Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O PROCESSO COMUNICACIONAL

O PROCESSO COMUNICACIONAL

Ratings: (0)|Views: 2,547 |Likes:
Published by peacel

More info:

Published by: peacel on Dec 08, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/16/2012

pdf

text

original

 
O PROCESSO COMUNICACIONAL, SEUS CONCEITOS E A PRÁTICAPROFISSIONAL DE COMUNICAÇÃO COM OS ALUNOSReflectir sobre o processo comunicacional e sobre os conceitosabordados de redundância, ruído e entropia em muito podemcontribuir para facilitar o aperfeiçoamento do nosso tipo decomunicação. A meu ver os conceitos abordados também têm muitoa ver com a nossa prática profissional de comunicação com os alunose restante comunidade, não só a escolar, a institucional, a familiarmas também a social. “ A Educação insere-se no conceito de comunicação e exemplifica deuma forma clara a diferea entre comunicar e informar. Umprofessor (emissor) o se limita a transmitir os conhecimentos(informar), cria um processo de comunicação, transmitindo ossaberes (mensagem), utilizando vários recursos (canais),ultrapassando diversas barreiras e obstáculos (rdo) para fazerchegar essa informação aos alunos (receptor). Depois, recorre aosmeios de avaliação, testes, trabalhos, debates, entre outros, paraperceber se os objectivos foram atingidos (feedback) e a partir daí alterar ou não as estratégias utilizadas. “Mas um aluno não se limita a aprender a comunicar…aprende a sabersaber, aprende a fazer e aprende a ser…aprende atras deprocessos sócio-cognitivos a comunicar. O processo de aprendizagemdepende do desenvolvimento próprio da estrutura cognitiva do sujeito(biológico e intelectual).Para Piaget,o pensamento origina-se da acção e temos na sociedade,um sistema de actividades onde as acções se modificam umas àsoutras alcançando formas de equilíbrio. Tais acções são morais, decolaboração, de coacção, de comunicação, enfim, uma construçãocolectiva.Nesta perspectiva o conceito de aprendizagem aqui considerado, nãoentende que o sujeito aprende porque alguém ensina, mas sim, que oaprender é um processo de construção, reconstrução e de tomada deconsciência do próprio desenvolvimento por parte do sujeito.Factor importante: a tomada de consciência do própriodesenvolvimento por parte do sujeito!E referindo ao ensino presencial e ao ensino virtual poderei dizer queo ensino presencial é por excelência a melhor forma de transmitir,comunicar, partilhar, ensinar, educar… uma vez que a todo o instante
 
estamos comunicando, informando, partilhando…quer através darespiração, dos gestos, palavras, sons, expressões, imagem pessoal,expressão etc…a interacção é directa!Os ambientes virtuais serão também excelentes meios de ensino-aprendizagem em que cada sujeito é considerado como um todo,independente do espaço físico em que acessa a rede; rede esta, quecompreende todos os sujeitos além da conexão entre computadores.Na mesma concepção teórica foram constrdos na Educaçãoambientes virtuais (ex. Moodle) ambientes esses em que cadasujeito é considerado como um todo, independente do espaço físicoem que acessa a rede; rede esta, que compreende todos os sujeitosalém da conexão entre computadores. O importante é que,utilizando-se das ferramentas do ambiente, ele consiga estabelecerrelações com seus pares a partir de suas estruturas cognitivas eafectivas e, acima de tudo, que consiga construir novosconhecimentos.E o que estamos a fazer agora neste preciso momento não é issomesmo? E não é isso que se pretende que nossos alunos consigam?- “estabelecer relações com seus pares a partir de suas estruturascognitivas e afectivas e, acima de tudo, que consiga construir novosconhecimentos.” - “a tomada de consciência do próprio desenvolvimento por parte dosujeito.” A escola está inserida num sistema, numa sociedade…A tendência natural dos sistemas é o desgaste - entropia. À medidaque a entropia aumenta, os sistemas se decompõem e existe atendência para que este estado ocorra em função do tempo…a nossasociedade modernizada é exemplo disso…rios factores nosinfluenciam aumentando a entropia.Por outro lado, à medida que aumenta a informão, diminui aentropia, pois a informação é a base da configuração e ordem. Se porfalta de comunicação ou ignorância, os padrões de autoridade, asfuões, a hierarquia de uma organização formal passam a sergradativamente abandonadas, a entropia aumenta e a organizaçãovai-se reduzindo a formas gradativamente mais simples erudimentares de indivíduos e de grupos. Informação como meio ouinstrumento de ordenação do sistema.Por outro lado, existe um equilíbrio dinâmico entre as partes dosistema.

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Patrícia Sofia liked this
Daniela Rocha liked this
Manuel Monge liked this
Joanicy Brito liked this
Elsa Nogueira liked this
Winnie Brandão liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->