Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
111Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
resumo - direito internacional publico prof luciane amaral correa

resumo - direito internacional publico prof luciane amaral correa

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 29,403|Likes:
Published by Ricardo Palma

More info:

Published by: Ricardo Palma on Dec 29, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

08/15/2013

pdf

text

original

 
ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA FEDERAL –DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO – 2000.Prof. Dra. Luciane Amaral Correia – Juíza da 8ª Vara Cível de Porto Alegre/RSALUNA: Nara Maria de Freitas Nonnenmacher 
1
ªAULA
 
DIA
17-10-2000
DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO
FONTES DO DIREITO INTERNACIONAL
BIBLIOGRAFIA
:Manual de ResekManual Hildebrando AcciolyCurso de DIP Celso de A MelloIan BrownlicPeter MalanczuckJean CombacawThomas BurgenthalMalcon ShawFeldmamPastor Rijuerdo(espanhol)
INTRODUÇÃO
Vamos começar falando de notícias interessantes que estão atualmente emtodos os meios de comunicação, como o conflito no oriente que nos trás apreocupação do aumento do preço do petróleo, etc. Outra notícia é sobre a situaçãode Milosevic na Iugoslávia, o Presidente da Iugoslávia quer dar anistia, e tem umTribunal Penal em Haia, constituído especialmente para julgá-lo, então, discute-sese ele poderia ser simplesmente levado para o Tribunal, se a Iugoslávia der anistia,como isso se processa? Há pouco tempo tivemos o caso Pinochet, que estava emum outro Estado e se discutia se ele poderia ser ou não ser julgado, e uma série deoutras questões.A partir de tudo isso que estamos vendo, poderíamos dizer que existe umDireito Internacional? Que existe um ordenamento internacional? E se existe a partir destas condições, quais seriam as fontes desse Direito Internacional?Por exemplo, qual a maior briga dos Palestinos? A maior revolta? Eles têmbasicamente duas grandes reivindicações: uma delas é a questão da possibilidadedo retorno dos palestinos que ficaram refugiados, desde que Israel tomou
1
 
ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA FEDERAL –DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO – 2000.Prof. Dra. Luciane Amaral Correia – Juíza da 8ª Vara Cível de Porto Alegre/RSALUNA: Nara Maria de Freitas Nonnenmacher 
determinados locais e eles tiveram de sair de suas casas e houve uma Resoluçãoda Assembléia Geral da ONU, mais de 20 anos atrás, que determinando que essespalestinos que tiveram que fugir de suas casas, que eles teriam ou o direito aoretorno ou o direito a uma compensação financeira por tudo que eles perderam.Um outro aspecto dessa questão, eles querem o direito aos lugares santos,que também foi reconhecido por uma outra Resolução do Conselho de Segurançada ONU. Além disso, no caso de Milosevic, se ele estiver na Iugoslávia, ele pode ser simplesmente tirado da Iugoslávia e ser levado para Haia para ser julgado? Seráque os EUA, a OTAN, têm força para entrar no território de outro Estado e retirá-lopara ser julgado num Tribunal Internacional?A partir disso, existe ou não existe um ordenamento Internacional, para queele serve? E quais seriam as fontes desse ordenamento?Quanto às Resoluções da ONU que ela quer que sejam cumpridas, o que sepode concluir? O que é isso com relação ao Direito Internacional?Os países que integram a Organização têm que respeitar as resoluções.E o que são as Resoluções? Seriam uma fonte de direito internacional? Sim.E por que? Seriam decisões de Organizações Internacionais.O Milosevic é acusado de crime de genocídio, e existe um Tribunal Penalem Haia que está constituído para o seu julgamento, só que o novo Presidente daIugoslávia resolveu que vai lhe conceder anistia e portanto ele não vai poder ser enviado para o Tribunal em Haia. A pergunta é, se outro Estado pode simplesmenteforçar a Iugoslávia, compeli-la a levá-lo ao Tribunal de Haia? Do ponto de vistainternacional isso é possível? Por que? Será que nós podemos organizar uma forçae entrar na Iugoslávia para carregar Milosevic para o Tribunal de Haia?
Observão: o previsão de extradão para TribunaisInternacionais. A extradição é sempre um acordo bilateral, entreEstados. Existe a previsão da criação de um Tribunal Internacionalpermanente, que é trabalho de Roma, de 1998, mas que ainda não foiimplementado. A princípio, não temos.
Existe um Direito Internacional Público que regula as relações entre pessoas jurídicas de Direito Internacional Público.As pessoas jurídicas de direito internacional público por excelência, são osEstados, veremos depois quem são essas pessoas.
2
 
ESCOLA SUPERIOR DA MAGISTRATURA FEDERAL –DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO – 2000.Prof. Dra. Luciane Amaral Correia – Juíza da 8ª Vara Cível de Porto Alegre/RSALUNA: Nara Maria de Freitas Nonnenmacher 
Os Estados se tornam paradigmas para que a gente confira ou reconheça,ou não, personalidade jurídica de direito internacional a outros tipos de pessoas,como por exemplo às organizações internacionais.Esse direito internacional público, que se destina a regular as relações entreos Estados, têm como
FONTES
:
FONTES DE DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO:
*1)TRATADOS INTERNACIONAIS (ART.38 DA CIJ)*2)COSTUME INTERNACIONAL (ART.38 CIJ)*3)PRINPIOS GERAIS DE DIREITO INTERNACIONAL BLICO(ART.38 CIJ)*4)EQÜIDADE (ART. 38 CIJ)*5)DOUTRINA (ART. 38 CIJ)6)DECISÕES TOMADAS NO ÂMBITO DE ORGANIZAÇÃOINTERNACIONAL7)JURISPRUDÊNCIA8)ATOS UNILATERAIS
(*) Observação: os cincos primeiros estão reconhecidos no artigo 38 do Estatuto daCorte Internacional de Justiça – CIJ (Tratados, Costume, Princípios Gerais de DIP,Eqüidade, e a Doutrina
 
).
O que vimos aqui?Porque os EUA não podem invadir a Iugoslávia e levar o Milosevic para julgamento em Haia?Não tem nenhum tratado entre os EUA e a Iugoslávia que diga isso.Nenhum tratado que diga que os EUA não podem entrar no território brasileiro einvadir a Amazônia, que é o “pulmão do mundo”.Por que os pses o podem fazer isso? o existe um tratadodeterminado dizendo que não possam fazer isso.Porque existe um
costume internacional
, e até o começo deste séculoquase todo o direito internacional público era costumeiro. A partir do final do séculopassado é que começaram a surgir os Tratados Internacionais. E hoje em dia há
3

Activity (111)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Sheyla Ennes liked this
Natália Avila liked this
coimbracity liked this
seth_fx8231 liked this
Heloisa Bettiol liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->