Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Inteligência Artificial no Game Design1

Inteligência Artificial no Game Design1

Ratings: (0)|Views: 323 |Likes:
Published by arnaldoccn4731

More info:

Published by: arnaldoccn4731 on Jan 07, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/01/2010

pdf

text

original

 
Inteligência Artificial no Game Design
Arnaldo CastroPontifícia Universidade Católica de São Paulo, Graduação emTecnologia em Jogos Digitais, Brasil
Resumo
Este trabalho trata da importância daInteligência Artificial no Game Design,abordando seus aspectos maisrelevantes para este campo. Oobjetivo do trabalho é fazer umaanálise de todo este campo, desde anoção básica do que é InteligênciaArtificial para por fim oferecer umaboa noção aos desenvolvedores decomo este campo pode influenciarseu trabalho e também como ele devese desenvolver no futuro, servindocomo base teórica .
Palavras-chave 
: Inteligência,Artificial, Game, Design,Desenvolvimento, Jogos.
Contado com o autor: 
http://arnaldocastro.wordpress.com
O que é?
De acordo com o site AskOxford.com,site do dicionário Oxford, inteligênciasignifica, basicamente, a capacidadede adquirir e aplicar conhecimentos ehabilidades, e artificial, como algofeito como uma cópia de algo que énatural. Com a junção dos termostemos que inteligência artificial é acapacidade de adquirir e aplicarconhecimento ehabilidades copiando o modo naturalcomo ocorrem. Tal definição estácerta, mas para melhorá-la podemosusar a definição do conjunto onde sediz que inteligência artificial é odesempenho de sistemas eletrônicosrealizando tarefas que normalmenterequerem inteligência humana.Estabelecendo estes significados já épossível ter uma noção do que éinteligência artificial, mas resumiresse termo apenas a tais conceitosseria um erro, pois dependendo deseu uso, de seu nível ou de seu tipo,ela pode assumir diversos outrossignificados.
Níveis de Inteligência Artificial
De acordo com algumas correntesque estudam a inteligência artificial ¹,esta pode ser dividida em Nível Fortee Nível Fraco. A inteligência artificialde nível forte é aquela que reproduzfielmente os conhecimentos ehabilidades da mente humana.Entidades com este nível deinteligência artificial gerariam uma
 
série de problemas éticos como osvistos em diversos filmes de ficção
científica como “
Artificial Intelligence:AI
”,
Bicentennial Man
”, “I, Robot”
entre outros. A inteligência artificialde nível fraco é toda aquela quereproduz parcialmente taisconhecimentos e habilidades,geralmente feita com um propósitoespecífico. Exemplos famosos destacategoria seriam os programasconhecidos como
chatterbots,
onde,através de algoritmos, ospersonagens conversam com seuusuário. Os mais famosos destes são ochatterbot Eliza e o Alice, ambosdesenvolvidos por equipes do MIT(
Massachusetts Institute of  Technology 
).Uma maneira prática para seidentificar o nível de inteligência deuma entidade é aplicar
o “Teste deTuring”
. Publicado pela primeira vezem 1950 por Alan Turing, esse testetem como objetivo ver se a entidade éconsciente ou não. Até hoje nenhumamáquina passou de formaplenamente satisfatória pelo teste.
Tipos de Inteligência Artificial
Existem, basicamente, dois tipos deIA, a Centralizada e a Distribuída(João Ranhel: Os game designers e aInteligência Artificial). Esses tiposdiferem no modo de funcionamentodela e dependem de qual é afinalidade dela.A centralizada possui um softwareonisciente que tem plena noção detodas as variáveis que estão atuandosob a inteligência, como espaço,tempo, interação, reação e entrada esaída de dados.A distribuída trabalha com agentesindependentes que só controlam aspartes que estão programadas paratratar e são capazes de interagir comos outros agentes formando um todono final.
Agentes Inteligentes
Esses agentes, citados anteriormente,possuem uma série de característicasbásicas
(FERNANDES, 2005:91)
. Essascaracterísticas são autonomia -habilidade de se manter semintervenção humana-, habilidadesocial - a capacidade de interagir comoutros agentes através da mesmalinguagem-, reatividade - percebe e seadapta a mudanças no ambiente epró-atividade, o agente age com baseem sua percepção ou agedemonstrando certa iniciativa. Paraum agente ser consideradointeligente ele deve ter todas essascaracterísticas, que não precisam seravançadas, mas deve ter todas.Estes agentes podem ser divididos emtipos em uma classificação baseadanas principais características deles ena forma como funcionam. Reativosagem de acordo com suas percepções,mas não mantém um histórico detodas elas. Cognitivos possuem meiosde decisão, interação sofisticada ealto grau de iniciativa, os quais podese subdividir em funcionais, quepossuem conhecimento, objetivo etem capacidade de percepção,comunicação e raciocínio e osbaseados em estados mentais, que
 
possuem estados a respeito dedomínio de crenças, capacidade deescolha e compromisso. AgentesHíbridos são dotados decomportamentos reativos e sepossuírem algum objetivo,apresentam um comportamentodeliberativo. Agentes Inteligentes sãoagentes que possuem todas ascaracterísticas em nível alto,armazenam todas as ações e reagemadequadamente a tudo.
Particularidades
A caracterização da IA de modo geral,mesmo especificando seus diversosníveis, tipos e agentes, ainda sim nãoé suficiente para explicar a aplicadaao Game Design. Ao contrário daacadêmica, que procura imitar oscomportamentos humanos, ainteligência artificial para o GameDesign, antigamente conhecida comoprogramação de jogabilidade, nãopossui um objetivo fixo, ela só temque funcionar adequadamente para oque está sendo empregada. Games degêneros diferentes não possuem asmesmas necessidades de inteligênciaartificial, isto pode ser concluídoverificando as técnicas utilizadas.
Técnicas
 
Existem diversas técnicas para seimplementar inteligência artificialnos games. Jogos como
Half-Life 
e
Unreal 
usam uma técnica chamada
finite state machines 
e um sistema
scripts 
, já um game como o
The Sims 
 usa técnicas distintas como a
Artificial Life 
e
fuzzy state machines 
.
Aplicação
Existem fatores que devem serlevados em conta antes da aplicaçãodas técnicas no game. Entre elespodemos destacar a dinâmica dogames, como o jogo funcionará,comportamentos desejados aos NPCs,ambiente escolhido, a linguagem a serutilizada e a
engine 
e a parte daengenharia de software, como osdados serão trabalhados para osNPCs, o que eles receberão, enviarãoe captarão. (João Ranhel: Os gamedesigners e a Inteligência Artificial)
Engines
Apesar de existirem muitas técnicas,as engines,
softwares 
desenvolvidospara criação e desenvolvimento degames, ainda estão engatinhando e,mesmo as mais avançadas nãopossuem uma grandecompatibilidade com todas astécnicas.Talvez uma solução para esseproblema seja a criação de umaengine própria para odesenvolvimento da IA do game, euma dedicação maior dosdesenvolvedores.
Futuro
No futuro a inteligência artificialpoderá se desenvolver de forma atrabalhar significativamente anarrativa do game, o que poderiagerar uma experiência inédita,histórias coerentes criadas de formaoriginal por entidades artificiais.

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Yuri Souza Padua liked this
Yuri Souza Padua liked this
alexmarcel liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->