Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
6Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Evolução do pensamento religioso

Evolução do pensamento religioso

Ratings: (0)|Views: 921 |Likes:
Published by branquinhoazul
evolução do pensamento religioso I
evolução do pensamento religioso I

More info:

Published by: branquinhoazul on Feb 07, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/05/2010

pdf

text

original

 
1 - Origens do Politeísmo
A concepção que o ser humano faz de Deus se amplia com o passardo tempo. O homem, nos primórdios da civilização, carente de umpensamento abstrato que lhe possibilitasse uma postura mentalreflexiva, e com um desenvolvimento psíquico ainda muito incipiente,mantinha suas percepções tão-somente da realidade física que ocercava.Assim, incapaz, pela sua ignorância, de conceber um ser imaterial,sem forma determinada, atuando sobre a matéria, conferiu-lhe ohomem atributos da natureza corpórea, isto é, uma forma e umaspecto, desde então, tudo o que parecia ultrapassar os limites dainteligência comum era, para ele, uma divindade. Tudo o que nãocompreendia devia ser obra de uma potência sobrenatural.
Podemos assim, definir Politeísmo como sendo a crençareligiosa numa pluralidade de deuses ou a adoração de maisde um deus.
A palavra deus tinha, entre os antigos, acepção muito ampla. Nãoindicava, como presentemente, uma personificação do Senhor daNatureza. Era uma qualificação genérica, que se dava a todo serexistente fora das condições da Humanidade.
2 - O Antigo Testamento e o Monoteísmo
A Bíblia ensina que o monoteísmo foi a concepção mais remota deDeus. O primeiro versículo do livro de Gênesis é monoteísta: “Noprincípio criou Deus os céus e a terra” (Gn 1.1). Todos os patriarcas,Abraão, Isaque e Jacó, apresentaram uma fé monoteísta. (Gn 12-50).Isto revela um Deus que criou o mundo e que, portanto, é diferentedo mundo. Esses são os conceitos essenciais do teísmo oumonoteísmo.A Bíblia é uma coletânea de diversos livros, subdivididos em Antigo eNovo Testamentos. Para a maior parte das igrejas cristãs a Bíblia é asuprema autoridade, constituindo-se na
Palavra de Deus
.São livros escritos por autores vários através dos tempos que,segundo o entendimento, teriam sido ditados por Deus aos homens.Livros escritos originariamente em hebraico e aramaico, até osurgimento da imprensa, em 1450, as duplicações de qualquer textoeram manuscritas e naturalmente eivadas de erros de transcrição,tais como: omissão de letras e palavras, substituição de locuções porum só vocábulo, separação de uma palavra em duas, ou o inverso,unindo duas palavras em uma, negligência do escriba, falta de
 
atenção, interpolações para completar a idéia segundo o critério docopista, ou ainda por tomarem uma letra por outra muitosemelhante, tudo isto ocasionando alteração das idéias originais,algumas vezes deliberadamente em busca de outros propósitos.
A comunidade Judaica se inicia através da fuga dos hebreusdo Egito liderados por Moisés. Cerca de 600.000 homens maismulheres e crianças e uma multidão misturada, com suasmanadas e rebanhos, foram para a montanha de Deus. Esseacontecimento ficou conhecido como Êxodo.
No terceiro mês, os israelitas chegam aoMonte Sinai, e seu Deus osanuncia, através de Moisés, que os israelitas seriam seus filhos,porque ele os havia deixado partir com sua onipotência. Então,Moisés e Arão supostamente subiram ao cume da montanha onderecebe oDecálogo(osDez Mandamentos). De acordo com a tradição, o Êxodo e os outros quatro livros da Toráforam escritos por Moisés na segunda metade do 2º milênio a.C.Estudiosos modernos da Bíblia veem que o texto terminou de serescrito por volta de 450 a.C.Ainda que aBíblianão cita ofaraódo Êxodo por seu nome, é dada a data exata do Êxodo. Em 1 Reis 6:1 se lê queSalomãocomeçou aconstruir o Templo no quarto ano de seu reinado, 480 anos depoisque os filhos de Israel saíram do Egito. A maioria dos estudiosos daBíblia estimam que o quarto ano do reinado deSalomãofoi o ano 967a.C. Logo a data do Êxodo foi 1447 a.C. (967 + 480), quandogovernavaTutmosis III, mas não há nenhum documento nem restoarqueológico egípcio que confirme este excepcional acontecimento.Segundo vários teólogos, há duas partes distintas na lei mosaica: alei de Deus, promulgada sobre o monte Sinai, e a lei civil oudisciplinar, estabelecida por Moisés; uma é invariável; a outra,apropriada aos costumes e ao caráter do povo, se modifica com otempo.Esta lei é de todos os tempos e de todos os países, e tem, por issomesmo, um caráter divino. Todas as outras são leis estabelecidas porMoisés, obrigado a manter, pelo temor, um povo turbulento eindisciplinado, no qual tinha que combater os abusos enraizados e ospreconceitos hauridos na servidão do Egito. Para dar autoridade àssuas leis, ele deveu atribuir-lhes origem divina, assim como o fizeramtodos os legisladores de povos primitivos; a autoridade do homemdeveria se apoiar sobre a autoridade de Deus; mas só a idéia de umDeus terrível poderia impressionar homens ignorantes, nos quais osenso moral e o sentimento de uma delicada justiça eram aindapouco desenvolvidos. É bem evidente que, aquele que tinha colocado
 
em seus mandamentos:
Tu não matarás; tu não farás mal ao teu próximo
não poderia se contradizer fazendo deles um dever deextermínio. As leis mosaicas, propriamente ditas, tinham, pois, umcaráter essencialmente transitório.

Activity (6)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
gualbert6706 liked this
John Paul Rock liked this
Helcarmor liked this
focosite liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->