Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sentenca - tentativa de furto qualificado pela fraude e concurso de agentes - uso de chupa-cabra

Sentenca - tentativa de furto qualificado pela fraude e concurso de agentes - uso de chupa-cabra

Ratings:

4.0

(1)
|Views: 1,164 |Likes:
Published by Rogerio Abreu
A conduta descrita na denuncia consiste na instalacao de dispositivo com camera em terminal de autoatendimento para captacao de senha de cartao eletronico. No momento da retirada do dispositivo, os (dois) acusados foram presos em flagrante delito. Exame pericial constatou a eficacia do dispositivo.
A conduta descrita na denuncia consiste na instalacao de dispositivo com camera em terminal de autoatendimento para captacao de senha de cartao eletronico. No momento da retirada do dispositivo, os (dois) acusados foram presos em flagrante delito. Exame pericial constatou a eficacia do dispositivo.

More info:

Published by: Rogerio Abreu on Dec 09, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/09/2014

pdf

text

original

 
 
PODER JUDICIÁRIO
 
JUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIA
 
SEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBA
 
SEGUNDA VARA FEDERAL
 
ROGÉRIO ROBERTO GONÇALVES DE ABREUJuiz Federal
PROCESSO n. 2009.82.00.006048-4AÇÃO PENAL PÚBLICAAUTOR: MPFRÉUS: Waldeney Alves Cavalcante e Joaquim Rodrigues e Silva
S E N T E N Ç A
1
 
RELATÓRIO
Cuida-se de
AÇÃO PENAL PÚBLICA
movida pelo
MINISTÉRIO PÚBLICOFEDERAL
contra
WALDENEY ALVES CAVALCANTE
e
JOAQUIM RODRIGUES E SILVA
,constando da denúncia que os réus foram presos em flagrante delito no dia 28/06/2009 por
tentarem subtrair valores mediante a instalação de equipamento (“chupa cabra”) destinado a
capturar dados magnéticos em máquina de auto-atendimento (caixa eletrônico) situado emagência da Caixa Econômica Federal no MAG SHOPPING, em João Pessoa/PB, crimeprevisto no art. 155, §4º, incisos II e IV, na forma do art. 14, inciso II, ambos do CódigoPenal brasileiro.A
denúncia
foi
recebida
em 12/08/2009 (f. 09-11).
Defesas
escritas apresentadas (f. 20-1 e 24-30).Em
audiência única
realizada no dia 16 de setembro de 2009, foraminquiridas as testemunhas arroladas pelo Ministério Público Federal e pela defesa,ocorrendo em seguida o interrogatório dos réus (fls. 52-63).Após o interrogatório, dada a palavra às partes para requerimento de
diligências complementares
, o Ministério Público Federal requereu quatro diligências e adefesa requereu a liberdade provisória dos acusados; pedido sobre o qual foi ouvido oMinistério Público Federal, manifestando-se contrariamente.Indeferi o pedido de oitiva de Emmanuel Rodrigo Medeiros de Oliveira e deferio pedido para que fosse oficiado à autoridade policial a fim de requisitar-lhe a remessa dolaudo d
e exame sobre os equipamentos “chupa
-
cabra” apreendidos com os réus.
 Deferi também os pedidos de perícia complementar no HD do
notebook 
 apreendido e de quebra de sigilo telefônico.
1
Sentença tipo D, cf. Res. CJF n. 535/2006.
 
 
PODER JUDICIÁRIOJUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIASEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBASEGUNDA VARA FEDERAL
 
