Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
44Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Texto narrativo (6)

Texto narrativo (6)

Ratings: (0)|Views: 6,880|Likes:
Published by Carlos Vaz

More info:

Published by: Carlos Vaz on Jan 27, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/23/2013

pdf

text

original

 
1.
Categoriasda narrativa
2.
Estrutura deuma narrativacompleta
NarradorPersonagensAcçãoTempo (Quando?)Espaço (Onde?)participante ou presente na acçãonão-participante ou ausente da acçãopersonagem principal ou protagonistapersonagem secundáriafigurantesSituação inicialDesenvolvimento
1
Conclusão
2
3.
Modos de representaçãodo discurso notextonarrativo
NarraçãoDescriçãoDiálogo ou discurso directo
 Texto narrativo
O texto narrativo
narra
(conta, relata)
uma história
, ou seja, um acontecimento ou umconjunto de acontecimentos reais ou imaginados.
1. Categorias da narrativa
Numa história distinguimos os seguintes elementos:
narrador
,
personagens
,
acção
,
tempo
e
espaço
. Estes elementos são designados por
«categorias da narrativa»
.
1.1. Narrador
O narrador não se deve confundir com o autor. O narrador é uma entidade fictícia que éa origem (fonte) da narrativa.
Presença do narrador
Narrativana1.
a
pessoaNarrativana3.
a
pessoaNarrador participante ou presente na acção:
participa nos acontecimentos quenarra, sendo uma das personagens da história. Quando o narrador está presente na acção,encontram-se
marcas da sua presença
ao longo da narrativa, ou seja, pronomes, determi-nantes e formas verbais da 1.ª pessoa gramatical:
eu
,
me
,
minha
,
nossa
,
nós
, etc.
Ex.:
«Embora, como
disse
, o Marcelino tenha quase a mesma idade que
eu
, às vezes,parece muito mais velho. Explicaram-
me
, em
minha
casa, que isto tem a sua razão deser.»
(pág. 40)Narrador não-participante ou ausente da acção:
narra os acontecimentos semneles intervir. Quando o narrador está ausente da acção, não se encontram marcas da suapresença, mas apenas pronomes, determinantes e formas verbais da 3.ª pessoa gramati-cal:
ele
,
sua
,
lhe
,
si
, etc.
Ex.:
«
[Ele] Vendeu
o carvão e o burro na cidade,
[ele] vestiu-se
com as sacas do car-vão e
foi-se
sentar na ponte a comer côdeas de pão de milho porque o dinheiro nãodava para comprar bolos.»
(pág. 22)
 27
1
O desenvolvimento é também designado por «complicação».
2
A conclusão é também designada por «desfecho», «desenlace» ou «resolução».
 
1.2. Personagens
As personagens agem, ou seja, são elas que provocam o desenrolar da acção. Podem serseres humanos, animais, objectos ou mesmo fenómenos naturais, como a chuva, o vento, orelâmpago, etc.
Importância da personagem
Personagemprincipal ouprotagonistaPersonagemsecundáriaFigurantes
Tem o papel central na acção. Pode ser uma personagem
individual
(um herói ouuma heroína que, por vezes, dá o título à própria história) ou
colectiva
(como aconteceem alguns romances e novelas).
Exs.:
Protagonista singular
: o carvoeiro, em «O Doutor Grilo»
(pág. 22)
.
Protago-nista colectivo
: o Júlio, a Ana, o David, a Zé e o cão Tim, em
Os Cinco
, de Enid Blyton.É uma personagem com quem a personagem principal se vai relacionando ao longoda história e que, com as suas palavras e os seus actos, também faz avançar a acção.
Exs.:
os estudantes, o rei, os dois criados, a princesa e os enfermos, em «O DoutorGrilo»
(pág. 22)
.São personagens, mencionadas ao longo da história, que ajudam a criar um ambiente.
Ex.:
os colegas do Marcelino, do Janeca e do Flávio, em «Uma História Verdadeira»
(pág. 40)
.
1.3.Acção ou intriga
A acção é a sequência de acontecimentos que constituem a história. Esses aconteci-mentos desenrolam-se num determinado espaço e num determinado tempo.
1.4.Tempo
A acção desenrola-se num espaço temporal, a
época
ou o
momento
em quedecorrem os acontecimentos. O leitor pode identificar a época ou o momento atravésde expressões de tempo que vão aparecendo ao longo da narrativa ou através docomportamento, modo de vestir, hábitos das personagens, etc.
Ex.:
em «Uma História Verdadeira»
(pág. 40)
, a história decorre na época actual enum dia lectivo.
1.5.Espaço
A acção desenrola-se num espaço geográfico, o
lugar
ou os
lugares
onde semovem as personagens. O leitor identifica esses espaços através das expressões delugar que vão aparecendo ao longo da narrativa. O lugar ou local da acção pode apre-sentar um determinado
ambiente
: calmo, romântico, monótono, agressivo, ameaça-dor, tempestuoso, etc.
Ex.:
em «Uma História Verdadeira»
(pág. 40)
, a história desenrola-se na escola. Estelocal tem, em determinados momentos da acção, um ambienteagressivo.
 28
2.Estrutura de uma narrativa completa
Numa narrativa
completa
e
pouco extensa
, como, por exemplo, o conto popular, distin-guimos facilmente os seguintes momentos na acção:
Quando?Onde?

Activity (44)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
clarabarreirara liked this
Sandra Gameiro liked this
Raufe Rau liked this
Jamille Sales liked this
afonsolucas liked this
claramagda liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->