Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Grandes Cheias Em Portugal (1967)

Grandes Cheias Em Portugal (1967)

Ratings: (0)|Views: 1,053 |Likes:
Texto do pequeno filme exibido na RTP, acerca do facto mais relevante de 1967, integrado na série "50 anos, 50 notícias".
Texto do pequeno filme exibido na RTP, acerca do facto mais relevante de 1967, integrado na série "50 anos, 50 notícias".

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/11/2012

pdf

text

original

 
Grandes Cheiasem Portugal(1967)
 
INFORMAÇÃO IMPORTANTE
O texto que se segue é uma reprodução escrita,com pequenas adaptações e esclarecimentos, doprograma exibido pela Rádio e Televisão dePortugal, “1967 Grandes cheias em Portugal”integrado na série “50 Anos 50 Notícias”, de 2007.Como tal, cumpre-me esclarecer que toda ainformação constante deste documento foiapresentada pela citada estação de televisãoportuguesa, aquando da exibição do documentárioreferido.Resta-me recordar, em último lugar, que no anode 2007 a Rádio e Televisão de Portugal celebrou oseu quinquagésimo aniversário.
 
GRANDES CHEIAS EM PORTUGAL(1967)
A chuva caiu intensa na noite de 25 de Novembro.Choveu mais na abastada zona do Estoril, mas ondeo dilúvio se abateu verdadeiramente foi nas zonasmais degradadas da ribeira de Odivelas e nasmargens do Rio Trancão. A lama e a noiteesconderam milhares de mortos, nunca se soube aocerto quantos.(João Bernardo, membro da Associação deEstudantes do Instituto Superior Técnico) “Dizia-seque tinham sido contabilizadas quinhentas pessoasmortas e que depois se deixou de contabilizar. Olugar onde eu estive era uma favela, um bairro delata pequeno, um buraco, que tinha prédios maisacima. De manhã, acho que se tinha apresentado odono das barracas para cobrar o aluguer. Aspessoas não pagaram. Não chegou a haverconfrontos e a Guarda Nacional Republicana, talcomo durante o período em que nós lá estivemos,não quis ir para a lama para não sujar as botas.”No terreno, apenas actuaram os bombeiros e osestudantes. O Governo de Salazar dedicava toda aatenção à Guerra Colonial e foi incapaz de reagir àtragédia que vitimava os mais pobres dos cidadãos.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->