Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A visitação da Virgem Maria

A visitação da Virgem Maria

Ratings: (0)|Views: 32|Likes:
Da Exposição sobre o Evangelho de São Lucas, Santo Ambrósio, bispo e doutor da Igreja.
(Lib. 2, 19. 22-23.26-27: CCL 14, 39-42)
A visitação da Virgem Maria
O Anjo anunciara à Virgem Maria coisas misteriosas. Para fortalecer sua fé com um exemplo, anunciou-lhe a maternidade de uma mulher idosa e estéril, como prova de que é possível a Deus tudo que ele quer.
Logo ao ouvir a notícia, Maria dirigiu-se às montanhas não por falta de fé na profecia ou falta de confiança na mensagem, nem por duvidar do exemplo dado, mas guiada pela felicidade de ver cumprida a promessa, levada pela vontade de prestar um serviço, movida pelo impulso interior de sua alegria.
Já plena de Deus, aonde ir depressa senão às alturas? A gra­ça do Espírito Santo ignora a lentidão. Manifestam-se imedia­tamente os benefícios da chegada de Maria e da presença do Senhor, pois quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a crian­ça exultou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo (Lc 1,41).
Notai como cada palavra está escolhida com perfeita preci­são e propriedade: Isabel foi a primeira a ouvir a voz, mas João foi o primeiro a pressentir a graça; aquela ouviu segundo a or­dem da natureza, este exultou em virtude do mistério. Ela per­cebeu a chegada de Maria, ele, a do Senhor; a mulher ouviu a voz da mulher, o menino sentiu a presença do Filho; elas pro­clamam a graça de Deus, eles realizam-na interiormente, ini­ciando no seio de suas mães o mistério de misericórdia; e, por um duplo milagre, as mães profetizam sob a inspiração de seus filhos.
A criança exultou, a mãe ficou cheia do Espírito Santo. A mãe não se antecipou ao filho; mas estando o filho cheio do Es­pírito Santo, comunicou-o a sua mãe. João exultou; o espírito de Maria também exultou. A alegria de João se comunica a Isa­bel; quanto a Maria, porém, não nos é dito que recebesse então o Espírito, mas que seu espírito exultou. – Aquele que é incompreensível agia em sua mãe de modo incompreensível – Isabel recebe o Espírito Santo depois de conceber; Maria recebeu antes. Por isso, Isabel diz a Maria: Feliz és tu que acreditaste (cf. Lc 1,45).
Felizes sois também vós, que ouvistes e acreditastes, pois toda alma que possui a fé concebe e dá à luz a Palavra de Deus e conhece suas obras.
Esteja em cada um de vós a alma de Maria para engrandecer o Senhor: cada um esteja o espírito de Maria para exultar em Deus. Embora segundo a natureza haja uma só Mãe de Cristo, segundo a fé o Cristo é o fruto de todos; pois toda alma recebe o Verbo de Deus desde que, sem mancha e libertada do pecado, guarda a castidade com inteira pureza.
Toda alma que alcança esta perfeição, engrandece o Senhor como a alma de Maria o engrandeceu e seu espírito exultou em Deus, seu Salvador.
Na verdade, o Senhor é engrandecido, como lemos noutro lugar: Comigo engrandecei ao Senhor Deus (Sl 33,4). Não que a palavra humana possa acrescentar algo ao Senhor, mas por­que ele é engrandecido em nós: a imagem de Deus é o Cristo e assim, quando alguém age com piedade e justiça, engrandece essa imagem de Deus, a cuja semelhança foi criado; e, engran­decendo-a participa cada vez mais da grande divina.
Da Exposição sobre o Evangelho de São Lucas, Santo Ambrósio, bispo e doutor da Igreja.
(Lib. 2, 19. 22-23.26-27: CCL 14, 39-42)
A visitação da Virgem Maria
O Anjo anunciara à Virgem Maria coisas misteriosas. Para fortalecer sua fé com um exemplo, anunciou-lhe a maternidade de uma mulher idosa e estéril, como prova de que é possível a Deus tudo que ele quer.
Logo ao ouvir a notícia, Maria dirigiu-se às montanhas não por falta de fé na profecia ou falta de confiança na mensagem, nem por duvidar do exemplo dado, mas guiada pela felicidade de ver cumprida a promessa, levada pela vontade de prestar um serviço, movida pelo impulso interior de sua alegria.
Já plena de Deus, aonde ir depressa senão às alturas? A gra­ça do Espírito Santo ignora a lentidão. Manifestam-se imedia­tamente os benefícios da chegada de Maria e da presença do Senhor, pois quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a crian­ça exultou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo (Lc 1,41).
Notai como cada palavra está escolhida com perfeita preci­são e propriedade: Isabel foi a primeira a ouvir a voz, mas João foi o primeiro a pressentir a graça; aquela ouviu segundo a or­dem da natureza, este exultou em virtude do mistério. Ela per­cebeu a chegada de Maria, ele, a do Senhor; a mulher ouviu a voz da mulher, o menino sentiu a presença do Filho; elas pro­clamam a graça de Deus, eles realizam-na interiormente, ini­ciando no seio de suas mães o mistério de misericórdia; e, por um duplo milagre, as mães profetizam sob a inspiração de seus filhos.
A criança exultou, a mãe ficou cheia do Espírito Santo. A mãe não se antecipou ao filho; mas estando o filho cheio do Es­pírito Santo, comunicou-o a sua mãe. João exultou; o espírito de Maria também exultou. A alegria de João se comunica a Isa­bel; quanto a Maria, porém, não nos é dito que recebesse então o Espírito, mas que seu espírito exultou. – Aquele que é incompreensível agia em sua mãe de modo incompreensível – Isabel recebe o Espírito Santo depois de conceber; Maria recebeu antes. Por isso, Isabel diz a Maria: Feliz és tu que acreditaste (cf. Lc 1,45).
Felizes sois também vós, que ouvistes e acreditastes, pois toda alma que possui a fé concebe e dá à luz a Palavra de Deus e conhece suas obras.
Esteja em cada um de vós a alma de Maria para engrandecer o Senhor: cada um esteja o espírito de Maria para exultar em Deus. Embora segundo a natureza haja uma só Mãe de Cristo, segundo a fé o Cristo é o fruto de todos; pois toda alma recebe o Verbo de Deus desde que, sem mancha e libertada do pecado, guarda a castidade com inteira pureza.
Toda alma que alcança esta perfeição, engrandece o Senhor como a alma de Maria o engrandeceu e seu espírito exultou em Deus, seu Salvador.
Na verdade, o Senhor é engrandecido, como lemos noutro lugar: Comigo engrandecei ao Senhor Deus (Sl 33,4). Não que a palavra humana possa acrescentar algo ao Senhor, mas por­que ele é engrandecido em nós: a imagem de Deus é o Cristo e assim, quando alguém age com piedade e justiça, engrandece essa imagem de Deus, a cuja semelhança foi criado; e, engran­decendo-a participa cada vez mais da grande divina.

