Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
9Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
CPC 30 - Receitas

CPC 30 - Receitas

Ratings: (0)|Views: 5,825|Likes:
Published by Paulo

More info:

categoriesBusiness/Law, Finance
Published by: Paulo on Dec 08, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

11/15/2012

pdf

text

original

 
 
CPC_30
1
COMITÊ DE PRONUNCIAMENTOS CONTÁBEISPRONUNCIAMENTO TÉCNICO CPC 30ReceitasCorrelação às Normas Internacionais de Contabilidade
IAS 18
Índice Item
OBJETIVOALCANCE1
 – 
6DEFINIÇÕES 7
 – 
8BMENSURAÇÃO DA RECEITA 9
 – 
12IDENTIFICAÇÃO DA TRANSAÇÃO 13VENDA DE BENS 14
 – 
19PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS 20
 – 
28JUROS,
 ROYALTIES
E DIVIDENDOS 29 - 34DIVULGAÇÃO 35 - 36APÊNDICE A - ExemplosINTERPRETAÇÃO A
 – 
Programas de Fidelidade de ClienteINTERPRETAÇÃO B - Receita
 – 
Transação de Permuta Envolvendo Serviços dePublicidade
 
 
CPC_30
2
Objetivo
A receita é definida no Pronunciamento Conceitual Básico Estrutura Conceitualpara a Elaboração e Apresentação das Demonstrações Contábeis como aumentonos benefícios econômicos durante o período contábil sob a forma de entrada derecursos ou aumento de ativos ou diminuição de passivos que resultam emaumentos do patrimônio líquido da entidade e que não sejam provenientes deaporte de recursos dos proprietários da entidade. As receitas englobam tanto asreceitas propriamente ditas como os ganhos. A receita surge no curso dasatividades ordinárias da entidade e é designada por uma variedade de nomes, taiscomo vendas, honorários, juros, dividendos e
royalties
.O objetivo deste Pronunciamento é estabelecer o tratamento contábil de receitasprovenientes de certos tipos de transações e eventos.A questão primordial na contabilização da receita é determinar quando reconhecê-la. A receita é reconhecida quando for provável que benefícios econômicos futurosfluam para a entidade e esses benefícios possam ser confiavelmente mensurados.Este Pronunciamento identifica as circunstâncias em que esses critérios sãosatisfeitos e, por isso, a receita deve ser reconhecida. Ele também forneceorientação prática sobre a aplicação desses critérios.
Alcance
1. Este Pronunciamento deve ser aplicado na contabilização da receita provenientede:(a)
 
venda de bens;(b)
 
prestação de serviços; e(c)
 
utilização, por parte de terceiros, de outros ativos da entidade que geram juros,
royalties
e dividendos.2. (Eliminado)3.
O termo “bens” inclui bens produzidos pela entidade com a finalidade de
venda ebens comprados para revenda, tais como mercadorias compradas para venda noatacado e no varejo, terrenos e outras propriedades mantidas para revenda.4. A prestação de serviços envolve tipicamente o desempenho da entidade em face datarefa estabelecida contratualmente a ser executada ao longo de um período
 
 
CPC_30
3
acordado entre as partes. Tais serviços podem ser prestados dentro de um ou maisperíodos. Alguns contratos para a prestação de serviços estão diretamenterelacionados a contratos de construção, como, por exemplo, os contratos paragestão de projetos e de arquitetura. As receitas provenientes de contratos dessanatureza não são tratadas no âmbito deste Pronunciamento, e sim de acordo com osrequisitos para os contratos de construção, conforme especificados noPronunciamento Técnico CPC 17
 – 
Contratos de Construção.5. A utilização, por parte de terceiros, de ativos da entidade origem a receitas naforma de:(a)
 
 juros
 – 
encargos pela utilização de caixa e equivalentes de caixa ou dequantias devidas à entidade;(b)
 
royalties
 
 – 
encargos pela utilização de ativos de longo prazo da entidade,como, por exemplo: patentes, marcas, direitos autorais e
software
decomputadores; e(c)
 
dividendos
 – 
distribuição de lucros a detentores de instrumentos patrimoniaisna proporção das suas participações em uma classe particular do capital.6. Este Pronunciamento não trata das receitas provenientes de:(a)
 
contratos de arrendamento mercantil (ver o Pronunciamento Técnico CPC 06
 – 
Operações de Arrendamento Mercantil);(b)
 
dividendos provenientes de investimentos que sejam contabilizados pelométodo da equivalência patrimonial (ver o Pronunciamento Técnico CPC 18
 – 
Investimento em Coligada);(c)
 
contratos de seguro (ver o Pronunciamento Técnico CPC 11
 – 
Contratos deSeguro);(d)
 
alterações no valor justo de ativos e passivos financeiros, ou da sua alienação(ver o Pronunciamento Técnico CPC 38
 – 
Instrumentos Financeiros:Reconhecimento e Mensuração);(e)
 
alterações no valor de outros ativos circulantes;(f)
 
reconhecimento inicial e alterações no valor justo de ativos biológicos,relacionados com a atividade agrícola (ver o Pronunciamento Técnico CPC29
 – 
Ativo Biológico e Produto Agrícola);(g)
 
reconhecimento inicial de produtos agrícolas (ver o Pronunciamento Técnico

Activity (9)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Olírica Cunha liked this
carlosdaprocesso liked this
clauvalente liked this
Rafael Zanolli liked this
DeboraCBLima liked this
pekenaponce liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->