Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
117Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
MÓDULO 7 - Itinerários e Destinos Turísticos

MÓDULO 7 - Itinerários e Destinos Turísticos

Ratings: (0)|Views: 23,475|Likes:
Published by rodry_vale152769

More info:

Published by: rodry_vale152769 on Jan 29, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/19/2015

pdf

text

original

 
MÓDULO 7 -
Itinerários e Destinos Turísticos
1. Itinerários Turísticos e a História1.1. Os primeiros itinerários1.2. Definição de itinerários, circuitos e rotas turísticas2. Modalidades e Tipologia de Itinerários2.1. Tipologia de itinerários turísticos2.2. Definição e regras de organização de itinerários e circuitos turísticos2.3. Modalidades de comercialização3. Os Itinerários e os Destinos Turísticos4. Elaboração de Circuitos e Itinerários Turísticos4.1. Oferta turística local4.2. Oferta turística regional
DEFINIÇÕES GERAIS
 
O conceito de itinerário confunde-se muitas vezes com outros termos que podemter diferentes leituras.
ITINERÁRIO:
Descrição de um caminho ou de uma rota especificando os lugares de passageme propondo uma série de actividades e serviços durante a sua duração.
(Gomez eQuijano)
Definição que poderá englobar Circuito, Visita e Rota.
CIRCUITO:
Entende-se aquela viagem combinada em que intervêm rios servos:transportes, alojamento, guia, ..., que se realiza de acordo com um itinerárioprogramado e com um desenho circular sempre que seja possível (o ponto departida e de chegada serão coincidentes), de modo a que se passe por umcaminho anteriormente percorrido
(Picazo)
Conjunto de caminhos e visitas que se complementam constituindo um itineráriofechado, que tem inicio e término no mesmo local.
VISITA:
Reconhecimento, exame ou inspecção de um lugar de paragem incluído numitinerário. A visita representa cada uma das paragens que compõem umitinerário.
ROTA:
Sinónimo de itinerários, em sentido restrito, em que a saída e a chegada não sãocoincidentes no mesmo ponto.O conceito de Rota e Itinerário podem ser considerados sinónimos embora seja derealçar o facto de Rota estar associada a uma direcção, a um percurso dirigido.Por outro lado, o conceito de Rota tem sido usado preferencialmente em termosinstitucionais e promocionais. Relativamente ao conceito de Roteiro está quasesempre associado a uma descrição, mais ou menos exaustiva, dos aspectos maisrelevantes da viagem e, particularmente, dos principais locais de interesseturístico.
FORFAIT:
Nome técnico utilizado para um tipo de Itinerário organizado cujo preço incluitodos os serviços. Dentro deste podemos distinguir
Forfait para a Oferta
viagens programadas para serem posteriormente vendidas pelos retalhistas – e
Forfait para a
 
Procura
– viagens organizadas à medida do cliente
(Gomez eQuijano)
 
.
DEFINIÇÕES NO CONTEXTO DAS AGÊNCIAS DE VIAGENSDecreto-Lei nº.41 248, de 31 de Agosto de 1957
Entende-se por
circuito turístico
o transporte de excursionistas em autocarro,intra ou extramuros das localidades, realizado periódica e regularmente, segundohorários, itinerários e tarifas aprovadas pelos serviços de turismo
(da actividadedas agências de viagens / art.º. 10-1).
Decreto-Lei nº.198/93, de 27 de Maio
Entende-se por
viagem organizada
a combinação prévia, por um preço tudoincluído, de transporte, alojamento ou outros serviços turísticos não subsidiáriosdaqueles, que sejam uma parte significativa da viagem organizada
(termo«viagem organizada» substitui «circuitos turísticos» e «excursões» - Preâmbulo)
Decreto-Lei nº.12/99, de 11 de Janeiro
São
viagens turísticas
as que combinam dois dos servos seguintes:transporte; alojamento; serviços turísticos não subsidiários do transporte
(dasviagens turísticas: noção e espécies – Capítulo IV / Artº. 17-1).
São viagens organizadas as viagens turísticas que, combinando previamente doisdos serviços seguintes, sejam vendidas ou propostas para venda a um preço comtudo incluído, quando excedam vinte e quatro horas ou incluam uma dormida:transporte; alojamento; serviços turísticos não subsidiários dos transportes
(Artº.17-2).
São viagens por medida as viagens turísticas preparadas a pedido do cliente parasatisfação das solicitações por este definidas
(Artº. 17-3).
DEFINIÇÃO DE CIRCUITOS TUSTICOS NO CONTEXTO DOS ÓROSREGIONAIS DE TURISMODecreto-Regulamentar nº.24/93, de 19 de Julho
Consideram-se
circuitos turísticos
todos os percursos regularmente realizadoscujo itinerário, meio de transporte, horários e visitas de pontos de interesseturístico sejam determinados e anunciados previamente
(da realizão decircuitos turísticos pelos órgãos regionais de turismo – Secção II / Artº. 12)
7.1.3. DEFINIÇÕES NO ÂMBITO DO TURISMO DE NATUREZADecreto-Regulamentar nº.18/99, de 27 de Agosto
Entende-se por
percurso interpretativo
o caminho ou trilho devidamentesinalizado que tem como finalidade proporcionar ao visitante, através do contactocom a natureza, o conhecimento dos valores naturais e culturais da áreaprotegida (AP)
(definições / art.º. 2-e)
Os percursos interpretativos devem indicar o teor, a extensão, a duração, onúmero máximo de participantes por grupo e por dia e os meios de transportepermitidos ou aconselháveis e ser obrigatoriamente acompanhadas por guias denatureza, ou em alternativa por pessoal com formação adequada
(requisitosespecíficos / Artº 5-2-d)
As
rotas temáticas
devem privilegiar a divulgação e promoção dos contextosmais representativos da economia, cultura e natureza da cada AP e devem

Activity (117)

You've already reviewed this. Edit your review.
SóniaTeixeira liked this
Ines Santos liked this
gentilgeo liked this
Rui Pereira Reis liked this
Natália Gaspar liked this
Isabel Alves liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Fabiana Zanati liked this
Ana Carvalho liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->