Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
84Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
NBR ISO 10006 - Gestão da qualidade - Diretrizes para a qualidade no gerenciamento de Projetos

NBR ISO 10006 - Gestão da qualidade - Diretrizes para a qualidade no gerenciamento de Projetos

Ratings: (0)|Views: 6,578 |Likes:
Published by Oldair Jacinto
Gestão da qualidade - Diretrizes para a qualidade no gerenciamento de Projetos
Estas diretrizes utilizam os processos de gerenciamento de Projetos como estrutura para discussão de suas aplicações.
Esta Norma é aplicável a Projetos de complexidade variada, pequenos ou grandes, de pequena ou longa duração, em diferentes ambientes e independente do tipo de produto do Projeto (incluindo hardware, software, material processado, serviços ou suas combinações). Estas diretrizes podem necessitar de algumas adaptações para que sejam aplicadas em um Projeto particular.
Esta Norma não é, por si mesma, um guia para gerenciamento de Projetos.
Gestão da qualidade - Diretrizes para a qualidade no gerenciamento de Projetos
Estas diretrizes utilizam os processos de gerenciamento de Projetos como estrutura para discussão de suas aplicações.
Esta Norma é aplicável a Projetos de complexidade variada, pequenos ou grandes, de pequena ou longa duração, em diferentes ambientes e independente do tipo de produto do Projeto (incluindo hardware, software, material processado, serviços ou suas combinações). Estas diretrizes podem necessitar de algumas adaptações para que sejam aplicadas em um Projeto particular.
Esta Norma não é, por si mesma, um guia para gerenciamento de Projetos.

More info:

Published by: Oldair Jacinto on Mar 03, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/06/2014

pdf

text

original

 
Sede:Rio de JaneiroAv. Treze de Maio, 13 28º andar CEP 20003-900 – Caixa Postal 1680Rio de Janeiro – RJTel.: PABX (021) 210-3122Fax: (021) 220-1762/220-6436Endereço eletrônico:www.abnt.org.br 
ABNT – AssociaçãoBrasileira deNormas Técnicas
Copyright © 2000,ABNT–Associação Brasileirade Normas TécnicasPrinted in Brazil/Impresso no BrasilTodos os direitos reservados
DEZ 2000
NBR ISO 10006Gestão da qualidade - Diretrizes para aqualidade no gerenciamento deProjetos
Origem: 25:002.08-001:2000ABNT/CB-25 - Comitê Brasileiro da QualidadeCE-25:002.08 - Comissão de Estudo Qualidade no Gerenciamento de ProjetosNBR ISO 10006 - Quality management - Guidelines to quality in projectmanagementDescriptors: Quality assurance. Quality assurance systems. Qualitymanagement. ProjectEsta Norma é equivalente à ISO 10006:1997(E)Válida a partir de 29.01.2001Palavras-chave:Garantia da qualidade. Sistemas de garantiada qualidade. Gestão da qualidade. Projetos
 
18 páginas
Sumário
PrefácioIntrodução
1
Objetivo
2
Referências normativas
3
Definições
4
Características do Projeto
5
Qualidade em processos de gerenciamento do Projeto
6
Aprendendo com o Projeto
ANEXOSA
Práticas de qualidade no gerenciamento de Projetos - Referências às normas da família ISO 9000
B
Utilização de avaliações de progresso para a qualidade
C
Bibliografia
TABELAS
Tabela 1 - Descrição dos processos de gerenciamento de Projetos
Prefácio
A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Forum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujoconteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de Normalização Setorial(ABNT/ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delasfazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos ABNT/CB e ABNT/ONS, circulam para Consulta Pública entreos associados da ABNT e demais interessados.Esta Norma contêm os anexos A a C de caráter informativo.
Introdução
Esta Norma fornece diretrizes sobre os elementos do sistema da qualidade, conceitos e práticas para os quais aimplementação é importante, e tem impacto, na obtenção da qualidade no gerenciamento de Projetos, e suplementa asdiretrizes dadas na NBR ISO 9004-1.Estas diretrizes são para ter ampla aplicação. Elas são aplicáveis a Projetos, independentemente de serem pequenos oude grande vulto, simples ou complexos. Elas são para serem usadas por pessoas que têm experiência em gerência deProjetos e necessitam assegurar-se de que sua organização está aplicando as práticas contidas nas normas da famíliaNBR ISO 9000. Podem, também, ser usadas por pessoas experientes em gestão da qualidade e que têm que interagir comas organizações do Projeto, aplicando seus conhecimentos e experiência para o Projeto. Inevitavelmente, alguns gruposde pessoas poderão achar que estas diretrizes são desnecessariamente detalhadas. No entanto, elas poderão ser úteispara outros.
Cópia não autorizada
 
