Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Buy Now $0.99
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
26Activity

Table Of Contents

1. INTRODUÇÃO
2. JUSTIFICATIVA
3.1 A DANÇA COMO EXPRESSÃO RELIGIOSA E FOLCLORE
4.1 COORDENAÇÃO MOTORA
4.2 EQUILÍBRIO
4.3 PROPRIOCEPÇÃO
4.4 CINESTESIA
4.5 FORÇA MUSCULAR
5.1 SISTEMA MOTOR
5.2 CONTROLE MOTOR
6. FISIOPATOLOGIA DO CONTROLE MOTOR
7.1 A TÉCNICA DO BALÉ
7.2 BIOMECÂNICA E CINESIOLOGIA DO BALÉ
7.3 CONCEPÇÕES BÁSICAS DO BALÉ (SÉRIE DE EXERCÍCIOS
10. CONSIDERAÇÕES FINAIS
P. 1
AS CONCEPÇÕES DO BALÉ COMO POSSÍVEL RECURSO TERAPÊUTICO NA FISIOTERAPIA

AS CONCEPÇÕES DO BALÉ COMO POSSÍVEL RECURSO TERAPÊUTICO NA FISIOTERAPIA

Ratings: (0)|Views: 1,502|Likes:
Published by danielaandrade

CARDOSO,Daniela da S. A. AS CONCEPÇÕES DO BALÉ COMO POSSÍVEL RECURSO TERAPÊUTICO NA FISIOTERAPIA; Prof. Orientador : Elder Sales Silva; Goiânia : Faculdade Padrão, 2008, 101_folhas, Trabalho de Conclusão de Curso. Em toda história o movimento é inerente ao ser humano que, expressa através da dança todo contexto cultural de uma sociedade apresentando-se também como uma das formas de comunicação entre os povos. A dança, até nos dias de hoje, mantém essas características sendo utilizada também como terapia o que possibilita sua aplicação como recurso terapêutico físico e mental, ou seja, atuando na saúde e bem-estar do indivíduo. O Balé surgiu no séc. XIV na França com significado filosófico que integrava o governo a natureza e o universo. A partir desta época, os movimentos foram sendo formatados onde se desenvolveram concepções que atualmente se subdividem em técnicas características de cada cultura como, por exemplo, a Escola Inglesa com o Sistema Royal Academy of Dancing, Escola Russa com o Sistema Vaganova e o Sistema Cecchetti de origem francesa e italiana. Este trabalho pretende revelar as relações entre propriedades físicas do movimento e parte das concepções do balé como: o controle motor, a coordenação motora, o equilíbrio, a propriocepção, a cinestesia e a força muscular. A cinesiologia do balé é fundamentada basicamente na rotação externa dos quadris, retroversão pélvica, estabilização central e boa postura. Estes são fatores básicos no tratamento do comprometimento motor de algumas patologias, como por exemplo, a paralisia cerebral que possui padrões opostos a estes. Assim, as concepções do balé como possível recurso na fisioterapia poderá atuar nos padrões motores de patologias que necessitam trabalhar as propriedades físicas da dança. Portanto, este trabalho de revisão bibliográfica propõe a dançaterapia através do balé como conduta para reabilitação motora, com uma visão de reintegração do ser nos aspectos físico e emocional, como também sua integração na sociedade. Palavras-chaves: Dança, balé, fisioterapia, recurso terapêutico.

CARDOSO,Daniela da S. A. AS CONCEPÇÕES DO BALÉ COMO POSSÍVEL RECURSO TERAPÊUTICO NA FISIOTERAPIA; Prof. Orientador : Elder Sales Silva; Goiânia : Faculdade Padrão, 2008, 101_folhas, Trabalho de Conclusão de Curso. Em toda história o movimento é inerente ao ser humano que, expressa através da dança todo contexto cultural de uma sociedade apresentando-se também como uma das formas de comunicação entre os povos. A dança, até nos dias de hoje, mantém essas características sendo utilizada também como terapia o que possibilita sua aplicação como recurso terapêutico físico e mental, ou seja, atuando na saúde e bem-estar do indivíduo. O Balé surgiu no séc. XIV na França com significado filosófico que integrava o governo a natureza e o universo. A partir desta época, os movimentos foram sendo formatados onde se desenvolveram concepções que atualmente se subdividem em técnicas características de cada cultura como, por exemplo, a Escola Inglesa com o Sistema Royal Academy of Dancing, Escola Russa com o Sistema Vaganova e o Sistema Cecchetti de origem francesa e italiana. Este trabalho pretende revelar as relações entre propriedades físicas do movimento e parte das concepções do balé como: o controle motor, a coordenação motora, o equilíbrio, a propriocepção, a cinestesia e a força muscular. A cinesiologia do balé é fundamentada basicamente na rotação externa dos quadris, retroversão pélvica, estabilização central e boa postura. Estes são fatores básicos no tratamento do comprometimento motor de algumas patologias, como por exemplo, a paralisia cerebral que possui padrões opostos a estes. Assim, as concepções do balé como possível recurso na fisioterapia poderá atuar nos padrões motores de patologias que necessitam trabalhar as propriedades físicas da dança. Portanto, este trabalho de revisão bibliográfica propõe a dançaterapia através do balé como conduta para reabilitação motora, com uma visão de reintegração do ser nos aspectos físico e emocional, como também sua integração na sociedade. Palavras-chaves: Dança, balé, fisioterapia, recurso terapêutico.

More info:

Published by: danielaandrade on Dec 20, 2009
Copyright:Traditional Copyright: All rights reserved
List Price: $0.99 Buy Now

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See more
See less

09/17/2013

$0.99

USD

pdf

You're Reading a Free Preview
Pages 11 to 18 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 29 to 34 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 45 to 77 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 88 to 89 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Page 100 is not shown in this preview.

Activity (26)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Mhmd Iraky liked this
Glória Vilella liked this
danielaandrade liked this
danielaandrade liked this
danielaandrade liked this
danielaandrade liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->