Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
bioética e reprodução

bioética e reprodução

Ratings: (0)|Views: 439 |Likes:
Published by torresmoecaipirinha

More info:

Published by: torresmoecaipirinha on Dec 09, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/20/2011

pdf

text

original

 
Saúde, Ética & Justiça. 2005;10(1/2):29-37.29
Principais aspectos legais e constitucionaisda clonagem reprodutiva humanaHuman reproductive cloning: main legaland constitutional aspectsNathan Glina1
1 Advogado. Bacharel em Direito pela Pontifícia UniversidadeCatólica de São Paulo – PUC/SP. E-mail:nathanglina@uol.com.br
Endereço para correspondência
: Alameda Ribeirão Preto, 438.Ap. 1501. Bela Vista. CEP 01331-000. São Paulo, SP.Glina N. Principais aspectos legais e constitucionais da clonagemreprodutiva humana. Saúde, Ética & Justiça. 2005;10(1/ 2):29-37.
RESUMO
: O objetivo do estudo é delinear os principais aspectos daclonagem humana reprodutiva, sob a ótica daConstituição Federal Brasileira de 1988. Para atingir esse objetivo,foram realizadas a pesquisa e análise relativa aosaspectos constitucionais e da legislação atual que podem seraplicados à clonagem humana reprodutiva.
DESCRITORES
: Clonagem de organismos/legislação & jurisprudência. Clonagem de organismos/ética. Temas bioéticos.
INTRODUÇÃO: ASPECTOS GERAIS DACLONAGEM
Clonar significa produzir uma cópiageneticamente idêntica de uma célulaou até mesmo de um indivíduo, ouseja, fabricar desde uma célula até um ser idênticoem sua constituição genética, a outro do qual foioriginado. Com isso, utilizando-se determinadaconstituição genética, existe a possibilidade deoriginar-se infinitos novos seres iguais,geneticamente iguais, àquele de cuja estruturagenética foi copiada.Zatz1 define clones naturais como os gêmeosidênticos que se originam da divisão de um óvulofertilizado. Os clones que se formam naturalmente,ou seja, sem a intervenção bio-científica de outros
 
seres humanos, são naturais, enquanto aquelesoriginados da intervenção de médicos e cientistasseriam clones não naturais, os quais interessam parao presente estudo.A clonagem tem sido facilitada pelo avançoda humanidade no tocante ao conhecimento genéticodos seres vivos, em especial do ser humano, quevem ocorrendo há décadas, sendo certo que oprincipal estudo que vem sendo feito com relação àestrutura genética humana é o Projeto Genoma30 Saúde, Ética & Justiça, São Paulo. 2005;10(1/2):29-37.Glina N. Principais aspectos legais e constitucionais da clonagemreprodutiva humana.Humano, o qual, segundo Cárdia2 “
é um consórcio internacional, composto pelos EUA, Europa e Japão,que tem por objetivo mapear todos os genes da espécie humana, com os seguintes objetivos na área da saúde: a melhoria e simplificação dos métodos de diagnóstico de doenças genéticas, a otimização das terapêuticas destas doenças e a preservação de doenças multifatoriais 
”.Importante frisar-se que a clonagem diferencia seda técnica de modificação genética, a qual se
refere à alteração dos genes de uma célula viva doorganismo. Pode ser de dois tipos: hereditária enão hereditária. A modificação genética não-hereditáriaé aquela que altera os genes de células que nãosejam óvulos e esperma. As alterações nãohereditárias não são passadas para a descendência, pelo que apresentam uma maior aceitação social. A clonagem, no caso humano, divide-se em Duas espécies, que são a Clonagem Reprodutiva ea Clonagem Terapêutica. A Clonagem Terapêuticaé a clonagem de células, em especial as célulastroncototipotentes e também de blastocistos, ouainda células somáticas, que são aquelas célulasquetêm capacidade de se dividirem para formar osdiversos tecidos que compõe o indivíduo e efetuar
 
as diversas tarefas necessárias à vida, através dochamado processo de divisão E diferenciaçãocelular. A finalidade dessa espécie de clonagem é a sua Aplicação em tratamentos de doenças ou problemasRelacionados a acidentes, com a vantagem de evitarsea rejeição do novo tecido, ou até órgão a serimplantado, vez que o doador seria o próprioreceptor,não havendo, portanto incompatibilidade genética. Assim, seria possível reconstituir ou substituirórgãose tecidos em seres humanos.Por outro lado, a Clonagem Reprodutivaapresenta finalidade diversa da Terapêutica, sendoque, conforme Zatz
1 sua proposta retirar o núcleode uma célula somática, que teoricamente poderiaser de qualquer tecido de uma criança ou adulto,inserir esse núcleo em um óvulo e implantá-lo emum útero (que funcionaria como uma barriga dealuguel). Se esse óvulo se desenvolver, teremos umnovo ser com as mesmas características físicas dacriança ou adulto de quem foi retirada a célulasomática. Seria como um gêmeo idêntico nascidoposteriormente. A finalidade dessa espécie declonagem é produzir um outro ser humano,geneticamente idêntico àquele que lhe deu origem,ou seja, fazer uma cópia geneticamente idêntica aodo ser humano cuja célula somática diferenciada foiutilizada.A clonagem humana reprodutiva pode serdefinida como a clonagem de seres humanos, ou depessoas, cuja finalidade é produzir um novo serhumano, idêntico geneticamente, àquele que ooriginou. A clonagem se baseia no fato de que cadacélula de um organismo contém todos oscromossomos com as informações codificadas parao indivíduo completo, ou seja, contém a identidadegenética daquele indivíduo. Conseqüentemente, oser humano clônico, também chamado clone, seria

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Fausto Jaime liked this
nandinha12322 liked this
nrodrigorios950 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->