Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Código de processo civil lei de introdução

Código de processo civil lei de introdução

Ratings: (0)|Views: 164 |Likes:
Published by FAO-BR

More info:

Published by: FAO-BR on Dec 16, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/16/2009

pdf

text

original

 
Código de processo civilCAPÍTULO IIDA COMPETÊNCIA INTERNACIONAL
Art. 88. É competente a autoridade judiciária brasileira quando:I - o réu, qualquer que seja a sua nacionalidade, estiver domiciliado noBrasil;II - no Brasil tiver de ser cumprida a obrigação;III - a ação se originar de fato ocorrido ou de ato praticado no Brasil.Parágrafo único. Para o fim do disposto no n
o
I, reputa-se domiciliada noBrasil a pessoa jurídica estrangeira que aqui tiver agência, filial ou sucursal.Art. 89. Compete à autoridade judiciária brasileira, com exclusão dequalquer outra:I - conhecer de ações relativas a imóveis situados no Brasil;II - proceder a inventário e partilha de bens, situados no Brasil, ainda que oautor da herança seja estrangeiro e tenha residido fora do território nacional.Art. 90. A ão intentada perante tribunal estrangeiro o induzlitispendência, nem obsta a que a autoridade judiciária brasileira conheça damesma causa e das que Ihe são conexas.
 
DECRETO-LEI N° 4.657, DE 4 DE SETEMBRO DE 1942Lei de Introdução ao Código Civil(Alterada pelas Lei n° 3.238/01.08.1957, LEI Nº 6.515/ 26.12.1977, LEI Nº9.047/08.05. 1995 já inseridas no texto)
O Presidente da República, usando da atribuição que lhe confere o art.180 daConstituição, decreta:Art. 1° - Salvo disposição contrária, a lei começa a vigorar em todo o país 45(quarenta e cinco) dias depois de oficialmente publicada.§ 1° Nos Estados estrangeiros, a obrigatoriedade de lei brasileira, quandoadmitida, se inicia 3 (três) meses depois de oficialmente publicada.§ 2° A vigência das leis, que os governos estaduais elaborem por autorizaçãodo Governo Federal, depende da aprovação deste e começará no prazo que alegislação estadual fixar.§ 3° Se, antes de entrar a lei em vigor, ocorrer nova publicação de seu texto,destinada a correção, o prazo deste artigo e dos parágrafos anteriorescomeçará a correr da nova publicação.§ 4° As correções a texto de lei já em vigor consideram-se lei nova.
 
Art. 2° - Não se destinando à vigência temporária, a lei terá vigor até que outraa modifique ou revogue.§ 1° - A lei posterior revoga a anterior quando expressamente o declare,quando seja com ela incompatível ou quando regule inteiramente a matéria deque tratava a lei anterior.§ 2° - A lei nova, que estabeleça disposições gerais ou especiais a par das jáexistentes, não revoga nem modifica a lei anterior.§ 3° - Salvo disposição em contrário, a lei revogada não se restaura por ter alei revogadora perdido a vigência.Art. 3° - Ninguém se escusa de cumprir a lei, alegando que não a conhece.Art. 4° - Quando a lei for omissa, o juiz decidirá o caso de acordo com aanalogia, os costumes e os princípios gerais de direito.Art. 5° - Na aplicação da lei, o juiz atenderá aos fins sociais a que ela se dirigee às exigências do bem comum.Art. 6º A Lei em vigor terá efeito imediato e geral, respeitados o ato jurídico perfeito, o direito adquirido e a coisa julgada.
(Redação da Lei n°3.238/01.08.1957)
§ 1º Reputa-se ato jurídico perfeito o já consumado segundo a lei vigente aotempo em que se efetuou.
(Redação da Lei n° 3.238/01.08.1957)
§ 2º Consideram-se adquiridos assim os direitos que o seu titular, ou alguém por ele, possa exercer, como aqueles cujo começo do exercício tenha termo

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->