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/11/2013

pdf

text

original

 
Tempo do Advento – 21 de Dezembro
Tropário (4º tom):Hoje é o prelúdio da alegria universal. Com júbilo celebremosa pré-festa, pois Gabriel com espanto e temor se aproxima daVirgem para anunciar-lhe a boa nova: Ave, ó cheia de graça, oSenhor é contigo!
 
Tempo do Advento – 21 de Dezembro
Segunda Leitura
Da Exposição sobre o Evangelho de São Lucas, Santo Ambrósio, bispo e doutor da Igreja.(
 Lib. 2, 19. 22-23.26-27: CCL 14, 39-42
)
A visitação da Virgem Maria
 O Anjo anunciara à Virgem Maria coisas misteriosas. Parafortalecer sua fé com um exemplo, anunciou-lhe a maternidade deuma mulher idosa e estéril, como prova de que é possível a Deustudo que ele quer.Logo ao ouvir a notícia, Maria dirigiu-se às montanhas não por falta de fé na profecia ou falta de confiança na mensagem, nem por duvidar do exemplo dado, mas guiada pela felicidade de vecumprida a promessa, levada pela vontade de prestar um serviço,movida pelo impulso interior de sua alegria.Já plena de Deus, aonde ir depressa senão às alturas? A graça doEspírito Santo ignora a lentidão. Manifestam-se imediatamente os benefícios da chegada de Maria e da presença do Senhor, poisquando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança exultou no seuventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo (Lc 1,
41
). Notai como cada palavra está escolhida com perfeita precisão e propriedade: Isabel foi a primeira a ouvir a voz, mas João foi o primeiro a pressentir a graça; aquela ouviu segundo a ordem danatureza, este exultou em virtude do mistério. Ela percebeu achegada de Maria, ele, a do Senhor; a mulher ouviu a voz damulher, o menino sentiu a presença do Filho; elas proclamam agraça de Deus, eles realizam-na interiormente, iniciando no seio desuas mães o mistério de misericórdia; e, por um duplo milagre, asmães profetizam sob a inspiração de seus filhos.A criança exultou, a mãe ficou cheia do Espírito Santo. A mãenão se antecipou ao filho; mas estando o filho cheio do EspíritoSanto, comunicou-o a sua mãe. João exultou; o espírito de Mariatambém exultou. A alegria de João se comunica a Isabel; quanto aMaria, porém, não nos é dito que recebesse então o Espírito, masque seu espírito exultou. – Aquele que é incompreensível agia emsua mãe de modo incompreensível – Isabel recebe o Espírito Santo(Séc. IV)

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->