NBR ISO 10006:20002
Existem dois aspectos a considerar para a aplicação da qualidade na gerência de Projeto: a qualidade do processo doProjeto e a qualidade do produto do Projeto. Quando se falha em se alcançar estes dois aspectos, tal fato poderá ter efeitossignificativos no produto, nas partes interessadas do Projeto e na organização do Projeto. Deve-se enfatizar que alcançar aqualidade é uma responsabilidade da gerência e requer seu comprometimento, para que a qualidade permeie todos osníveis dentro da organização envolvida no Projeto, os quais são responsáveis por seus respectivos processos e produtos.Criar e manter qualidade do processo e do produto em um Projeto requer um enfoque sistemático. Convém que esteenfoque assegure que as necessidades implícitas e explícitas do cliente sejam entendidas e satisfeitas, que asnecessidades de outras partes interessadas sejam avaliadas e que a política da qualidade da organização seja tomada emconsideração na implementação na gerência do Projeto.
1 Objetivo
Estas diretrizes utilizam os processos de gerenciamento de Projetos como estrutura para discussão de suas aplicações.Esta Norma é aplicável a Projetos de complexidade variada, pequenos ou grandes, de pequena ou longa duração, emdiferentes ambientes e independente do tipo de produto do Projeto (incluindo
hardware
,
software
, material processado,serviços ou suas combinações). Estas diretrizes podem necessitar de algumas adaptações para que sejam aplicadas emum Projeto particular.Esta Norma não é, por si mesma, um guia para gerenciamento de Projetos.
2 Referências normativas
As normas relacionadas a seguir contêm disposições que, ao serem citadas neste texto, constituem prescrições para estaNorma. As edições indicadas estavam em vigor no momento desta publicação. Como toda norma está sujeita a revisão,recomenda-se àqueles que realizam acordos com base nesta que verifiquem a conveniência de se usarem as edições maisrecentes das normas citadas a seguir. A ABNT possui a informação das normas em vigor em um dado momento.NBR ISO 8402:1994 - Gestão da qualidade e garantia da qualidade - TerminologiaNBR ISO 9004-1:1994 - Gestão da qualidade e elementos do sistema da qualidade - Parte 1: Diretrizes
NOTA - Os anexos A, B e C contêm outras informações e referências adicionais para a obtenção da qualidade em gerenciamento deProjetos.
3 Definições
Para os efeitos desta Norma, aplicam-se as definições da NBR ISO 8402 e as seguintes:
3.1 Projeto:
Processo único, consistindo de um grupo de atividades coordenadas e controladas com datas para início etérmino, empreendido para alcance de um objetivo conforme requisitos específicos, incluindo limitações de tempo, custo erecursos.
NOTA 1 - Um Projeto individual pode fazer parte de uma estrutura de Projetos mais abrangente.NOTA 2 - Em alguns Projetos, o(s) objetivo(s) é(são) aperfeiçoado(s) e as características do produto são definidas progressivamente,enquanto o Projeto evolui.NOTA 3 - O resultado de um Projeto pode ser uma ou várias unidades de um produto.NOTA 4 - A organização é temporária e estabelecida para o tempo de vida do Projeto.NOTA 5 - As interações entre as atividades do Projeto podem ser complexas.
3.2 produto do Projeto:
Aquilo que é definido no objetivo do Projeto e entregue para o cliente.
NOTA - O objetivo pode ser atualizado durante a evolução do Projeto.
3.3 plano do Projeto:
Conjunto de documentos para apresentação do que é necessário para alcançar o(s) objetivo(s) doProjeto.
NOTA 1 - Convém que um plano do Projeto inclua ou faça referência ao plano da qualidade do Projeto.NOTA 2 - O plano do Projeto também inclui outros planos, tais como estruturas organizacionais, recursos, cronograma e orçamento.
3.4 parte interessada:
Indivíduo ou grupo de indivíduos com interesse comum no desempenho da organização forne-cedora e no ambiente em que ela opera.[NBR ISO 9000-1:1994,3.5]
NOTA 1 - No contexto desta definição, a organização fornecedora é a organização responsável pela execução do Projeto.NOTA 2 - As partes interessadas podem incluir:- clientes diretos do produto do Projeto;- clientes indiretos ou consumidores, tal como um usuário do produto do Projeto;- proprietários, tal como a organização empreendedora do Projeto;- parceiros, como em Projetos por 
 joint-venture
;- fundações, tais como instituições financeiras;- fornecedores, organizações fornecedoras de produtos às organizações responsáveis pelo Projeto;- sociedade, tais como órgãos jurídicos ou legais e o público em geral;- pessoal interno, tal como membros da organização do Projeto.NOTA 3 - Podem ocorrer conflitos de interesses entre as partes interessadas.
Cópia não autorizada
 
