Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
38Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Trabalho DR4 Mobilidaddes Locais e Globais

Trabalho DR4 Mobilidaddes Locais e Globais

Ratings: (0)|Views: 7,834 |Likes:
Published by srjorgesantos

More info:

Published by: srjorgesantos on Jan 14, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/09/2013

pdf

text

original

 
 
2009
Jorge Santos nº13CLC 6 – DR401-06-2009
Mobilidades Locais e Globais
 
 
DR4 – CLC6 – Mobilidades Locais e Globais
 
Actuar compreendendo as causas Económicas, Políticas e Culturais dos fluxosmigratórios das populações, e reconhecendo a importância do multiculturalismopara a diversidade da oferta cultural;
 
Actuar individual e colectivamente na defesa do património linguístico comum dalíngua Portuguesa e do seu papel e lugar no Mundo, compreendendo a suaimportância, Histórica e Cultural;
 
Actuar no Mundo Global, tendo em conta que a língua é um elemento essencialdo funcionamento das Sociedades e das relações entre as pessoas de diferentesorigens Sociais e Culturais, e um factor indiscutível de integração.
Trabalho
- Identificar diferentes comunidades imigrantes em Portugal e as causas principais daimigração (tipo I – Cultura)- Relacionar a sua presença com novas tendências culturais e artísticas (tipo II – cultura)- Identificar num mapa os países onde se fala o Português (tipo I – Comunicação)- Evidenciar a expansão e a importância da língua Portuguesa no Mundo (tipo III – Língua)
 
 Portugal foi durante séculos um país onde a maior parte da sua população se viu forçadaa emigrar para poder sobreviver, o que ainda continua a acontecer. A história de cadauma das inúmeras comunidades portuguesas espalhadas por todo o mundo espelhamesta dura realidade. Nos vinte últimos anos, Portugal tornou-se também num destinopara muito imigrantes.Até aos nos noventa, foi sobretudo procurado por habitantes dos países lusófonos, masactualmente preponderam os oriundos dos países do leste da Europa.O grande "boom" da imigração ocorreu a partir de 1999 e só em 2003 abrandou.O número de imigrantes legais em Portugal, atinge 388.258 pessoas (meados de 2002). Asituação torna-se então extremamente difícil de controlar, sobretudo devido à acção dasredes de imigração clandestina.Até aos anos 90 do século XX, a maioria da imigração em Portugal era oriunda de paíseslusófonos. A partir de 1999 começou-se a moldar um tipo de imigração diferente e emmassa proveniente da Europa de Leste. Este grande fluxo migratório deveu-se à aberturadas fronteiras da União Europeia por parte da Alemanha, em 1999. No entanto, devido àescassez de empregos indiferenciados nesse país, fez com que estes migrassem para sul,para a Península Ibérica, onde existiam grandes necessidades de mão-de-obra para aconstrução civil e agricultura nos dois países ibéricos. A maioria desses imigrantes estavadividida em dois grupos, os eslavos: ucranianos, russos e búlgaros, e os latinos de leste:romenos e moldavos.Um dos maiores grupos, que se fixou nas regiões de Lisboa, Setúbal, Faro e Porto foramos ucranianos, e ninguém sabe ao certo o seu número total. O número de imigranteslegais é de cerca de 70 000, sendo que este número é muitas vezes inferior à realidade. Ogrupo é de tal forma numeroso que fez com que a Ucrânia, de país distante edesconhecido, passasse a familiar. A imigração de leste tornou-se de difícil controlo.Em 2003, a imigração em massa proveniente do leste europeu estacou, surgindo assim aimigração mais significativa de brasileiros e asiáticos de várias origens (nomeadamenteindianos e chineses).A imigração e emigração em geral ocorrem por iniciativa pessoal, pela busca de melhorescondições de vida e de trabalho por parte dos que imigram, ou ainda para fugir deperseguições ou discriminações por motivos religiosos, políticos ou guerras. Foi oprincipal motivo dos movimentos migratórios ocorridos da Europa e da Ásia para asAméricas no século XIX e também no início do século XX (muito embora houvessetambém o interesse na entrada de imigrantes, por razões demográficas ou para o"branqueamento" da sua população, por parte dos países de acolhimento). Esse processotambém pode ser incentivado por governos de países que queiram aumentar o tamanho

Activity (38)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Manuel Jose liked this
Silvia Rodrigues liked this
mtzezere liked this
aires_p liked this
aires_p liked this
Jose Fernandes liked this
Vera Moreira liked this
Anabela Flores liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->