Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
99Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O SUS Conforme a Constituicao e Leis 8080 e 8142

O SUS Conforme a Constituicao e Leis 8080 e 8142

Ratings: (0)|Views: 42,437|Likes:
Published by luisfsr
Breve estudo realizado sobre as principais normas legais e constitucionais acerca do Sistema Único de Saúde, para fins de prova de concurso público.
Breve estudo realizado sobre as principais normas legais e constitucionais acerca do Sistema Único de Saúde, para fins de prova de concurso público.

More info:

Published by: luisfsr on Feb 05, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

07/17/2013

pdf

text

original

 
Sobre o Sistema Único de Saúde:
conforme a Constituição e as Leis 8.142/90 e 8.080/90 (com as alterações das Leis 9.836/99, 10.424/02 e 11.108/05)
APRESENTAÇÃO
O autor do presente trabalho foi Luís Fernando Stürmer da Rosa, bacharelem Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul –PUCRS e Advogado inscrito na seccional do Distrito FederalEste trabalho é o resultado de um brevíssimo estudo realizado sobre alegislação supracitada, para fins de preparação ao concurso para o cargode Analista Técnico-Administrativo PGPE1, do Ministério da Saúde de 2009.Não foi consultada doutrina ou jurisprudência, portanto pode haverinterpretação jurídica divergente à representada neste trabalho, motivo peloqual sugere-se complementação dos estudos. Não é cobrado nenhumvalor por esse trabalho e também não se dá nenhuma garantia sobrequalquer ideia aqui representada. Em caso de o leitor encontrar qualquerincorreção, por favor, envie um e-mail paraluisfsr@gmail.compara que sefaça a devida atualização no texto. Bons estudos.
Considerações iniciais
Saúde é direito fundamental e compreende a garantia de bem estar físico, mentale social, tendo como fatores determinantes e condicionantes, entre outros, aalimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, aeducação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços considerados essenciais(art. 3º da Lei 8.080/90).O direito à saúde esprevisto no tulo II (Dos Direitos e GarantiasFundamentais), Capítulo II (Dos Direitos Sociais), art. 6º,
caput 
, da CF/88. Também, suasdiretrizes fundamentais vêm encravadas no Título VIII (Da Ordem Social), Capítulo II (DaSeguridade Social), Seção II (Da Saúde) da CF, estendendo-se do art. 196 ao art. 200.Como se percebe a saúde está inserida dentro do conjunto de ações deseguridade social, uma vez que essa compreende ões do Poder blico e dasociedade, com o fim de assegurar direitos relativos à saúde, à previdência e àassistência social (art. 194 da CF). Em função disso o Sistema Único de Saúde (SUS) éfinanciado com recursos da seguridade social (art. 195, §10 e art. 196 da CF), além deoutras fontes.É dever do estado a promão da saúde, mediante poticas sociais eeconômicas que visem à redução do risco de doenças e agravos, bem como, aoacesso igualitário às ações e serviços de saúde (CF, art. 196).Embora a saúde seja dever do Estado, não ficam excluídos os deveres daspessoas, da família, das empresas e da sociedade em geral (art. 2º, §2º da Lei8.080/90). Em adição, a iniciativa privada tem liberdade assegurada no art. 199 da CFpara explorar os serviços de assistência à saúde, podendo, inclusive, participar de forma
 