NBR ISO 10006:2000 3
3.5 processo:
Conjunto de recursos e atividades inter-relacionadas que transformam insumos em resultados.[NBR ISO 8402:1994,1.2]
NOTA 1 - Recursos podem incluir gerenciamento, serviços, pessoal, finanças, utilidades, equipamentos, técnicas e métodos.NOTA 2 - Os processos do Projeto incluem os processos de gerenciamento do Projeto.
3.6 avaliação de progresso:
Avaliação dos resultados das atividades do Projeto e seus processos, realizada em etapasapropriadas no ciclo de vida do Projeto, com base em critérios definidos para processos de Projeto e produto.
NOTA - Como resultado de uma avaliação de progresso pode ser necessária uma revisão no plano do Projeto.
4 Características do Projeto4.1 Generalidades
Esta subseção aborda as características de Projeto consideradas importantes para a aplicação deste documento.
4.2 Gerenciamento de Projetos
O gerenciamento de Projetos inclui o planejamento, organização, supervisão e controle de todos os aspectos do Projeto,em um processo contínuo, para alcançar seus objetivos. Os processos e objetivos da gestão da qualidade (ver NBR ISO 8402) são aplicados a todos os processos de gerenciamento de Projetos.
4.3 Organização
Para os propósitos desta Norma, a organização empreendedora é a organização que decide empreender o Projeto edesigna o Projeto para uma organização do Projeto. Esta organização do Projeto é a organização que executa o Projeto.A organização do Projeto pode ser uma parte da organização empreendedora, pode ser constituída como uma
 joint-venture
ou consórcio, etc.
4.4 Fases do Projeto e processos do Projeto
Um Projeto é um processo que pode ser dividido em muitos subprocessos interdependentes. A implementação do Projetode forma ordenada e progressiva requer (em alguns casos exige) o agrupamento consistente destes subprocessos emfases. Para a organização responsável pelo Projeto, a divisão em fases permite a supervisão da realização de objetivos (edeterminação dos riscos relacionados), de forma a se obter um desempenho progressivo. A superposição de fasessignificativas pode ocorrer no ciclo de vida do Projeto.Visando facilitar a discussão das diretrizes para a qualidade em gerenciamento de Projetos, uma abordagem de processosfoi adotada nesta Norma. Os processos de Projeto têm sido agrupados em duas categorias: os processos degerenciamento do Projeto e os processos relacionados ao produto do Projeto (aqueles relativos especificamente ao produtodo Projeto, tais como concepção do Projeto, produção e verificação).As diretrizes para a qualidade nos processos de gerenciamento de Projetos são discutidas nesta Norma e as diretrizes paraa qualidade em processos relacionados ao produto do Projeto são apresentadas na NBR ISO 9004-1.
NOTA - Nesta Norma o termo “processo” se aplica também a subprocesso.
5 Qualidade em processos de gerenciamento de Projetos5.1 Generalidades
A tabela 1 relaciona e resume os processos de gerenciamento de Projetos, os quais são considerados aplicáveis para amaioria dos Projetos. Nem todos os processos discutidos nesta Norma existirão necessariamente em um Projeto particular,ao passo que outros processos adicionais poderão ser necessários.Os processos de gerenciamento de Projetos são agrupados de acordo com as afinidades entre si; por exemplo todos osprocessos relacionados com o tempo são incluídos em um grupo. Dez grupos de processos de gerenciamento de Projetossão apresentados. O primeiro é o processo estratégico, que dá legitimidade e indica a direção do Projeto. O segundo grupotrata do gerenciamento das interdependências entre os outros processos. Os outros oito grupos são processos rela-cionados ao escopo, tempo, custo, recursos, pessoal, comunicação, risco e suprimentos.Cada um dos processos de gerenciamento de Projetos é apresentado em uma subseção separada, a qual inclui umadescrição do processo e as diretrizes para a qualidade neste processo.
5.2 Processo estratégico
O processo estratégico do Projeto é um processo diretor que organiza e gerencia a realização dos outros processos doProjeto.Ao ser definida uma direção para o Projeto, convém que sejam considerados os seguintes conceitos, os quais sãoimportantes para a obtenção da qualidade no gerenciamento do Projeto:- a satisfação das necessidades definidas e implícitas dos clientes e outras partes interessadas é prioritária;- um Projeto é realizado sob a forma de um grupo de processos planejados e interdependentes;- é preciso foco na qualidade tanto de processos quanto de produtos para alcançar os objetivos do Projeto;- a administração é responsável pela criação de um ambiente favorável à qualidade;- a administração é responsável pela melhoria contínua.
Cópia não autorizada

Activity (84)

You've already reviewed this. Edit your review.
Rudimar Barthl liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Koiti Egoshi liked this
maxwelcn liked this
Leandro Santiago liked this
Suelen Rabello liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->