Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
33Activity
×
P. 1
Paper Modelo

Paper Modelo

Ratings: (0)|Views: 12,600|Likes:
Published by leruggiero

More info:

Published by: leruggiero on Dec 10, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

05/28/2013

pdf

text

original

 
1
 
2
 
3
Capítulo 1
A proposta deste trabalho é o comentário de um acórdão sobre um dostemas propostos pela Escola Paulista de Direito, apontando seus pontos positivos enegativos, com a possibilidade de confrontá-lo com outras decisões, de formaindireta, e com a doutrina, sendo interessante a citação dos Enunciados aprovadosnas Jornadas de Direito Civil.Apesar do acóro escolhido para comenrioversar sobre um conflito de competência, em que é suscitante o Juízo de Direito deParaíba do Sul, Estado do Rio de Janeiro e suscitado o Juízo de Direito da 3ª Varade Família, Sucessões e Cível de Goiânia, Estado de Goiás, em seu bojo, porém,houve a constatação da Síndrome da Alienação Parental, o que serviu de esteiopara fundamentar o referido acórdão (p.9 e 10).Primeiramente, é importante conhecer a origem do termo
Síndrome da AlienaçãoParental (SAP).
O termo
 
foi criado pelo Professor do Departamento de PsiquiatriaInfantil da Faculdade de Medicina da Universidade de Columbia, Nova York, EUA,Richard A. Gardner, em meados da década de 80. A SAP foi por ele definida como
(...) um distúrbio da infância que aparece quase exclusivamente no contexto dedisputas de custódia de crianças. Sua manifestação preliminar é a campanhadenegritória contra um dos dos genitores, uma campanha feita pela própria criançae que não tenha nenhuma justificação. Resulta da combinação das instruções deum genitor (o que faz a 'lavagem cerebral', programação, doutrinação) econtribuições da própria criança para caluniar o genitor-alvo. Quando o abuso e/ou negligência parentais verdadeiros estão presentes, a animosidade da criança podeser justificada, e assim a explicação de Síndrome da Alienação Parental para ahostilidade da criança não é aplicável".
1
1
HIRONAKA, Giselda Maria Fernandes Novaes; MONACO, Gustavo Ferraz de Campos.
Síndromeda Alienação Parental. In
DIAS, Maria Berenice.
Direito das Famílias. Contributo do IBDFAM emhomenagem a Rodrigo da Cunha Pereira.
1ª ed., São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2009,p.537.

Activity (33)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Rafael Sena liked this
YAs Stephanie liked this
Isabela Castro liked this
Sabrina Nunes liked this
Renan Monteiro liked this
Alex Girao liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->