Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
30Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PORTUGUÊS 1º E 2º GRAUS

PORTUGUÊS 1º E 2º GRAUS

Ratings: (0)|Views: 8,733|Likes:
Published by Glenia

More info:

Published by: Glenia on Feb 10, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

08/13/2013

pdf

text

original

 
LÍNGUA PORTUGUESA
FONÉTICA
Em sentido mais elementar, a Fonética é o estudodos sons ou dos fonemas, entendendo-se por fonemas os sons emitidos pela voz humana, osquais caracterizam a oposição entre os vocábulos.Ex.: em pato e bato é o som inicial das consoantes p- e b- que opõe entre si as duas palavras. Tal somrecebe a denominação de FONEMA.Quando proferimos a palavra aflito, por exemplo,emitimos três sílabas e seis fonemas: a-fli-to.Percebemos que numa sílaba pode haver um oumais fonemas. No sistema fonética do português do Brasil há,aproximadamente, 33 fonemas.É importante não confundir letra com fonema.Fonema é som, letra é o sinal gráfico querepresenta o som.Vejamos alguns exemplos:Manhã – 5 letras e quatro fonemas: m / a / nh / ãTáxi – 4 letras e 5 fonemas: t / a / k / s / iCorre – letras: 5: fonemas: 4Hora – letras: 4: fonemas: 3Aquela – letras: 6: fonemas: 5Guerra – letras: 6: fonemas: 4Fixo – letras: 4: fonemas: 5Hoje – 4 letras e 3 fonemasCanto – 5 letras e 4 fonemasTempo – 5 letras e 4 fonemasCampo – 5 letras e 4 fonemasChuva – 5 letras e 4 fonemas
 LETRA - é a representação gráfica, arepresentação escrita, de um determinado som.
CLASSIFICAÇÃO DOS FONEMASVOGAIS
a, e, i, o, u
SEMIVOGAIS
Só há duas semivogais: i e u, quando se incor- poram à vogal numa mesma sílaba da palavra,formando um ditongo ou tritongo. Exs
.: cai-ça-ra,te-sou-ro, Pa-ra-guai.
CONSOANTES
 b, c, d, f, g, h, j, l, m, n, p, q, r, s, t, v, x,
 z
ENCONTROS VOCÁLICOSÃ seqüência de duas ou três vogais em uma pa-lavra, damos o nome de
encontro vocálico.
Ex. :cooperativaTrês são os encontros vocálicos:
ditongo,tritongo, hiato
DITONGO
É a combinação de uma vogal + uma semivogalou vice-versa.Dividem-se em:orais: pai, fuinasais: mãe, bem, pãodecrescentes: (vogal + semivogal) – meu, riu, dóicrescentes: (semivogal + vogal) – pátria, vácuo
TRITONGO
semivogal + vogal + semivogal
 Pa-ra-guai, U-ru-guai, Ja-ce-guai, sa-guão,quão, iguais, mínguam
HIATO
Ê o encontro de duas vogais que se pronunciamseparadamente, em duas diferentes emissões devoz.
 fa-ís-ca, sa-ú-de, do-er, a-or-ta, po-di-a, ci-ú-me, po-ei-ra, cru-el, ju-í-zo
SÌLABA
Dá-se o nome de
 sílaba
ao fonema ou grupo defonemas pronunciados numa só emissão de voz.Quanto ao número de sílabas, o vocábuloclassifica-se em:
 
