Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PortuguÊs lÍngua nÃo Materna No CurrÍculo Nacional

PortuguÊs lÍngua nÃo Materna No CurrÍculo Nacional

Ratings: (0)|Views: 1,117 |Likes:

More info:

Published by: Maria Joaquina Pereira de Carvalho on Jan 22, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/20/2012

pdf

text

original

 
 
PORTUGUÊS LÍNGUA NÃO MATERNA NOCURRÍCULO NACIONAL
DOCUMENTO ORIENTADORJulho 2005
PROGRAMA PARA INTEGRAÇÃO DOS ALUNOS QUE NÃO TÊM O PORTUGUÊSCOMO LÍNGUA MATERNA
 
 2
 ÍNDICE
1
.
INTRODUÇÃO
.....................................................................................................................................
3
2. DIAGNÓSTICO DA SITUAÇÃO ACTUAL
 2.1 –
Evolução da imigração................................................................................................6
2.2 –
Situação dos alunos ...................................................................................................6
2.3 –
Enquadramento legal .................................................................................................7
3. PRINCÍPIOS BÁSICOS E OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS
.............................................................
9
4. MEDIDAS DE ACOLHIMENTO E DE ESCOLARIZAÇÃO
4.1
Medidas de acolhimentoMedida 1 – Organização do processo individual e escolar do aluno..........................11Medida 2 – Criação de uma Equipa Multidisciplinar e Multilingue..............................12Medida 3 – Teste diagnóstico de Língua Portuguesa.................................................14
4.2
Medidas de EscolarizaçãoMedida 1 – Elaboração de Orientações Nacionais ....................................................15Medida 2 – Grupos de Nível de Proficiência: criação e funcionamento......................16Medida 3 – Avaliação das Aprendizagens .................................................................17Medida 4
 
 – Definição do Perfil do Professor de PLNM ..............................................20
5. APOIO A PROGRAMAS DE APRENDIZAGEM DA LÍNGUA MATERNA E DA CULTURA DEORIGEM
..................................................................................................................................23
6. NÍVEIS DE INTERVENÇÃO E DE ACTUAÇÃO
......................................................................23
 
 3
 
1. INTRODUÇÃO
As mudanças ocorridas na sociedade portuguesa nas últimas décadas, resultado demovimentos migratórios, colocam às escolas constantes desafios que, num esforçosuplementar, procuram fazer da diversidade um factor de coesão e de integração.A heterogeneidade sociocultural e a diversidade linguística dos alunos representamuma riqueza que necessita de condições pedagógicas e didácticas inovadoras eadequadas para a aprendizagem da língua portuguesa em todas as áreas do saber eda convivência.Numa sociedade multicultural como a nossa, o reconhecimento e o respeito pelasnecessidades individuais de todos os alunos em contexto de diversidade e pelasnecessidades específicas dos alunos recém-chegados ao sistema educativo nacionaldevem ser assumidos como princípio fundamental na construção de projectoscurriculares adequados a contextos de diversidade cultural e que asseguremcondições equitativas de acesso ao currículo e ao sucesso educativo.Os projectos curriculares deverão conter orientações específicas sobre a planificaçãodo ensino e aprendizagem de Português língua não materna, bem como estratégiase materiais.A escola é o espaço privilegiado para desenvolvimento da integração social, culturale profissional das crianças e jovens recém-chegados. O seu sucesso escolar,intrinsecamente ligado ao domínio da língua portuguesa, é o factor essencial destaintegração. Assegurar uma integração eficaz e de qualidade é um dever do Estado eda Escola.Esta realidade sociocultural requer o empenho da escola e da sociedade com vista a:
Repensar a educação em função da diversidade linguística e cultural,incentivando uma cultura de escola;

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Com relaçao ao portugues para os angolanos,é necessario que cada um de nós decida por si,pois ha pessoas que tem-no como primeira lingua,outros como segunda, e ainda assi,outros a tem como terceira,portanto a questao de ser ou nao lingua materna depende de cada um......
Maria Guerra liked this
ricardo5421 liked this
ANA liked this
ANA liked this
analuciacosta liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->