complementar ao SUS, mediante contrato público ou convênio, sempre se dandoprioridade às entidades filantrópicas e às sem fins lucrativos.
O Sistema Único de Saúde (SUS)
É constituído pelo conjunto de ações e serviços de saúde da administraçãodireta e indireta, de qualquer dos entes federativos (União, Estados, DF e Municípios);sendo que a iniciativa particular também pode participar em caráter complementar (art.4º da Lei 8.080/90).
Objetivos: 
O SUS tem como objetivos a identificão de fatores condicionantes edeterminantes de saúde e a formulação da Política de Saúde, destinada a promover, noscampos econômico e social, a garantia à saúde, com vistas à redução dos riscos dedoenças e outros agravos, bem como, acesso universal de recursos de promoção,proteção e recuperação da saúde (arts. 5º e 2º, §2º, da Lei 8.080/90).Para tanto, ao SUS incumbe ações de vigilância sanitária e epidemiológica, deassistência terapêutica e farmacêutica e à saúde do trabalhador, de execução da políticade saneamento básico, de ordenação da formação de recursos humanos, de vigilância eorientação nutricional, de colaboração na proteção ao meio ambiente, de controle efiscalização de produtos e substâncias de interesse para a saúde, de fiscalização einspeção de alimentos e bebidas de consumo humano, de participação no controle efiscalização no transporte de substâncias psicoativas, tóxicas e radioativas, de incrementono desenvolvimento cienfico e tecnológico relativo à saúde e de formulão eexecução da política de sangue (art. 200 da CF e art. 6º da Lei 8.080/90).Quanto ao trabalhador, incumbe ao SUS sua reabilitação em caso de acidentede trabalho ou doença ocupacional, participação na normatização, fiscalização e controlede atividades envolvendo substâncias, produtos e máquinas que apresentam riscos àsaúde do trabalhador, informações ao trabalhador e ao sindicato quanto a riscos noambiente de trabalho, etc. (incisos do art. 6º da Lei 8.080/90 e art. 7º, ns. IV e XXII, daCF).
Princípios e diretrizes: 
Compõem-se das previsões do art. 198 da CF e do art. 7º da Lei 8.080/90.a) Descentralização: prevê direção única em cada esfera do governo. Se dáênfase na concentrão das atividades nos munipios, com regionalizão ehierarquização da rede.b) Atendimento integral: compreende atividades assistenciais, com ênfase nasatividades preventivas.c) Participação da comunidade.
 
d) Universalidade de acesso.e) Preservação da autonomia das pessoas quanto à sua integridade física emoral.f) Igualdade de assistência, sem privilégios ou discriminações.g) Direito à informação, às pessoas, sobre sua saúde.h) Divulgação dos serviços disponíveis de saúde.i) Utilização da epidemiologia para identificação de prioridades e otimização nouso de recursos. j) Integração executiva da ações de saúde, meio ambiente e saneamento básico.k) Conjugação de recursos financeiros, materiais, humanos e tecnológicos entre aUnião, Estados, DF e Municípios.l) Capacidade de resolução de problemas em todos os níveis de assistência.m) Organização dos serviços com o fim de evitar duplicidade de meios para finsidênticos.
Organização, direção e gestão: 
Para o atendimento do princípio da descentralização a direção do SUS estádividida entre o Ministério da Saúde (MS), no âmbito da União, e entre as secretarias desaúde, ou órgãos equivalentes, no âmbito dos Estados, Municípios e DF.Os Municípios, por sua vez, podem constituir consórcios intermunicipais, sobdireção única. Também, nestes, se pode organizar o SUS de forma distrital, de modo aotimizar os recursos e o atendimento.Em âmbito nacional existem as Comissões Intersetoriais, subordinadas aoConselho Nacional de Saúde, com o fim precípuo de articular políticas e programas desaúde, para atingir as áreas de atuação não cobertas pelo SUS, especialmente atividadesrelacionadas à alimentação, nutrição, saneamento, meio ambiente, vigilância sanitária efamacoepidemiologia, recursos humanos, ciência e tecnologia e saúde do trabalhador(arts. 12 e 13 da Lei 8.080/90).Para integrar as instituições de nível superior e profissional com os serviços desaúde existem as Comissões Permanentes de Integração, cuja finalidade principal épropor prioridades, métodos e estratégias para a formação e educação continuada dosrecursos humanos do SUS, bem como pesquisa e cooperação técnica (art. 14 da Lei8.080/90).
Atribuições: 
São atribuições da União, Estados, DF e Municípios, solidariamente, a definiçãode mecanismos de controle, avaliação e fiscalização relacionados a recursos financeirose orçamentários, à formulação e execução de políticas de saúde, ao desenvolvimento derecursos humanos, à implementação do Sistema Nacional de Sangue, à elaboração de

Activity (99)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Marcia Simone added this note|
ME AJUDOU MUITO
Marcia Simone added this note|
GOSTEI
Ananda Conde liked this
Mayara Moreira liked this
Thiago Alves liked this
Maísa Evellin liked this
Claudia Valani liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->