Monossílabo -
 possui uma só sílaba:
 pá, mel, fé,sol.Dissílabo - possui duas sílabas:
ca-sa, me-sa, pom-bo.
Trissílabo - possui três sílabas:
Cam-pi-nas, ci-da-de, a-tle-ta.
Polissílabo - possui mais de três sílabas: es-co-la-ri-da-de, hos-pi-ta-li-da-de.
TONICIDADE
 Nas palavras com mais de uma sílaba, sempreexiste uma sílaba que se pronuncia com maisforça do que as outras: é a sílaba tônica. Exs.: emlá-gri-ma, a sílaba tônica é lá; em ca-der-no, der;em A-ma-pá, pá.Considerando-se a posição da sílaba tônica,classificam-se as palavras em:Oxítonas - quando a tônica é a última sílaba:
 Pa-ra-ná, sa-bor, do-mi-nó.
Paroxítonas - quando a tônica é a penúltima sílaba:
már-tir, ca-rá-ter, a-má-vel, qua-dro.
Proparoxítonas - quando a tônica é a antepenúl-tima sílaba:
ú-mi-do, cá-li-ce, ' sô-fre-go, pês-se- go, lá-gri-ma.
ENCONTROS CONSONANTAIS
É a sequência de dois ou mais fonemasconsonânticos num vocábulo.atleta, brado, creme, digno etc.
DÍGRAFOS
São duas letras que representam um só fonema,sendo uma grafia composta para um som simples.Há os seguintes dígrafos:1) Os terminados em h, representados pelos gru- pos ch, lh, nh. Exs.:
chave, malha, ninho.
2) Os constituídos de letras dobradas, represen-tados pelos grupos rr e ss. Exs.
: carro, pássaro.
3) Os grupos gu, qu, sc, sç, xc, xs. Exs.:
 guerra,quilo, nascer, cresça, exceto, exsurgir 
.4) As vogais nasais em que a nasalidade é indica-da por m ou n, encerrando a sílaba em uma palavra. Exs.:
 pom-ba, cam-po, on-de, can-to,man-to.
NOTAÇÕES LÉXICAS
São certos sinais gráficos que se juntam às letras,geralmente para lhes dar um valor fonéticoespecial e permitir a correta pronúncia das palavras.São os seguintes:o acento agudo – indica vogal tônica aberta: pé,avó, lágrimas;o acento circunflexo – indica vogal tônicafechada: avô, mês, âncora;o acento grave – sinal indicador de crase: ir àcidade;o til – indica vogal nasal: lã, ímã;a cedilha – dá ao c o som de ss: moça, laço, açude;o trema – indica que o u soa: lingüeta, freqüente,tranqüilo;o apóstrofo – indica supressão de vogal: mãe-d’água, pau-d’alho;o hífen – une palavras, prefixos, etc.: arcos-íris, peço-lhe, ex-aluno.
ORTOGRAFIA OFICIAL
Ao escrever uma palavra com som de s,de z, de x ou de j, deve-se procurar aorigem dela, pois, na Língua Portuguesa, a palavra primitiva, em muitos casos, indica comodeveremos escrever a palavra derivada.
Ç
01) Escreveremos com -ção as palavras derivadasde vocábulos terminados em -to, -tor, -tivo e ossubstantivos formados pela posposição do -ção aotema de um verbo (Tema é o que sobra, quando seretira a desinência de infinitivo - r - do verbo).Portanto deve-se procurar a origem da palavraterminada em -ção. Por exemplo: Donde provém a palavra conjunção? Resposta: provém deconjunto. Por isso, escrevemo-la com ç.Exemplos:erudito = erudiçãoexceto = exceçãosetor = seçãointuitivo = intuiçãoredator = redação
 
ereto = ereçãoeducar - r + ção = educaçãoexportar - r + ção = exportaçãorepartir - r + ção = repartição02) Escreveremos com -tenção os substantivoscorrespondentes aos verbos derivados do verboter.Exemplos:manter = manutençãoreter = retençãodeter = detençãoconter = contenção03) Escreveremos com -çar os verbos derivadosde substantivos terminados em -ce.Exemplos:alcance = alcançar lance = lançar 
S
Escreveremos com -s- as palavras derivadas deverbos terminados em -nder e –ndir Exemplos: pretender = pretensãodefender = defesa, defensivodespender = despesacompreender = compreensãofundir = fusãoexpandir = expansão02) Escreveremos com -s- as palavras derivadasde verbos terminados em -erter, -ertir e -ergir.Exemplos: perverter = perversãoconverter = conversãodivertir = diversãoaspergir = aspersãoimergir = imersão03) Escreveremos -puls- nas palavras derivadas deverbos terminados em -pelir e -curs-, nas palavrasderivadas de verbos terminados em -correr.Exemplos:expelir = expulsãoimpelir = impulsocompelir = compulsórioconcorrer = concursodiscorrer = discurso percorrer = percurso04) Escreveremos com -s- todas as palavrasterminadas em -oso e -osa, com exceção de gozo.Exemplos:gostosaglamorosasaborosohorroroso05) Escreveremos com -s- todas as palavrasterminadas em -ase, -ese, -ise e -ose, com exceçãode gaze e deslize.Exemplos:fasecraseteseosmose06) Escreveremos com -s- as palavras femininasterminadas em -isa.Exemplos: poetisa profetisaHeloísaMarisa07) Escreveremos com -s- toda a conjugação dosverbos pôr, querer e usar.Exemplos:Eu pusEle quis Nós usamosEles quiseramQuando nós quisermosSe eles usassem
Ç ou S?
Após ditongo, escreveremos com -ç-, quandohouver som de s, e escreveremos com -s-, quandohouver som de z.Exemplos:eleiçãotraição Neusa

Activity (30)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Lú Menezes added this note|
rsrrsrsrs oi mãe sou eu sara e bianca
Lú Menezes added this note|
oi gata que sou eu te amo ass Ana sara dos santos esteves e bianca dos santos esteves
kadu30kano liked this
Paola Fernanda liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->