Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
28Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A Informática na Manutenção

A Informática na Manutenção

Ratings: (0)|Views: 677 |Likes:
Published by FFelizardo

More info:

Published by: FFelizardo on Mar 01, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/08/2012

pdf

text

original

 
 
Gestão Informatizada da Manutenção - 07-03-2005 - 1 -
CONTEÚDO
1. IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE MANUTENÇÃO2. A INFORMÁTICA NA MANUTENÇÃO
Colaboram
nesta publicação:Engº. Henrique Tovar FaroEngº. Nuno Neves NunesEngº. Luís Cavique SantosEngº. João Taborda CraveiroDr. José Caldeira DuarteEngº. Paulo Santos Lourenço
GESTÃOINFORMATIZADADAMANUTENÇÃO
 
 
 
Gestão Informatizada da Manutenção - 07-03-2005 - 2 -
IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA INTEGRADO DE MANUTENÇÃO1.1 Introdução
O sucesso de uma empresa está fortemente ligado à sua capacidade para se diferenciar das suasconcorrentes e constitui um indicador que revela a aptidão para subsistir no contexto económico emque actua.Este sucesso, fruto de diversos factores, em que pontuam os de ordem Técnica, Financeira,Organizacional, etc., evidencia a "forma de estar" da empresa, e traduz potencialidades,nomeadamente nos domínios da Inovação e da Optimização.A Inovação, encarada como resposta original a necessidades existentes, assume particularimportância na vertente técnica, permitindo consolidar a actuação em áreas de mercado existentes eganhar outras novas.A Optimização adquire especial relevo quando perspectivada na obtenção de uma estruturafuncional óptima para a empresa, com o objectivo de garantir, em simultâneo, eficiência funcional egeração de riqueza.Numa perspectiva de Gestão Global, sempre que se pense em adaptar ou alterar a estrutura daempresa, torna-se relevante considerar soluções que integrem a Inovação Técnica e a Optimizaçãofuncional.Estas considerações de carácter geral podem aplicar-se ao serviço de Manutenção por uma empresautilizadora de equipamentos, seja do tipo industrial, de transportes, ou outro. Uma empresa destegénero estará organizada com a clássica estrutura de funções, nomeadamente Administrativa,Produção/Exploração, Comercial, Recursos Humanos, Financeira, Aprovisionamentos e ainda emmuitos casos, Manutenção e Qualidade.Constata-se que, em muitos casos de empresas existentes, há preocupações de optimização dasvárias funções "per si" faltando, todavia, a capacidade de articulação global de todas as funções, demodo a obter o máximo de operacionalidade da estrutura funcional da empresa.A articulação das várias funções, integrada na Gestão global da empresa, permite colher bastantesbenefícios, mas pressupõe a existência de organização e meios tecnológicos.A evolução dos equipamentos informáticos veio de certo modo possibilitar a articulação mais fácilentre várias funções ou subsistemas de uma empresa, verificando-se que, mesmo astradicionalmente menos protegidas e de que é exemplo a Manutenção, passaram a ter possibilidadede ser geridas de forma mais eficaz e interactuando com outras funções, isto é, de forma Integrada.Numa empresa, independentemente dos equipamentos com que labora, é muito importante garantira operacionalidade dos mesmos, pelas implicações que estes têm na garantia de prestação deserviços e consequentemente na geração de riqueza. Por isso a função Manutenção, que deve zelarpela sua boa conservação e manutenção, deverá ter um bom nível de organização eoperacionalidade e, como já foi referido, numa perspectiva de Gestão Integrada, ter capacidade parainteractuar activamente com as outras funções da empresa, contribuindo assim para a obtenção domáximo de produtividade com custos mínimos e garantindo o nível de qualidade prescrito.
1
 
 
Gestão Informatizada da Manutenção - 07-03-2005 - 3 -
1.2 A Importância da Manutenção
A importância da função Manutenção numa empresa é normalmente associada à disponibilidade deequipamentos produtivos, isto é à capacidade destes para estarem operacionais nos períodos detrabalho pretendidos. É a Manutenção que pode garantir a disponibilidade dos equipamentos, factoressencial para cumprir os compromissos assumidos e garantir o nível de produtividade.No entanto a importância da Função Manutenção não está apenas ligada à garantia deoperacionalidade dos equipamentos, visto que os custos de execução das intervenções deManutenção, das peças de substituição, etc., assumem em geral valores relevantes e não negligíveispara a gestão da empresa.Acresce ainda realçar a ligação estreita entre a Manutenção e a qualidade dos bens produzidos, poissendo a missão da Manutenção repor ou restaurar as condições nominais de funcionamento, apósocorrência de falhas ou da detecção de indícios destas, deve recorrer a inspecções sistemáticas paracontrolar o afastamento das condições nominais de operação dos diversos equipamentos, e que emgeral constituem uma causa vulgar de diminuição do seu desempenho e podem indiciar início deavarias, permitindo por esta via controlar as causas de eventuais alterações ao nível da Qualidade.Neste enquadramento, a Manutenção deve garantir o nível de operacionalidade dos equipamentosnecessários para obter a Disponibilidade e Qualidade impostas, e da forma mais económicapossível, isto é, minimizando os custos de Manutenção por unidade produzida, os custos commateriais, os tempos de imobilização de equipamentos críticos
1
, os custos de Manutenção deequipamentos não críticos.Assim, poder-se-á considerar a Gestão da Manutenção como o conjunto de acções que visamprovidenciar a execução, correcta e atempada, das operações necessárias de Manutenção de forma agarantir a Disponibilidade e Qualidade prescritas, e que, para além da distribuição no tempo dasintervenções de Manutenção dos diversos equipamentos, atende à necessidade de aprovisionamentode peças de substituição, à disponibilidade de mão-de-obra própria, à necessidade de ferramentas eequipamentos específicos, à eventual subcontratação de tarefas, etc.
1.3 Evolução Histórica da Manutenção
Desde o início deste século a Manutenção registou uma grande evolução, tendo durante esteperíodo surgido filosofias de manutenção que forneceram o sustentáculo teórico para a aplicação denovos métodos de gestão e organização, possibilitadas pela aplicação de técnicas entretantosurgidas e que foram resultantes dos avanços tecnológicos registados.Assim, da Manutenção Curativa ou Correctiva, caracterizada pela intervenção "à posteriori" daocorrência de uma avaria, evoluiu-se para a Manutenção Preventiva Sistemática, em que asintervenções são efectuadas em função da vida esperada dos equipamentos, a partir das respectivasleis de degradação, e determinadas a partir dos dados resultantes de períodos de funcionamentoanteriores.
1
Entende-se por equipamento crítico um equipamento cujo estado de imobilização determina alterações sensíveis na produção, quer porque origina interrupção daprodução, quer porque reduz significativamente a qualidade dos bens produzidos.

Activity (28)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Sergio Lima liked this
Felipe Andrade liked this
Carlos Pires liked this
lusmmr liked this
rodatnace1 liked this
sstulzer liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->