Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Frota & CIA - 177 Agosto 2014

Frota & CIA - 177 Agosto 2014

Ratings: (0)|Views: 21 |Likes:
Frota & CIA - 177 Agosto 2014
Frota & CIA - 177 Agosto 2014

More info:

Published by: José Augusto Dantas on Aug 23, 2014
Copyright:Traditional Copyright: All rights reserved

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

09/07/2014

pdf

text

original

 
C
ICLO VIRTUOSO
A indús tria au tomo ti va in ves te na busca de produ tos cada  vez mais sus ten tá veis, que reduzem o consumode combus tí veis e os ní veis deemissões, em bene fício deoperadores e usuários do  transpor te e do meio ambien te
 
EDIÇÃO
Especial
Sustentabilidade
ANO XXI | E
D
. 177 | A
GOSTO
 
DE
 2014 | R$ 12,50
WWW
.
FROTACIA
.
COM
.
BR
 
A Volvo enxerga um ideal de futuro. Juntos chegaremos a Zero Acidentes.
PROGRAMA VOLVO DEsegurança no trânsito
TRANSPORTANDO RESPEITO
O Grupo Volvo assumiu um compromisso mundial de segurança: Zero Acidentes envolvendo seus veículos.Essa é uma meta que vai muito além da nossa marca. Ela beneficiará toda a sociedade com transportes mais seguros e eficientes.Seu engajamento é fundamental. Junte-se a nós nessa jornada!
www.facebook.com/pvstbr www.volvo.com.br/pvst
 
ED ITO RIAL
M
ais uma vez, o governo comandado pela presidente Dilma Rousseff tenta esconder o sol com a peneira, ao insinuar sob a luz dos ho-lofotes que a economia brasileira está sob controle. E os eventuais desacertos serão prontamente resolvidos, caso os eleitores decidam conceder ao Partido dos Trabalhadores mais quatro anos no comando do Poder. Fosse verdade, seria uma grande notícia. Infelizmente, contudo, não é isso que mostram os mais variados indicadores, que apontam para uma realidade bem diferente do tom otimismo dos discursos.Com efeito, enquanto a produção industrial registra um crescimento negativo de 1,1% em 2014, a capacidade ociosa das fábricas alcançou 32% em  junho, a pior desde 2010. A expansão projetada do PIB, por sua vez, pode chegar a pífios 0,5%. E o superávit primário – que deveria medir a situação das contas públicas - pode ficar negativo pela primeira vez desde 1997, se descontados os malabarismos que camuflam a realidade fiscal brasileira.Ainda que parte desse resultado desastroso possa ser creditado ao próprio de-sarranjo da economia mundial, que ainda se ressente dos efeitos da crise financeira de 2008, é certo também que o governo brasileiro tem uma boa parcela de culpa. Contribuem para o quadro atual, a falta de uma política consistente de combate à inflação, de saneamento das contas públicas, de fortalecimento da moeda nacional, de incentivo à produção e às exportações. Sem contar os efeitos danosos provocados pela falta de regras claras e estáveis nos contratos públicos, a intervenção do Estado nas empresas de economia mista, caso da Petrobras, a falta de investimentos em educação, saúde e saneamento, só para ficar em alguns poucos exemplos.Se Dilma Rousseff e seu mentor intelectual, o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, podem forçar o Banco Santander a uma retratação pública, por orientar seus clientes sobre os riscos da reeleição da candidata ao posto que hoje ocupa, ambos não tem o mesmo poder sobre outras organizações interna-cionais que repetem idêntico bordão, caso das consultorias Eurasia Group, Oxford Economics e Goldman Sachs.Ao optar por rebater qualquer crítica ao seu gover-no, ou aos partidos que lhe dão sustentação e colocar a vitória nas urnas como prioridade principal, na prática, a candidata se voltou contra todos os brasileiros. Pelo menos aqueles que não se beneficiam das verbas pú-blicas. E dependem exclusivamente da força do trabalho como seu principal ganha pão. Incluindo todos os agentes produtivos, representantes da iniciativa privada, que espe-ram apenas do governo a tranquilidade necessária para tocar seus negócios. Em busca da sonhada lucratividade, que produz riquezas não apenas para pessoas e empresas, mas para o próprio o país e o governo em particular.Se os governantes, enfim, não sabem como conduzir o país rumo ao mar da tranquilidade e da bonança, resta deixar ao encargo dos eleitores a busca de alternativas mais confiáveis. Através da força do voto exercido de forma plena e democrática, em benefício da nação.
José Augusto Ferraz Diretor de Redação 
A força do voto
DIRETORIADiretores
José Augusto FerrazSolange Sebrian
REDAÇÃODiretor de Redação eJornalista Responsável
José Augusto Ferraz (MTB 12.035) joseferraz@frotacia.com.br
Editora
Sônia Cresposonia.crespo@frotacia.com.br
Redatora
Valeria Burszteinvaleria@frotacia.com.br
ARTEEditor
Sandro Mantovani (MTB 29.530/SP)smantova@uol.com.br
COMERCIALDiretora
Solange Sebriansolange@frotacia.com.br
CIRCULAÇÃOGerente
José Carlos da Silva josecarlos@frotacia.com.br
ADMINISTRAÇÃOGerente
Edna Amorimedna@frotacia.com.br
Assinaturas e Alterações de Dados CadastraisServiço de Atendimento ao Assinante
Fone/Fax: (0**11) 3871-1313
E-mail:
circulacao@frotacia.com.br
ASSINATURA:
R$ 150,00 (12 edições)
Preço do Exemplar Avulso:
 R$ 12,50
REDAÇÃO, PUBLICIDADE, CIRCULAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO
Av. Professor Alfonso Bovero, 430 - Conj. 20 Sumaré - 01254-000 - São Paulo - SP - BrasilFone/Fax (0**11) 3871-1313
Home page: www.frotacia.com.br
FROTA&Cia é uma publicação da Editora Frota Ltda, de circulação nacional e controlada, enviada a empresas de transportes executivos em cargos de direção, de empresas de transportes de cargas e passageiros. Circula também junto a embarcadores de cargas, compradores de serviços de transportes, frotistas em geral e fornecedores de produtos e serviços de transportes. Direitos autorais reser-vados. É proibida a reprodução total ou parcial de textos e ilustrações integrantes da edição impressa ou virtual, sem a prévia autorização dos editores. Matérias editoriais pagas não são aceitas e textos editoriais pagas não são aceitas e textos editoriais não tem qualquer vinculação com material publi-citário. Conceitos expressos em artigos assinados e opiniões de entrevistados não são necessariamente os mesmos de FROTA&Cia.
Impressão
 – Melting Color Gráfica e Editora
Tiragem
 – 13.000 exemplares
Circulação
 – Agosto 2014Dispensada de emissão de documentos fiscais conforme Regime Especial Processo SF-04-908092/2002
 Transporte & Logistica
 Cargas & Passageiros

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->