Página 2 de 12
 
ROGÉRIO ROBERTO GONÇALVES DE ABREU
 
Juiz Federal
 
Quanto ao pedido de concessão de liberdade provisória aos acusados,indeferi o mesmo, por entender que assistia razão ao
parquet 
federal em sua manifestaçãocontrária, vez que os acusados defendem-se dos fatos narrados na denúncia, não de seuenquadramento legal. Ademais, as provas dos autos, sobretudo aquelas produzidas emaudiência, não permitiriam concluir de forma contundente pelo desaparecimento dosfundamentos ensejadores do decreto de prisão preventiva, previstos no art. 312 do CPP.As diligências requeridas foram cumpridas, com a apresentação do laudo deexame sobre os equipamentos apreendidos com os réus (f. 80-92), os dados fornecidos pelaempresa de telefonia (f. 100-6) e o laudo de exame no HD do
notebook 
apreendido (109-11).
Alegações finais
do MPF (fls. 128-33) e dos acusados (136-41).Autos conclusos para sentença.É o breve relatório.
DECIDO.FUNDAMENTAÇÃO
 O MPF denunciou WALDENEY ALVES CAVALCANTE e JOAQUIMRODRIGUES E SILVA, narrando que eles:(...) no dia em 28 de junho de 2009, por volta das 16h30, no posto de Auto-Atendimento da Caixa Econômica Federal localizado no estabelecimentocomercial MAG SHOPPING, nesta capital, tentaram subtrair, de formafraudulenta, valores depositados na referida instituição financeira mediante ainstalação, em um dos terminais de auto-atendimento, do aparelhovulgarmente conhecido por
chupa-cabra
, o que não se consumou emdecorrência de circunstâncias alheias às suas vontades.Diz o MPF que os acusados teriam instalado o mencionado aparelho nosegundo caixa de auto-atendimento da referida instituição bancária com o objetivo decapturarem dados e senhas bancárias de correntistas com a finalidade de, em momentoposterior, subtraírem valores depositados nas respectivas contas. Nos outros caixas foramcolocadas fitas no dispositivo de acesso do cartão para provocar erro de leitura e forçar osusuários a usar o caixa em que se instalara o aparelho.
 
 
PODER JUDICIÁRIOJUSTIÇA FEDERAL DE PRIMEIRA INSTÂNCIASEÇÃO JUDICIÁRIA DA PARAÍBASEGUNDA VARA FEDERAL
 
Página 3 de 12
 
ROGÉRIO ROBERTO GONÇALVES DE ABREU
 
Juiz Federal
 
Quando retornaram para retirar o aparelho, por volta das 17h30, os acusadosforam surpreendidos pela vigilância e, em seguida, já com a presença da PF, realizou-seuma busca no veículo do segundo denunciado, encontrando-se outro aparelho paracaptação de senhas e dados bancários, além de um notebook.O laudo de exame de dispositivo de armazenamento computacional revelaque, embora não se tenha encontrado provas de movimentação financeira, encontrava-seno referido notebook um arquivo executável (206DAX21.EXE) que compõe programa paraleitura e escrita em tarjas magnéticas diversas, especialmente aquelas utilizadas em cartõesbancários.Ainda segundo os peritos, conforme diz a denúncia:(...) foram encontrados diversos registros de dados que se encontram nomesmo padrão utilizado em tarjas magnéticas de cartões bancários. O padrãoencontrado é típico de extração/captura de cartões bancários, apresentando,além dos códigos numéricos, caracteres sinalizadores e delimitadoresespecíficos. Acompanhando tais sequências numéricas, encontram-se, ainda,registros de hora e minuto, bem como outras sequências de quatro dígitosque, no contexto, se assemelham às senhas de acesso.De fato, é fácil constatar que as referencias feitas pelo MPF em sua denúnciaretratam fielmente as conclusões registradas pelos peritos criminais no referido exame,realizado ainda na fase de inquérito policial e que bem atestam a finalidade dos aparelhoscolocados nos caixas de auto-atendimento, exatamente como descrito na denúncia. Eramaparatos eletrônicos para a captação de senhas e dados bancários a fim de viabilizar aclonagem de cartões bancários para, dessa forma, subtrair dinheiro dos correntistas,prejudicando, ao final, a própria Caixa Econômica Federal.Da mesma forma, as provas trazidas aos autos tornam inquestionável que osacusados foram presos em flagrante delito, quando recolhiam o aparelho de captação acimareferido e que fora colocado no caixa de auto-atendimento. A partir de uma busca no veículoque utilizavam, os policiais federais encontraram outro aparelho de captação (chupa-cabra)e um notebook, o que tornou impossível contestar sua vinculação aos aparelhos.Além disso, em exame pericial realizado no notebook encontrado no veículo,constataram os peritos que ali havia um programa para leitura e escrita em tarjasmagnéticas, como aquelas que são utilizadas em cartões magnéticos bancários, bem comodados alfanuméricos indicativos da captação de dados e senhas bancárias de algunscorrentistas, o que demonstra a já utilização do notebook para aquela finalidade.

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Marcelo Asamura liked this
Cqueroline liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->