Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
11Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
JORNALISMO RADIOFÔNICO SOBREVIVENDO A ERA DA INTERNET

JORNALISMO RADIOFÔNICO SOBREVIVENDO A ERA DA INTERNET

Ratings: (0)|Views: 921 |Likes:
Published by Renan Massoto
Pesquisa feita por Renan Massoto, graduando da Universidade Estadual do RIo de Janeiro, sobre a história do rádio e suas perspectivas para a era da internet.
Pesquisa feita por Renan Massoto, graduando da Universidade Estadual do RIo de Janeiro, sobre a história do rádio e suas perspectivas para a era da internet.

More info:

Published by: Renan Massoto on Feb 13, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/04/2013

pdf

text

original

 
1
INTRODUÇÃO
A comunicação
 –
e a vida como um todo
 –
passa constantemente porprofundas modificações. Do pergaminho até o telégrafo, passando pelamáquina de prensa de Gutenberg, o jornalismo mudou radicalmente suasestruturas e muitas transformações continuaram acontecendo. A invenção dorádio foi um marco na linguagem jornalística, que já havia se modificadoconsideravelmente na transição do jornalismo literário para o informativo. Era oretorno à oralidade e o início de um novo ciclo de mudanças.A partir do rádio, outras evoluções tecnológicas propiciaram avanços e,novamente, adaptações, mas nenhuma de uma maneira tão forte. O saltotecnológico do jornal impresso para o rádio foi gigantesco. Contudo, não sepode dizer o mesmo sobre a televisão ou a internet. A TV surgiu como um
“rádio com imagens”, adequando a linguagem radiofônica à emissão deimagens. A internet, por sua vez, “instantanealizou” os meios de comunicação
e tornou mais democrática a liberdade de expressão, pois qualquer pessoapode se arriscar a ser um formador de opinião com seu
blog 
caseiro
.
 Tendo em vista a importância do rádio na comunicação, este trabalhobusca analisar o jornalismo radiofônico, bem como sua linguagem, na era dainternet. Existe uma corrente apocalíptica que não confia no poder do rádio eacredita que ele sucumbirá à internet. Por outro lado, há outra corrente queaposta no futuro do rádio e num bom relacionamento com a rede. As páginasque seguem as colocarão frente a frente para verificar qual vertente possuimais chances de prevalecer.
 
2
1. PRIMÓRDIOS DO RÁDIO
Que Deus seja louvado 
. Essa foi a primeira mensagem transmitida viatelégrafo, por Samuel Morse em 24 de maio de 1844. A frase marcou o inícioda revolução da comunicação no mundo, pois foi o advento do telégrafo quepossibilitou o surgimento do rádio.Alguns anos antes, em 1831, Michael Faraday havia descoberto o princípioda indução eletromagnética e, em 1850, Daniel Ruhmkoff cria o primeiroaparelho transmissor de ondas eletromagnéticas. Três anos depois, oaustraliano Julius Wilhei Gintl prova a possibilidade de enviar mensagenssimultaneamente através de apenas uma linha telegráfica. As característicasdo rádio começavam a surgir.Em 1863, a teoria sobre as ondas eletromagnéticas foi demonstrada porJames Clerck Maxwell, despertando interesse de outros pesquisadores sobre oassunto. Siemens cria o dínamo em 1867 e, oito anos depois, surge o primeiroserviço de notícias por cabo. Também em 1875, Alexander Graham Bellinventa o transdutor magnético que, dois anos mais tarde, se transformaria nomicrofone de Emile Berliner.A propagação radiofônica acontece de fato em 1887, com o físico alemãoHenrich Rudolph Hertz. Ele fez saltar faíscas através do ar que separava duasbolas de cobre. Seu nome virou unidade de medida e é usado até hoje paradefinir as freqüências de rádio.Em Londres, no ano de 1897, foi criada a primeira companhia de rádio.Conseqüentemente, a industrialização dos equipamentos aconteceu para
 
3
atender à necessidade da época. Isso tudo se deu graças a Guglielmo Marconi,que já havia demonstrado a importância comercial do telégrafo no ano anteriore de seus aparelhos de emissão e recepção, criados em 1895.
Até então o rádio era estritamente “telegrafia sem fio” –
o que já era umfeito praticamente heróico
 –
e ninguém sequer imaginava que o rádiotransmitiria mensagens faladas através do espaço. Mas o rádio evoluíarapidamente. Em 1897, Oliver Lodge inventou o circuito elétrico sintonizado,possibilitando a mudança de sintonia para escolher a freqüência desejada.Nos Estados Unidos foram anos de pesquisas, tentativas eaprimoramentos até Lee Forest instalar a primeira "estação-estúdio" deradiodifusão, em Nova Iorque, no ano de 1916. Aconteceu então o primeiroprograma de rádio que se tem notícia. Ele tinha conferências, música decâmara e gravações. Surgiu também o primeiro registro de radio jornalismo,com a transmissão das apurações eleitorais para a presidência dos EstadosUnidos. Contudo, isso só foi possível em virtude de um brasileiro consideradopioneiro na transmissão de voz, Padre Roberto Landell de Moura.
2. PADRE LANDELL DE MOURA
 –
PIONEIRISMO NO RÁDIO
Teleauxiofono, Caleofono, Anematófono,Teletiton e Edífono. Essas palavraspouco comuns eram os nomes de alguns inventos do padre cientista RobertoLandell de Moura. Os três primeiros são telefones desenvolvidos pelosacerdote, sendo que o anematófono corresponde ao telefone sem fio. Os doisseguintes são o telégrafo sem fio e o transmissor de ondas, respectivamente.Seus aparelhos foram patenteados em 1901 no Brasil e nos EUA em 1904.Entretanto, a partir de 1892 ele já realizava experimentos em São Paulo.

Activity (11)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Alfredo Pedro liked this
cromavid liked this
kmsdmtr liked this
Roberto Ferreira liked this
Patrícia Sales liked this
darkstalen liked this
Jose_natal liked this
feijaobg liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->