Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
8Activity
×
P. 1
Mandioquinha-salsa: Alternativa Para o Pequeno Produtor

Mandioquinha-salsa: Alternativa Para o Pequeno Produtor

Ratings: (0)|Views: 7,576|Likes:
Published by raphaelagro
Mandioquinha-salsa - Arracacha
Mandioquinha-salsa - Arracacha

More info:

Published by: raphaelagro on Feb 01, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

01/17/2013

pdf

text

original

 
MANDIOQUINHA-SALSA:ALTERNATIVA PARA O PEQUENO PRODUTOR
Nuno Rodrigo Madeira
1
 Rovilson José de Souza
2
 
INTRODUÇÃO
A cultura da mandioquinha-salsa constitui-se em ótimaalternativa para pequenos e médios produtores, especialmente dentro dosconceitos de agricultura familiar, em razão da considerável demanda pormão-de-obra, principalmente nas fases de plantio e colheita.Particularmente, o preparo de mudas e o plantio, operações que exigemcritério e capricho especiais, limitam o cultivo de grandes áreas,considerando que o estande varia de 32 a 48 mil plantas por hectare.Adicionalmente, é planta bastante rústica, com baixa utilização deinsumos e reduzido custo de produção.Assume grande importância socioeconômica nas regiões ondeseu cultivo é intenso. Atinge elevadas cotações e a oscilação de preços érelativamente pequena durante o ano, quando comparada a outrasolerícolas, minimizando o risco de insucesso.O mercado é amplo nas regiões onde o consumo demandioquinha-salsa é comum, devido ao pequeno volumecomercializado com a produção abaixo da demanda. É o caso dasRegiões Sudeste e Sul, onde a cultura é extremamente compensatória.
1. Doutorando em Fitotecnia/Olericultura do Departamento de Agricultura/UFLA Pesquisador da EmbrapaHortaliças.2. Professor Titular de Olericultura do Departamento de Agricultura/UFLA.
 
 6
Todavia, a mandioquinha-salsa é desconhecida pela maioria dapopulação nas Regiões Norte e Nordeste e em parte do Centro-Oeste.Recentemente, porém, tem-se observado tendência de expansão dacultura para o Planalto Central. A mandioquinha-salsa possuimercado cativo e crescente, gozando da reputação de ser produtosaudável, quase orgânico, condição que deve ser preservada e maisbem explorada.É crescente, ainda, a demanda de mandioquinha-salsa comomatéria-prima para indústrias alimentícias na forma de sopas, cremes,pré-cozidos, alimentos infantis (“papinhas”), fritas fatiadas ("chips")e "purês". Com o miniprocessamento e a industrialização do produto,abre-se uma nova oportunidade, a exportação, complicada parao produto
in natura
em razão da sua reduzida conservação pós-colheita.Por se tratar de espécie de propagação vegetativa, isto é, sem ouso de sementes botânicas, e por ser cultura cujo sistema produtivonão utiliza grande quantidade de insumos, o interesse por parte dasempresas privadas é praticamente nulo e da comunidade científica,incipiente.É interessante ressaltar a possibilidade de adequação damandioquinha-salsa ao cultivo orgânico, por causa de sua rusticidade, oque vai ao encontro da crescente demanda por produtos ecologicamenteracionais, com qualidade superior em termos de segurança alimentar,comparando-se àqueles produzidos convencionalmente, pela ausência deresíduos de agrotóxicos.
 
 
7
ASPECTOS NUTRICIONAIS E USO NA ALIMENTAÇÃO
De acordo com Pereira (1997), a mandioquinha-salsa caracteriza-se como alimento essencialmente energético, pois destacam-se os teoresde carboidratos em relação aos demais nutrientes. Dos carboidratostotais, cerca de 80% correspondem a amido e 6%, a açúcares totais. Oamido de mandioquinha-salsa contém baixos teores de amilopectina eausência total de fatores antinutricionais, conferindo-lhe altadigestibilidade. As proteínas são incompletas, como ocorre em outrasraízes e tubérculos, devido à deficiência na maioria dos aminoácidosessenciais. É notadamente fonte de vitaminas e minerais. Entre asvitaminas, ressaltam-se as do complexo B (tiamina, riboflavina, niacinae piridoxina) e a vitamina A. Entre os minerais, destacam-se o cálcio, omagnésio, o fósforo e o ferro. Devido a esses fatores, é especialmenterecomendada na alimentação de crianças e pessoas idosas.Na tabela 1, apresenta-se a composição nutricional de algumasraízes e tubérculos, incluindo a mandioquinha-salsa.Tradicionalmente, o consumo mais freqüente de mandioquinha-salsa ocorre na forma de sopas e cremes, o que a faz ser mais utilizada noinverno. Entretanto, outras formas de preparo são particularmentesaborosas, como fritas fatiadas (“chips”), com costela bovina, com frangocaipira, com rabada e agrião, nhoque ao molho gorgonzola ou bolonhesa,suflês, pães doces ou salgados, rocambole com calabresa ou camarão,creme com catupiri ou requeijão e bacon, bolinhos empanados e doces,entre outras receitas. Basicamente, nas receitas que utilizam batata, cenourae mandioca, pode-se empregar mandioquinha-salsa em substituição a essas.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->