Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
DOMÍNIO B- B.1 e B.3

DOMÍNIO B- B.1 e B.3

Ratings:
(0)
|Views: 3|Likes:
Published by biblografias
Sessão 5: O modelo de auto-avaliação das BE- Metodologias de operacionalização (parte I)
Sessão 5: O modelo de auto-avaliação das BE- Metodologias de operacionalização (parte I)

More info:

Published by: biblografias on Dec 16, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/15/2009

pdf

text

original

 
O Modelo de Auto-Avaliação da BE:Metodologias de Operacionalização (Parte I)Formanda: Rosário Anselmo
PLANO DE AVALIAÇÃO DO DOMÍNIO B.LEITURA E LITERACIA
A.BREVE DESCRIÇÃO/ANÁLISE DO OBJECTO SELECCIONADO
O presente plano pretende avaliar parte do domínio relacionado com a Leitura eLiteracia, tal como proposto no Modelo de Auto-Avaliação das BE, da RBE. O planocentra-se na realidade da Escola Secundária com 3º Ciclo de Pinhal Novo, para a qualtenho dirigido a minha particular atenção nesta acção de formação.O trabalho recai sobre dois indicadores- um considerado de processo e outro deimpacto, que aparecem identificados como B.1 e B.3:
B.1 Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura (indicador de processo)B.3 Impacto do trabalho da BE nas atitudes e competências dos alunos, no âmbitoda leitura e das literacias (indicador de impacto)
Se uma das missões da BE é, inegavelmente, relacionar a qualidade dos seusserviços com as necessidades dos seus utentes, também no domínio específico emanálise importa avaliar se as acções levadas a cabo alcançam os objectivos esperados.Talvez se devesse mesmo enfatizar:
 particularmente
neste domínio, já que ele será, por excelência, o alicerce das aprendizagens desenvolvidas em articulação com a BE e,consequentemente, a força motriz de todos os domínios envolvidos num plano deavaliação.O modelo de auto-avaliação proposto orienta a estruturação de cada domíniotendo em conta os indicadores a analisar, a sua operacionalização através de factorescríticos de sucesso, a recolha de evidências (através de instrumentos de medição) eacções para melhoria em áreas a necessitar de intervenção.
B.OBJECTIVOS DO PLANO:
Relativamente ao primeiro indicador seleccionado, importa ver o que (e como)está a ser feito, numa análise que vai do estudo da colecção da BE (a sua natureza,adequação, extensão...), à implementação de acções de promoção de leitura (quer por iniciativa da BE quer em articulação, por exemplo, com o PNL e outros projectosescolares, nomeadamente ao nível da Área de Projecto e do Estudo Acompanhado) e dediversificação de materiais/suportes de leitura.Relativamente ao segundo indicador, este deverá mostrar se a BE comunga dos princípios orientadores de escola e se a sua acção conflui para o sucesso dasaprendizagens, se influencia positivamente o trabalho de professores e alunos e secorresponde às suas necessidades. No fundo, trata-se de verificar se há, relativamente às
 
actividades da BE, participação, progresso e uma crescente autonomia por parte dosalunos, aspectos valorativos do papel da biblioteca na escola.Recolhidas as evidências sobre o que está a ser feito e sobre o impacto dotrabalho da BE nas competências dos alunos, o passo seguinte será claro: a manutençãodas iniciativas e práticas de qualidade e o estabelecimento de acções a implementar.
C.METODOLOGIA:
A primeira etapa da avaliação sobre cada um dos indicadores pressupõe aelaboração de um diagnóstico, centrado nos pontos fortes e pontos fracos (a necessitar, portanto, de desenvolvimento).
B.1
 
Trabalho da BE aoserviço da promoção daleituraPontos Fortes
Inclusão do papel daBE nos documentosorientadores da escola(PEE, PCE)Equipa motivada e com bom relacionamento comos utilizadoresBom fundo documentalExistência de um projectoem articulação com o PNLConjunto de iniciativasregularesAtitude da equipa (emconversas informais) nosentido de incentivar aleitura
Pontos Fracos
Falta de ligação do trabalhoda BE a documentos comoPCT’sInexistência de recursosfinanceiros para aquisiçãode títulosFalta de planificaçãoconjunta com osdocentes/departamentosPouco trabalhodesenvolvido ao nível das potencialidades do uso daWeb
B.3 Impacto do trabalhoda BE nas atitudes ecompetências dos alunos,no âmbito da leitura e dasliteracias.
Elevada taxa de utilizaçãoda BE Número crescente dealunos colaboradores daBEFeedback (ainda que anível informal) de alunos e professores, que sugeremactividades de leitura e deescritaDificuldade em medir níveis de impactoFalta de articulação com osdepartamentos curriculares
 
Sendo o
objecto da avaliação
o domínio referido e respectivos indicadores,tratemos de elencar as
medidas a avaliar
(factores críticos de sucesso), o tipo de
evidências a recolher
e os instrumentos necessários para tal, os
intervenientes
no processo e a
calendarização
das etapas:B.1 FactoresCríticos de sucessoRecolha deevidênciasIntervenientesCalendarizaçãoBoa colecção,adequada aosgostos e perfil dosutilizadoresA BE tem umtrabalho activo com projecto escolar dearticulação com oPNLConjunto deiniciativas própriasregulares:exposições;concursos literários;apresentação delivros/escritores;existência da
 LinhaSaber Falar 24
(resolução dedúvidas de português, emarticulação com orespectivodepartamento);iniciativa “TextosCom Sabor”(poemasseleccionados pelaBE e “servidos” àrefeição); serviçode troca livre delivros e outrosmateriais ligados àleituraCriação de um blogEstatísticas derequisição/uso derecursos da BEEstatísticas deutilização/frequênciada BERegisto de projectose acções ligados à promoção da leituraQuestionários a professores e alunosRegistos deobservação directaFichas de avaliaçãosobre iniciativasrealizadasRegisto decomentários dosutilizadoresEntrevistasOutro tipo defeedback (por exemplo,informalmente, por  parte dosencarregados deeducação ou,formalmente, por  parte da direcção)Professor  bibliotecário,equipa da bibliotecae coordenador doPTEProfessor  bibliotecário edocentes/ direcçãoe outros parceirosenvolvidos nos projectosProfessores ealunosProfessor  bibliotecário eequipa/Professores, alunosDirectores deturma/alunos/encarregados deeducação/direcçãoda escolaAo longo do anoAo longo do ano, deacordo com asiniciativas adecorrer Início do 2º Períodoe 3º Período2º e 3º PeríodosAo longo do ano

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->