocal) vasos sanguíneosintracranianos ou extracranianos”
(Adams e Victor, 1993, pág.527) Ou seja, devido auma alteração patológica a nível dos vasos sanguíneos cerebrais há o comprometimentoda função cerebral que gera anormalidades clínicas visíveis.Aproximadamente 80% dos Acidentes Vasculares Cerebrais são causados por um fluxo sanguíneo muito pequeno – Acidente Vascular Cerebral Isquémico.
“Outras Vitórias Virão”
foi o tulo que escolhemos pois concordamos,conjuntamente, que este é o que melhor se enquadra com o perfil do estudo da nossadoente. Isto porque, usando poucas palavras retratámos a forma como ela, caminhandonum “terreno falso”, contornou as suas limitações, tendo sido um percurso de sucessivasvitórias.Sempre que se realiza um trabalho tem-se em vista determinados objectivos. Neste sentido, passamos apresentar alguns daqueles que pretendemos alcançar:Aplicar o Processo de Enfermagem a uma doente do foroneurológico;Aprofundar conhecimentos sobre as necessidades fundamentaisafectadas e relacioná-las com as patologias em causa;Ajudar a doente a lidar e superar as dificuldades;9

Activity (28)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Cristiana Silva liked this
Angela Lopes liked this
Manu Carvalho liked this
Manu Carvalho liked this
Hugo Silva liked this
Inês Costa liked this
Filipe Soares liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->